Resenha de Filme: Uma Prova de Amor (My Sister's Keeper)

domingo, 14 de agosto de 2011

Uma Prova de Amor 


Título original: (My Sister's Keeper)
Lançamento: 2009 (EUA)
Direção: Nick Cassavetes
Atores: Abigail Breslin, Cameron Diaz, Sofia Vassilieva, Heather Wahlquist.
Duração: 109 min
Gênero: Drama

Sinopse

Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) são informados que Kate (Sofia Vassilieva), sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna (Abigail Breslin), que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. 
Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander (Alec Baldwin), um advogado que cuidará de seus interesses.


Oi pessoal tudo bem?

Então, essa é a primeira resenha de filme que estou fazendo e não faço idéia se vai ficar boa ou não. Enfim, o que eu quero mesmo é só desabafar tudo que estou sentindo agora que acabei de ver o filme.

Vamos lá?

Anna é uma criança que foi planejada apenas para salvar a vida da irmã, Kate, diagnosticada com câncer. Logo que nasceu o sangue do cordão umbilical foi doado para a irmã e com os passar dos anos foi submetida a várias operações e transplantes, tudo pela vida de Kate. Anna decide então que já chega de ser usada e então contrata um advogado para processar os proprios pais pelo uso do seu corpo sem sua permissão, buscando uma emancipação médica.

Quando Sara (mãe de Anna) fica sabendo da atitude da filha a principio não acredita que ela possa ter feito isso pois sabia que ela amava a irmã e nunca se negaria a ajudá-la, ainda mais se tratando de vida ou morte, Sara fica absolutamente revoltada. Então eles vão à corte para uma briga judicial.

Não vou falar mais nada sobre essa parte do enredo porque é muito suscetível a spoiler e isso não é legal para quem ainda não leu o livro ou viu o filme.

O que tenho a dizer é que Anna é uma criança de coragem tão grande a ponto de causar inveja a muitos adultos considerados heróis. Eu não sei se teria a coragem de fazer o que ela fez. Retificando: Eu não teria a coragem dela.

Tudo que os pais de Anna fizeram foi em nome do amor pela filha Kate, mas até que ponto isso é considerado "normal"? Será que eles não estão apenas adiando os planos divinos e fazendo com que Kate sofra ainda mais? Eles usaram Anna durante toda a sua vida, tudo para manter Kate viva. Foram inúmeros procedimentos médicos e agora ela precisa doar um rim para a irmã mais velha pois os rins desta pararam de funcionar e se ela nao receber este transplante, morrerá.

O filme é emocionante do começo ao fim pois mostra em flashbacks toda a vida de Kate e a evolução de sua doença. Tem cenas lindas e profundamente tocantes pois mesmo com seu curto tempo de vida Kate viveu plenamente e pode sentir tudo o que uma garota de sua idade sentia. A emoção do primeiro amor, primeiro beijo, o baile e até a perda de seu amor, que pra mim foi uma das cenas em que mais chorei. Kate sofre muito com a sua doença, são cenas altamente realistas e que dá um aperto no peito toda vez que aparecem os efeitos colaterais dos trantamentos que ela faz, suas feições vão ficando cada vez mais frageis, Kate vai definhando rapidamente. 

Anna ama muito a sua irmã, isso é incontestável. Sara é um exemplo de mãe e pessoa pois não mede esforços para salvar a vida da filha e tentar dar a ela o máximo de conforto possivel. Cameron Diaz (Sara) arrasou neste filme e a pequena Abigail Breslin (Anna) deu um show de atuação e tem uma carreira promissora. Alec Baldwin faz o papel do advogado contratado por Anna para defendê-la e tem uma participação importante no filme. 

O filme está super indicado e é uma verdadeira lição de amor. Ainda não li o livro e creio que se o filme me fez chorar desse jeito, imagino quando estiver lendo, já estou louca para tê-lo em minhas mãos. A única coisa que não gostei foi a mudança do título. Qual o problema com: A guardiã da minha irmã?. Mas acredito que "Uma prova de amor" ficaria mais comercial. Enfim... Assistam Assistam Assistam! E preparem a caixa de lenços pois vocês irão precisar.

A v a l i a ç ã o: 
 

Aguardo os comentários,

17 Comentários:

Rafael Fernandes Henrique dos Santos disse...

Ae esse filme é muito lindo!!! estou louco para começar a ler o livro dele.. o filme me emocionou imagine o livro entao..
vc disse tudo.. me fez lembrar varias partes emocionantes do filme q ja assisti sua resenha esta perfeita .. adorei!!
bj
leituras vivas

Aione Simões disse...

Também não entendi o porquê da mudança de título!
Mas tudo bem hehe...
O filme é tudo isso que vocÊ falou mesmo e as atrizes estão de parabéns!
Espero também ler o livro e descobrir o que acho dele ^^
Beijos!

Pati Peña disse...

Eu ainda não assisti o filme, nem li o livro!
Li críticas positivas do livro e agora vejo que o filme também é muito bom!
Obrigada pela sugestão!
Bjs
@PatriciaADavis

Patricia Campos disse...

Qdo assistir a esse filme não imaginei que ele fosse baseado em um livro, chorei rios e vou ser bem sincera não tenho coragem de assistir de novo. Qto ao filme admiro a luta de Anna para fazer o que a irmã quer indo contra a vontade dos pais. O filme eu diria é simplesmente comovente e emocionante, porém não assisto de novo e não sei se tenho coragem de ler o livro, mas que sabe.
Bjos,
Paty

Suzy Xavier disse...

Eu não gostei do título, se traduzizem do original teria sido mais bonito. Vi esse filme no lançamento pois adoro a Abigail Breslin, e a interpretação da Sofia Vassilieva também é perfeita, eu ouvi falar que ela frequentou uma das melhores escolas russas de teatro, e vc sabe, o teatro russo é um dos melhores do mundo! Gostei mais do final do filme que do livro.

Marcelo Lima disse...

Esse filme é daqueles que te deixa pensando o resto do dia , lindo msm ")

Mateus Maia. disse...

ME ACABEI DE CHORAR kkkkkk, sério é muito lindo, eu me coloquei no lugar da Anna :X

poeticjustice disse...

I saw this movie a few years back here in America...I loved it.

A different type of "love story"

Elizandra disse...

Nossa eu adorei a resenha e comprei esse filme hoje ainda nem assisti, mas já to vendo que vo chorar com a história. Quero ler o livro agora que sei que fala sobre esse filme.

Liliana disse...

O filme é lindo e o livro mais ainda.

Bjs,

MauroBailey disse...

É dureza colocarem títulos diferentes nas duas obras. Enfim, lembrei-me da novela laços de família, que tinha uma temática similar. Todavia, parece que nesse livro/filme a mesma temática está sendo levada a outros níveis e realmente chamou a minha atenção. Vai para minha lista de filmes para assistir.

Alessandra Cerqueira disse...

Menina
Assisti o filme e chorei bicas!
Aff
quero muito ler o livro!
Bjs
Leka

Jéssica Polato disse...

Oie flor,
Ficou bom sim a resenha.
E o Filme é lindo. Choro toda vez que assisto. E sempre fico pensando nele depois..
bjinhuxxx

Eu li e Divulgo
http://euliedivulgo.blogspot.com/

Mayara Pongitori disse...

Uma prova de Amor é mais apelativo, eu acho. como vc disse, comercial.


Filme lindiiiiiiiiiiiissimo e estou até com medo de ler o livro. Vou chorar as pitangas.

=**

Jéssica Campos disse...

Esse filme passou a poucos dias na Tv aberta, confesso que não assisti, não tava em um dia muito bom e sabia que ia chorar litros se o visse, mas assim que tiver oportunidade de novo vou ver ele sim.

Bjs
www.frozenlivros.blogspot.com

Kel Costa disse...

Filme lindo lindo... Chorei tanto que fui dormir com dor de cabeça e um aperto imenso no coração. Uma lição de vida e amor, sem dúvida.

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Jennifer Farias disse...

É...o que dizer deste filme?? Chorei literalmente do início ao fim. É lindo,triste,e muito significativo. Eu desabei a chorar quando Kate conheceu o Taylor e eles começaram a namorar,chorei tanto tanto mas TANTO que esse filme está no topo da minha lista de filmes que eu mais chorei (e olha que eu choro fácil em filmes).Enfim,é mesmo recomendadíssimo,te faz ficar pensando "E se..." todo o tempo,faz viver mais a vida,pensar nos seus problemas,nas suas lutas...I-N-C-R-Í-V-E-L.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D