#Resenha 08 - Tenha um pouco de fé

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Oi pessoal,

Hoje resolvi fazer minha primeira resenha,então por favor relevem um pouquinho ok? Antes de começar meus comentários sobre o livro, preciso contar uma pequena história.


O "Tenha um pouco de fé" chegou em minhas mãos através de um amigo que trabalha em uma distribuidora de livros. Ele é um ex viciado em drogas e quando o reencontrei comprei porque queria ajudá-lo nessa nova vida. Mas me surprendi com o fato de que depois que li, quem me ajudou mesmo foi meu amigo com a indicação e não o contrário.

Título: Tenha um pouco de fé
Autor: Mitch Albom
Editora: Sextante

No início fiquei com receio de ler porque não gosto muito de livros de auto-ajuda e religião sempre foi um tema muito complicado para mim.O livro começa com uma pergunta: "Você faria meu dircurso funébre?"
Achei estranho mas ao mesmo tempo despertou minha curiosidade. Essa pergunta é feita por Albert Lewis, rabino, que nasceu e viveu na fé , a Mitch Albom, membro da mesma congregação de Albert, mas que havia se afastado a muito tempo dos rituais de sua religião.Mitch aceita o pedido, mas com a condição de participar mais da vida do rabino para "colher" informações necessárias para um discurso tão importante.

Durante esse período Mitch Albom conhece Henry Convigton, pastor de uma igreja muito pobre, um homem que nasceu e viveu no "erro", ex ladrão, traficante e viciado. Mas que mudou de vida devido a um acontecimento (que não irei dizer qual é, claro!) narrado no livro. Mitch conta essa duas hitórias reais de forma deslumbrante,sem apelos a religiao. Não posso deixar de mencionar o dircurso que Mitch faz para Albert, simplesmente emocionante,ta bom admito que chorei rsrsrsr.
Citação marcante: "Ai de nós,pelo que perdemos."
Recomendo demais o livro, será uma leitura simples rápida, mas que nos inspira.

Espero que vocês tenham gostado da minha resenha. Comentem por favor.
Milhões de beijos
Lariza.

3 Comentários:

Dana Silva disse...

legal lariza, quando baixar a pilha acho que vou te pedir emprestado eehehehhe

The Buk's On The Table disse...

Muletas metafísicas são frágeis, prefiro construir um sólido muro de concreto, aos poucos, pois não tenho pressa.

Arimateiapalmacia disse...

parabens lariza, foi dez gostei!!!
vou indicar a meus amigos...

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D