Resenha - O Pão da Amizade (Darien Gee)

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Sinopse: O pão da amizade - Darien Gee
Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simples bilhete "espero que você goste". Junto, há um pacote de farinha, instruções de como fazer o pão e um pedido para que ele seja compartilhado com outras pessoas. Ainda abalada pela tragedia que a distanciou da irma, antes sua melhor amiga, Julia continua perdida quanto aos rumos de sua vida. Ela jogaria fora o presente anonimo, mas, para alegrar Gracie, concorda em assar o pão. Quando Julia conhece duas recem-chegadas a pequena cidade de Avalon, Illinois, ela desencadeia uma ligaçao ao oferecer a elas uma parte da massa. A viuva MAdeline Davis esta trabalhando para manter aberto o seu salao de chá, enquanto a famosa violoncelista Hannah Wang de Brisay esta numa encruzilhada, com o fim da carreira e o do casamento. Na cozinha do salao de chá de Madeline, as tres mulheres firmam uma amizade que mudará suas vidas para sempre. Nao demora para que todos em Avalon estejam assando o pao em suas cozinhas. Mas este momento feliz e as novas amizades tambem apresentam um novo desafio: a necessidade de reencontrar a irma e lidar com uma situaçao que ela preferia esquecer. O pao da amizade conta uma historia espiritual e comovente sobre vida, amizade, dores e dificuldades, comida e familia, mas tambem sobre a necessidade de mantermos acesa a esperança.


A autora Darien Gee escreve com tanta doçura, sabedoria e naturalidade que a leitura flui de forma prazerosa e rápida. O estilo é descomplicado, apesar de serem várias histórias separadas e isso tender para um pouco de confusão, Darien consegue tecer as histórias de maneira com que tudo venha a se encaixar perfeitamente no decorrer do livro. Ela deixa o leitor muito à vontade com os personagens, que possuem perfis realistas fazendo com nos identifiquemos com as trajetórias de vida narradas, dá a impressão de já conhecê-los de longa data, tendo cada personagem uma importância ímpar, mesmo este aparecendo uma ou duas vezes apenas.

A história do pão da amizade foi uma das mais lindas que eu li este ano. Emocionei-me com cada situação contada, claramente identificando-me com algumas delas. É um livro que nos faz refletir sobre a vida, a morte, família, amizade, dinheiro, etc. Com certeza este não é o tipo de livro que se deva ler apenas uma vez na vida, definitivamente você deve marcar suas partes favoritas e/ou as partes em que você certamente aprendeu alguma coisa. O livro me fez querer encontrar amigas tão preciosas quanto Julia, Madeline e Hannah e ter um lugar aconchegante como a casa de chá de Madeline para me encontrar com elas, e juntas compartilharmos idéias malucas, sonhos e projetos, decepções. Coisas de amigas, e que embora você tenha ficado triste por algum motivo, logo percebe que deve ficar feliz só em saber que tem amigas que estão lá esperando e torcendo por você. A amizade deu-se de forma gradual, à base da conquista de confiança, de maneira que chegou um ponto em que as três tornaram-se inseparáveis. O pão da amizade foi um laço que as uniu para a vida toda. Definitivamente este livro deve ser passado adiante, assim como O pão da amizade.

O modo como a história é contada é certamente uma das coisas mais atraentes neste romance. É narrado em terceira pessoa, onde é possível ter o ponto de vista de várias pessoas sobre a mesma situação. É interessante também a notória evolução dos personagens, principalmente Hannah, Julia e Madeline, que ao iniciarem o livro tinham vidas completamente bagunçadas, e ao passar das páginas é possível verificar que as coisas vão fluindo para elas e que ao final cada uma tem superado ou vem superando muito bem seus próprios dramas pessoais.

A diagramação é muito boa e espero que só melhorem na edição final do livro. O tamanho da fonte e espaçamento entre as linhas é ideal para não cansar a visão do leitor. O Estilo descomplicado da autora, fazendo com que o livro todo seja bom, sem ter momentos chatos e maçantes. Leitura muito agradável e extremamente rápida. O leitor deleita-se com todo o tipo de emoções: Alegria, tristeza, compaixão, raiva, tudo num só capítulo, fazendo com que este não queira largar o livro nem por um minuto só para saber o que vai acontecer depois. As receitas ao final do livro dão um toque especial, que acreditem me fez querer ir imediatamente para a cozinha, fazer o pão da amizade, após o término da leitura da obra.

De pontos negativos, sinceramente, só vejo os erros de pontuação e digitação, que não devem nem ser levados em consideração, pois esta ainda é uma cópia não revisada. Certamente posso afirmar que este livro entrou para a minha lista de favoritos e será completamente indicado por mim para todos os meus amigos e familiares.

Agradeço a oportunidade de ler esta obra incrível e espero que o livro seja um sucesso. Acredito profundamente que será, pois a história de vida de Julia e de todas as outras personagens envolvidas deve sim ser passada adiante. Posso dizer que tirei várias lições deste romance e espero que todos tenham a oportunidade de apreciá-lo, assim como eu tive. Obrigada a Editora Leya e Livraria Cultura.O Lançamento do livro está previsto para Agosto/2011.

A v a l i a ç ã o: