Trilogia Fronteiras do Universo

sábado, 14 de maio de 2011

Oi gente, saudades de vocês...

Há alguns dias terminei de ler a trilogia Fronteiras do Universo de um ateu radical chamado Phillip Pullman. O primeiro livro chama-se "A Bússola de Ouro", acho que vocês ja ouviram falar ou assistiram ao filme. Conta a história de uma menina, Lyra, que viaja a um mundo distante para salvar um amigo. No caminho encontra criaturas metamorfas, bruxas e uma série de personagens de um universo fantástico. Lyra é acompanhada por um ”daemon”, sua alma em forma de um animal.

O livro é sensacional, cheio de aventura, magia, seres sobrenaturais e uma crítica "pesada" sobre a Igreja. No meu raking pessoal essa trilogia perde apenas para a série Harry Poter e The house of Night. O filme é muito sem graça, mesmo com atores consagrados como Nicole Kidman e Daniel Craig, o diretor comete o pecado de tentar minimizar as polêmicas religiosas que o Universo de Phillip apresenta. No livro não se usa, por exemplo, a palavra ”Igreja”, mas sim ”Magisterium” e ”Deus” é chamado de ”a Autoridade".

"A Bussóla de Ouro" se torna uma decepção tanto para quem leu o livro, porque exclui detalhes cruciais para o desenvolvimento da história, quanto para quem não leu porque o reteiro adaptado é confuso e não empolga. O filme se tornou um fracasso em proporções astronômicas em Hollywood (custou 180 milhões e arrecadou,somente,40 milhões).

Portanto queridos leitores e blogueiros que amam livros como eu "vale a pena" ler a trilogia "A Bússola de Ouro", "A Faca Sutil" e "A Luneta Âmbar" pois tenho a certeza que vocês vão adorar o Mundo criado por Pullman.



Abaixo trailer legendado:

video retirado por problemas com o youtube

8 Comentários:

Thais Priscilla disse...

Eu ainda não li o último livro da trilogia mas eu adorei os dois primeiros. Achei bem interessante o modo que o autor coloca as coisas e mal posso esperar para ler o próximo!

BabihGois disse...

Já li a bússola de ouro e estou lendo agora a faca sutil, o primeiro quase morri de tédio espero que o filme seja melhor, já o segundo es tá um pouco melhorzinho. Já tenho a luneta âmabar para ler,vamos ver no que dá. Bom eu pelo menos achei isso. Hehehehe, que bom que vocês gostaram.

Beijo
Babih

The Buk's On The Table disse...

Não sei o que é 'ateu radical', talvez um neo-ateu - ateu militante -, tipo Richard Dawkins (falei sobre ele em meu penúltimo post). Nunca li esses livros, porém, assisti 'A Bussóla de Ouro', mas não gostei muito. Tenha um ótimo fim de semana!

Stephanie Millena disse...

Nunca ouvi falar, mas deve ser tão legal *-*

Jordana Brito disse...

já ouvi dizer que são livros excelentes! eu quero...

Sincera_Mente disse...

Todos sempre falam que os livros são melhores que os filmes. Eu discordo, pois sou muito fã de cinema, agora o filme A Bussola de Ouro realmente foi uma decepção, não me deu vontade nenhuma de ler o livro.

Diego Barros disse...

Eu estava pensando em comprar a bússola de ouro hoje... porém, não tinha o dinheiro suficiente... kkkkk'

Iara Martins disse...

Eu não li o livro, mas gostei do filme, mas acredito q o livro deve ser bem mais legal.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D