Resenha – Pobre Não Tem Sorte (Leila Rego)

sábado, 2 de julho de 2011

POBRE_NAO_TEM_SORTE_1256407181P
Sinopse: Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo?
E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido?
E se tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade?
Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele!
E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo.
E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe... Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc.
Mas isso só sura até um dia em que Mariana... Bom, leiam o livro e descubram.


Bem, não sei nem por onde começar por que é tanta coisa pra falar que vou te contar!
Pobre não tem sorte é narrado em primeira pessoa, pela protagonista Mariana Louveira, uma garota de família simples, do interior de São Paulo, mas que tem espírito de rica.
Mariana não se aceita como pobre e quer a todo custo ser igual às amigas que conheceu após o inicio do namoro com Edu, seu passaporte expresso para a boa vida. Ele é lindo, rico, inteligente, educado e elegante! O que mais Mariana poderia querer?
Após seis anos de namoro Mariana resolve dar um ultimato a Edu: Ou casa ou a fila anda. Então marca a data do casamento e começa uma correria desenfreada nos preparativos para o casamento perfeito. Porém Mariana esquece do principal: Seu relacionamento com Edu.
A história começa a partir do “grande dia”, ou como diz a nossa querida Mariana “do-dia-que-não-quero-lembrar-mais” onde seu ex-futuro-noivo a abandona no altar dizendo que não a ama mais e não quer mais se casar com ela. Mariana entra em parafuso, ela não consegue aceitar e nem sabe onde errou. Após o fim de seu noivado ela resolve ir pra São Paulo, pra se reerguer. Será que ela vai descobrir o que fez de errado e se corrigir?  Será que a Mariana vai ser feliz? Não vou mais dar spoiler do livro para que vocês leiam, e acreditem, vale MUITO a pena!
Sobre a história: Apesar de ser um chick-lit leve e muito engraçado, em minha opinião, há inúmeras situações que me fizeram refletir acerca deste livro. A estória gira em torno de uma menina extremamente fútil, sem noção e “avuada” que só pensa em ostentar uma pose que não pode ter. Comprando bolsas e roupas caríssimas parceladas em milhares de prestações, tudo pra ter um artigo de luxo em seu guarda-roupa.
Pensando bem leitores, onde a gente encontra isso?
Em todo lugar! Nas escolas, faculdades, empresas, etc. Sempre conhecemos pessoas que vivem de bancar pose, que se matam de trabalhar pra comprar uma bolsa cara ou um sapato de grife e até mesmo deixar de comer bem para juntar dinheiro para pagar a prestação do carro 0km que comprou em 72 meses. Verdade? Absolutamente verdade.
Apesar dessa personalidade de Mariana, ela é extremamente cativanLEILAREGOte e me peguei várias vezes torcendo por ela, para que ela conseguisse tudo que sempre almejou. Leila conduz a narrativa de forma descontraída e nos faz apaixonar completamente por Mariana. 
Eu não posso falar mais nada da história porque se não vou “spoilerizar” tudo e não vai dar certo...rs
Então vamos aos prós e contras.
Aspectos positivos: Acho que já falei quase tudo de positivo acima né? Narrativa fácil e que fluiu com uma rapidez enorme, que, simplesmente eu não conseguia mais largar o livro até devorá-lo inteiro. Os diálogos, gírias, e situações são demais! Os termos que ela inventa são fantásticos. Como por exemplo:
P.O.V.O (Pessoas Ocupadas [demais] com a Vida dos Outros) hahaha achei essa incrível!
Aspectos negativos: A diagramação é bem simples e contém vários erros de digitação, mas nada que POBRE_NAO_TEM_SORTE_2_1289249076Puma reedição não corrija certo?
Entre tantos prós e poucos contras, Pobre Não Tem Sorte é um chick lit nacional da melhor qualidade e está mais do que recomendado por mim e por todo mundo que eu conheço que ja leu. Já estou me sentindo desamparada porque não tenho a sequencia em mãos. A autora está de parabéns pois este é de longe o melhor chick-lit nacional que já li e posso dizer com toda convicção de que nunca ri tanto com um livro só. Então se você está procurando um livro leve e ultra divertido, “PNTS” é o livro certo pra você, porém, certifique-se de ter “PNTS 2” ao alcance das mãos pois correrá sério risco de morrer de saudade da Mariana e suas aventuras e desventuras.
 
Beijos,
Dana

7 Comentários:

Rodolfo Euflauzino disse...

Querida Dana, confesso que este tipo de leitura não muito a minha praia, mas não me furtaria de lê-lo, afinal sou um viciado e leio até bula de remédio. O que me faria comprá-lo, provavelmente, é a autora ser tupiniquim, isso faz dela uma heroína. Bjos e parabéns pela resenha.

Gabi Wegner disse...

Gosto muito de livros Chick Lit! Já li esse livro, ganhei ele em uma promoção! Ele é realmente muito legal, ri um moonte com ele! Recomendo! Só que eu emprestei para a minha amiga e faz uma década que está com ela e ela não quer me devolver para eu ler de novo D:
Mas tudo bem.
Parabéns pela resenha.
Beijinhos.
Gabi Wegner

Meninas e seus Livros - http://livrosemeninas.blogspot.com

Diego Barros disse...

Pobre não tem sorte deve ser muito bom! E ainda é Autor nacional não é? E ainda é a Leila Rego! Um amor de pessoa! Adoraria muito ler esse livro! Post muito bom Dana. Obrigado por cada dia saciar nossa fome literária. rsrsr' Beijos !!! :D

Lariza Barbosa disse...

jordana,como sempre vc arrasa nas resenhas.
com ctz quero ler esse livros.Depois de "esquadrao de gênios".

Jéssica Campos disse...

Apesar de ser um chick lit que não faz nem um pouoc o genero de livros que eu leio, a história me chamou muito a atenção, o título mais ainda.
Então como você falou bem do livro agora to com vontade de ler um chick lit ahuahuaua.

Bjss
www.frozenlivros.blogspot.com

Nice Santos disse...

Brazuca na área...
Quero ler esse livro faz tempo... Vou pensar nele quando puder comprar... Rehab é osso! rsrsrs

Bjs

Leila Rego disse...

Dana!
Que alegria saber que curtiu meu livro. Fico feliz demais! Aliás, ficarei mais feliz ainda no dia que for à Fortaleza (que será em breve)!
Obrigada pelo carinho.
Beijos e alegrias,
-Leila Rego

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D