Resenha: Suzy e as águas vivas (Ali Benjamin)

segunda-feira, 26 de junho de 2017



 Suzy e as águas-vivas
Ali Benjamin
R$ 17,90 até R$ 23,92
ISBN-13: 9788576865377
ISBN-10: 8576865378
Ano: 2016 / Páginas: 223
Idioma: português
Editora: Verus

Às vezes, quando nos sentimos mais solitários, o mundo decide se abrir de formas mágicas.
Suzy Swanson está quase certa do real motivo da morte de Franny Jackson. Todos dizem que não há como ter certeza, que algumas coisas simplesmente acontecem. Mas Suzy sabe que deve haver uma explicação — uma explicação científica — para que Franny tenha se afogado. 
Assombrada pela perda de sua ex-melhor amiga — e pelo momento final e terrível entre elas —, Suzy se refugia no mundo silencioso de sua imaginação. Convencida de que a morte de Franny foi causada pela ferroada de uma água-viva, ela cria um plano para provar a verdade, mesmo que isso signifique viajar ao outro lado do mundo... sozinha. Enquanto se prepara, Suzy descobre coisas surpreendentes sobre o universo — e encontra amor e esperança bem mais perto do que ela imaginava. 
Este romance dolorosamente sensível explora o momento crucial na vida de cada um de nós, quando percebemos pela primeira vez que nem todas as histórias têm final feliz... mas que novas aventuras estão esperando para florescer, às vezes bem à nossa frente.

Suzy é uma menina de apenas 12 anos que não sabe lidar com a dor da perda após a morte de sua melhor amiga Franny. Suzy não quer e não consegue entender como uma ótima nadadora acaba morrendo afogada, pois isso é impossível e ela quer mostrar que sua amiga jamais iria cometer um erro desses, já que Franny sempre foi a melhor das duas.
"Porque alguns corações batem apenas uns 412 milhões de vezes. O que pode parecer muito. Mas a verdade é que isso mal chega a doze anos."
Elas se conheceram ainda quando eram bem pequenas, nas aulas de natação e então tornaram-se melhores amigas, ou almas gêmeas, porém ao chegar no sexto ano, Franny acaba crescendo e mudando quem ela era, e Suzy não sabe lidar com mudanças, ela sempre quer continuar da mesma forma, somente as duas contra o mundo.

Então quando tudo muda, Franny e Suzy acabam rompendo essa amizade e com o passar do tempo Suzy só tem as lembranças. Até receber a notícia que acabou com a possibilidade de um dia elas voltarem a serem amigas. Suzy acaba desenvolvendo a teoria das Águas-vivas e que foi por isso que Franny morreu pois ela tem certeza que tudo isso é culpa de uma picada e agora ela precisa provar para todo mundo.
"Às vezes as coisas simplesmente acontecem não é uma explicação. Não é nem remotamente científico. Mas, por semanas a fio, isso foi tudo que eu tinha."
Suzy tem um ótimo relacionamento com seu irmão e seus pais, apesar deles serem separados, porém ela acaba deixando sua família preocupada já que ela decidiu parar de falar pois ela acredita que a fala só deve ser usada se for altamente necessário.

É um livro tocante que mostra a dor de uma garota de 12 anos que acaba de perder sua melhor amiga, aquela que cresceu com ela e conhece todos os seus segredos, e ela não sabe como passar por isso. Porém Suzy se mostra várias vezes ser uma garota difícil de lidar e por isso acaba afastando as pessoas.
"Você ainda estaria aqui. E, Franny, você me amaria outra vez. Como sempre fez."
Ali Benjamin tem uma escrita gostosa e fluída. Ela trouxe vários fatos sobre Águas-vivas e isso foi realmente interessante, porém ela criou uma personagem altamente inteligente para muitas coisas e difícil de aceitar as pessoas como elas são... A editora Verus fez uma edição linda que combina perfeitamente com tema. A diagramação está ótima. Quer um livro pra passar o tempo? Leia esse.


Resenha: Onze leis a cumprir na hora de seduzir (Sarah McLean) Os Números do Amor #3

sexta-feira, 23 de junho de 2017


Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir
Os Números do Amor # 3
Sarah MacLean
R$ 27,80 até R$ 27,90
ISBN-13: 9788580415315
ISBN-10: 8580415314
Ano: 2017 / Páginas: 336
Idioma: português 
Editora: Arqueiro

Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.
Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.
O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.



Juliana Fiori é o escândalo em pessoa. Sua mãe foi uma marquesa que fugiu da Inglaterra e foi morar na Itália, assim conhecendo um mercador e dando a luz a uma bela garotinha. Após 10 anos, Luisa, que é o verdadeiro nome da marquesa, também abandonou seu novo marido e sua filha para aproveitar o mundo.

Após o pai de Juliana morrer, ela acaba sendo mandada para a Inglaterra, assim conhecendo seus irmãos, o marquês Ralston e Nick. E por incrível que pareça, eles aceitam ela sem nenhuma vergonha, pois ela é uma filha ilegítima mas a Casa Ralston nunca teve problema com escândalos pois eles perseguem essa família toda. 
"Não havia dúvida: o universo estava conspirando contra ela."
O Duque Leighton só pensa em reputação e em como ele precisa proteger seu nome, sua família e seu ducado. Ele nunca é menos que um cavalheiro, seria quase perfeito se não fosse seu jeito duro e sem emoções, e quando ele conhece a bela italiana logo pensa que ela seria a duquesa perfeita para impedir que seu segredo viesse a tona... Até descobrir quem ela realmente é. 
"Pois certamente não havia ninguém no mundo que ela gostaria menos de encarar naquele momento do que o insuportável e impassível duque de Leighton."
Quando Simon descobre que Juliana é a meia irmã do marquês Ralston, ele trata logo de manter distância do escândalo que ela é. E apesar de seu fascínio pela sereia de cabelos longos e negros, ele não pode deixar que o desejo acabe com sua reputação. Porém Juliana Fiori não aceita isso fácil e precisa mostrar que paixão é mais importante que uma reputação impecável e quer colocá-lo de joelhos... Será possível​ que uma paixão possa mudar um homem frio? Ainda mais quando ele já tem sua noiva perfeita.
"Aquilo já era esperado, é claro; a reação inegável e indispensável que a ameaçava sempre que ele o via. Que surgia sempre que ele se aproximava."
Os personagens são cativantes, Juliana é uma mocinha forte, decidida e que não liga para os pensamentos ingleses, ela só quer viver, amar e ser amada. Simon é a chatice em pessoa mas Juliana pode vencê-lo. E apesar de todos os contratempos ela não baixa a cabeça, apesar de algumas vezes não saber se ela é igual a sua mãe, pois esse é o seu pior medo.
"As palavras sussurradas, tão sinceras, tão cheias de mágoas e arrependimento, quase foram a ruína dele."
Sarah MacLean é um gênio do gênero! Seus livros são cheios de mistérios e momentos engraçados com toques de dramas e definitivamente muito amor, desejo e cenas quentes. A leitura te prende e você não consegue largar o livro até finalizar! Quer um ótimo romance de época? Com personagens incríveis? Leia Onze leis a cumprir na hora de seduzir!

Este livro foi cedido pela Editora Arqueiro em troca de uma resenha honesta.


Resenha: Em águas sombrias (Paula Hawkins)

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Oi pessoal!

Hoje trouxe mais uma vídeo resenha e dessa vez é do livro Em águas sombrias, lançamento da Paula Hawkins, autora de A Garota no Trem.


Em Águas Sombrias
Paula Hawkins
R$ 25,90 até R$ 34,30
ISBN-13: 9788501109941
ISBN-10: 8501109940
Ano: 2017 / Páginas: 364
Idioma: português
Editora: Record

Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás.
Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos…
Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Resenha Premiada: Laço Eterno Renascer (Renata Melo) Laço Eterno #03 + SORTEIO de 3 Kits

sexta-feira, 16 de junho de 2017


Laço Eterno Renascer
Renata Melo
R$ 37,33
ISBN-13: 9788583383390
ISBN-10: 8583383391
Ano: 2017 / Páginas: 200
Idioma: português
Editora: Buqui

Ayre é uma escritora que recebe o desafio de escrever um livro de culinária diferente, pela visão de uma pessoa leiga no assunto. O desafio é mostrar não apenas a culinária do local escolhido, mas também as histórias e sentimentos que temperaram aquelas receitas. Ela escolhe a culinária da paradisíaca cidade de Viña del Mar, no Chile.
Ben é um empresário bem sucedido que abandonou a vida glamorosa que tinha na cidade grande, em troca da tranquilidade e harmonia que Viña del Mar proporciona aos seus habitantes e turistas. Um homem apaixonado pela vida, com uma doçura no olhar e personalidade completamente altruísta.
Novamente estas almas gêmeas se reencontram. Porém, mais uma vez, um poderoso vilão se colocará entre este casal que luta avidamente, atravessando várias vidas, à procura de seu tão sonhado final feliz.
Mas será que existirá final feliz para este casal? A jornada de Arye e Ben está recheada de romance, resiliência, esperança, paciência e, é claro, muitas comidas deliciosas. Emocione-se ao lado de personagens que ensinarão o verdadeiro valor das pequenas coisas. Laço Eterno Renascer, é o terceiro – e último – volume da trilogia escrita pela autora Renata Melo. 

Laço Eterno Renascer é o último livro da trilogia Laço Eterno da autora Renata Melo. Tive o prazer de receber esta história em primeira mão e contribuir com seu crescimento e aprimoramento com meus comentários e percepções acerca da leitura. Fico muito feliz que a Renata esteja fechando este ciclo de sua primeira história e que o resultado esteja sendo de muito aprendizado tanto para ela quanto para mim. 

Para quem ainda não conhece, a história se inicia com Grenda e Alan em Laço Eterno, passando por Bruna e Joaquim em Laço Eterno Luz e se encerra com Ben e Ayre em Laço Eterno Renascer. Não vou falar dos dois primeiros livros mas você poderá ler as resenhas clicando nos títulos acima, então esta resenha será livre de spoilers. 

Ayre é uma escritora na faixa dos 30 anos que está passando por uma turbulenta separação. Seu ex-marido Igor é um homem muito ciumento, machista e arrogante. Após muitas brigas e desgaste, Ayre decide recomeçar e viaja para Viña del Mar, no Chile, para mergulhar de cabeça em seu próximo livro. Ela recebeu o desafio de escrever um livro de receitas sobre a gastronomia local, da perspectiva de uma pessoa comum, mas o livro não é apenas de receitas, ele terá fotos e histórias dos locais e das pessoas que prepararam aqueles pratos. 

Ben é um empresário, um homem de sucesso que decidiu abandonar a vida glamurosa e tumultuada da cidade grande para se dedicar à vida pacata de Viña del Mar. Filho do dono da peixaria mais famosa do Mercado, com os frutos do mar mais frescos do local, Benham também é dono de uma charmosa pousada próxima à praia. Ben é um homem incrível! Gentil, altruísta e generoso.

Ayre está passeando para conhecer a cidade e vai ao mercado, lá seu olhar se cruza com o de Ben pela primeira vez. Dono de olhos negros como a noite e doce como o mel, Ayre imediatamente soube quem ele era. E então a história deles começa. Ela descobre que está hospedada na casa azul vizinha à pousada. Logo eles se tornam amigos, mas algo mais é despertado em ambos desde o primeiro instante.

Bom gente, como eu já disse, tive a satisfação de ler em primeira mão esta obra e contribuir com o seu nascimento. A escrita de Renata evoluiu significativamente. Alguns problemas com descrições demasiadas das roupas dos personagens que tinham nos primeiros livros, aqui não mais se encontram. Eu não disse que ia fazer a  Renata largar essa mania?! Pois bem! Ela também manteve a linha de pesquisa sobre gastronomia e conseguiu me convencer que é possível sim uma pessoa que não é chef escrever um livro de receitas. 

Este é um livro sobre o fechamento de um ciclo, então, não espere muitos plot twists e nem ache que a autora vai ficar enrolando 200 páginas para o casal ficar junto. Não. Eles vão ficar juntos, a gente já sabe disso, mas alguns percalços serão enfrentados até que isto aconteça, e ao contrário do que eu tenho certeza de que você está pensando, o vilão aqui não é o ex-marido da Ayre, é outro muito mais cruel. 

Algumas coisas ainda me incomodaram um pouco, como algumas passagens de tempo, que para mim ficaram um pouco confusas. Nem sei se são passagens de tempo, acho que tá mais para 'corte de cena'. Uma hora ela tá com o Ben na praia, de manhã, e na mesma linha já anoiteceu, não sei se foi falta de atenção de minha parte, mas houve pelo menos duas situações em que eu notei isso. Eu li a versão digital ainda em revisão, pode ser que a versão definitiva não esteja assim, quando eu ler, venho dar um update aqui. 

Outro detalhe que me incomoda um pouco é a questão de Ben e Ayre se reconhecerem como almas gêmeas. Não é só aquele feeling, sabe? De achar que a pessoa é sua alma gêmea. Se você leu os outros livros vai entender do que estou falando. Eles realmente se lembram das vidas passadas. Mas isso me incomoda porque eu sou absolutamente leiga nesses assuntos mais espirituais, não entendo lhufas mesmo. Mas a Renata me explicou que eles se reconhecem porque estão num nível de evolução muito superior, depois de tantas provações como Grenda e Alan e como Bruna e Joaquim. Eu entendi, mas ainda assim é difícil aceitar hahaha. Porque na minha visão, a compreensão humana não é desenvolvida ao ponto de ter discernimento para lidar com questões de vidas passadas, por mais open minded que a pessoa seja, mas enfim.

O que importa é que a leitura vale sim a pena, é uma história doce, um casal apaixonante, apesar de eu ainda não ter superado o Joaquim, senti muita simpatia pela Ayre e por Ben e torci muito para que tudo desse certo pra eles. Não tem mimimi de adolescente, é um casal maduro que se respeita e se ama em qualquer condição. Tenho certeza de que você também vai suspirar e se emocionar com o final feliz de Ayre e Ben. Bom, vou terminar esta resenha por aqui porque ela já tá grande por demais. Deixo aqui a minha recomendação para pessoas que gostam de romances, este em especial é um romance maduro. Não precisa ler os outros dois para entender esta história, mas ler os anteriores vai fazer enorme diferença. E como a autora é uma querida e fofa, disponibilizou para sorteio aqui no blog três kits contendo:

1 laço eterno + 1 laço eterno luz + 1 laço eterno renascer + marcadores e 
tudo autografado!!! 

Para participar do sorteio é só preencher o formulário abaixo e torcer! Não esqueça de ler o Regulamento do sorteio que está dentro do formulário!


Resenha: The Name of the Star (Maureen Johnson)

quarta-feira, 14 de junho de 2017


The Name of the Star
Shades of London, Book 1
Maureen Johnson
R$ 44,86
ISBN-13: 9780142422052
ISBN-10: 0142422053
Ano: 2012 / Páginas: 400
Idioma: inglês
Editora: Speak
The day that Louisiana teenager Rory Deveaux arrives in London to start a new life at boarding school is also the day a series of brutal murders breaks out over the city, killings mimicking the horrific Jack the Ripper spree of more than a century ago. Soon "Rippermania" takes hold of modern-day London, and the police are left with few leads and no witnesses. Except one. Rory spotted the man police believe to be the prime suspect. But she is the only one who saw him--the only one who can see him. And now Rory has become his next target. In this edge-of-your-seat thriller, full of suspense, humor, and romance, Rory will learn the truth about the secret ghost police of London and discover her own shocking abilities.


Muitos dos leitores do blog sabem que eu ADORO livros de terror, crimes reais, serial killers e tudo relacionado ao sobrenatural. Este livro caiu como uma luva para uma sexta-feira em casa sozinha e sem internet. Não poderia ter escolhido uma leitura melhor. 

A história é sobre Rory, uma americana que decide ir estudar o último ano em um internato em Londres. No dia em que Rory chega à cidade, a população recebe a notícia de que um assassino está cometendo crimes brutais "à la Jack, o Estripador", nos mesmos locais e com o mesmo modus operandi

Jack, o Estripador ficou famoso mundialmente por ter feito várias vítimas, todas mulheres e prostitutas em Whitechapel, um distrito de Londres, na segunda metade de 1888. Mesmo após cem anos dos crimes, a identidade do criminoso ainda é desconhecida, gerando várias teorias com o passar dos anos, inclusive uma delas afirma que "O Ripper" era uma mulher. 

Rory é uma personagem que me encantou porque eu me identifiquei logo com ela. Quando ela fica nervosa ou ansiosa, começa a tagarelar sobre coisas nada a ver e que parecem não fazer o menor sentido. Também é do tipo que está falando com alguém sobre um assunto e do nada ela enfia um outro assunto nada a ver! Adorei isso porque sou exatamente igual! hahaha E ela adora chá, ou melhor, todos tomam muito chá! Verdadeiros ingleses, ô povo pra gostar de chá! Rory faz amizade rápido e logo se torna melhor amiga de Julianne, ou Jazza, como prefere ser chamada, sua colega de quarto. E tem outros personagens também, como o fofo Jerome, que está adorando toda essa coisa de Jack, o Estripador bem nos arredores da escola. Os alunos estão proibidos de sair da propriedade da escola sem autorização, mas é claro que Rory e Jazza dão um jeitinho de escapar e justo quando elas estão voltando para o dormitório Rory vê um homem suspeito e fala com ele, porém só ela o viu! Jazza afirma não ter visto ninguém! Sim, isso é muito creepy!

Pela manhã todos recebem a notícia de que um dos brutais assassinatos foi cometido em pleno terreno da escola! A polícia está investigando e interrogando a todos sobre algo estranho que alguém possa ter visto. Rory viu algo estranho e ela é a única testemunha, logo ela se torna a próxima vítima em potencial. Ela então decide falar com a polícia, mas ninguém parece crer na garota, mas um estranho investigador parece disposto a acreditar em Rory.

Aí as coisas começam a ficar mesmo boas, porém não posso mais contar nada porque se não está na sinopse é spoiler! A partir deste momento novos personagens entram em cena, inclusive mais uma colega de quarto, Bhuvana, mas ela gosta de ser chamada de Bu, alguns detetives pra lá de exóticos e até uma soldado, a Jo, que é uma fofa!

Gostei muito deste livro pois ele me tirou de uma ressaca literária que me deixou semanas sem conseguir concluir nenhum livro! Depois deste comecei novamente uma maratona desenfreada de leituras, uma atrás da outra. A escrita de Maureen Johnson é fluída e viciante, ela fez muita pesquisa para escrever esta história pois contém vários fatos históricos e datas também, inclusive me incitou a pesquisar também sobre Jack, o Estripador, que eu já me interessava pelo personagem.

A edição é um paperback sem orelhas, porém com vários detalhes, mapas, ilustrações, muito legal. A capa é maravilhosa e foi a primeira coisa que fez com que eu me interessasse pela leitura. O título tem tudo a ver com a história mas vocês só vão descobrir mais pro final. Não gosto de falar do nível de inglês porque isso é uma coisa muito relativa, o que é fácil pra mim pode não ser pra vocês e o que é difícil pra mim pode não ser pra vocês. Eu achei bem okay, super tranquilo de ler. R

Recomendo a leitura para fãs de Young Adult, pois contém todos os elementos de um bom YA e tudo na medida certa! Virei fã da série e em breve vou resenhar os outros dois volumes, pois a série já está completinha. Amém Maureen!!! Quem está publicando a série no Brasil é a Rocco e já tem dois volumes lançados, "O nome da Estrela" e "No limite da loucura".

*Este exemplar foi cedido pela PHR em troca de uma resenha honesta*