Lançamento: AS ESGANADAS (Jô Soares)

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Olá pessoal! 

No dia 22 de outubro chegará às lojas o novo romance policial do Jô Soares, sou fã do cara e ja estou super curiosa sobre o livro. O livro será publicado pela Companhia das Letras.


Jô Soares tem 5 livros publicados e todos sucesso de vendas:


  • O astronauta sem regime, L&PM - 1985;
  • O Xangô de Baker Street, Cia. das Letras - 1995;
  • O Homem que Matou Getúlio Vargas, Cia. das Letras - 1998;
  • Assassinatos na Academia Brasileira de Letras, Cia. das Letras - 2005;
  • As Esganadas, Cia. das Letras - 2011.
Pelo que fiquei sabendo, a estória se passa no Rio de Janeiro, nos anos 30 e tem como foco os assassinatos cometidos por um serial killer de gordinhas! 


Então é uma super dica pra quem gosta de livros policiais, como eu! Com certeza este é um livro que vou fazer questão de ler e resenhar aqui pra vocês! 

Veja abaixo a capa (feita por Victor Burton e Angelo Allevato Bottino) e um texto de Luís Fernando Verissimo sobre o livro, que já está em pré-venda.

Fonte: Blog da Companhia das Letras
Como ator e comediante, o Jô é um grande fazedor de tipos. Sabe como poucos construir um personagem, defini-lo com um detalhe e dar-lhe vida com graça e inteligência. Como autor, essa sua maestria se expande: os tipos são postos no mundo e, mais do que no mundo, numa trama — e o seu criador (eu quase escrevi Criador, pois não deixa de ser um trabalho de deus) se solta. Toda a ficção do Jô é feita de grandes personagens envolvidos em grandes tramas.

Os tipos e a trama deste livro são especialmente engenhosos e através deles o autor nos dá um retrato saboroso do Rio de Janeiro no fim dos anos 1930 e começo do Estado Novo — o Rio das vedetes que davam e dos políticos que tomavam, das estrelas do rádio e das corridas de “baratinhas”. E nesse mundo em ebulição chega uma figura portuguesa, saída de um poema do Fernando Pessoa, para elucidar o estranho e terrível caso das gordas desaparecidas que…

Mas não vou revelar mais nada. Um dos prazeres da literatura policial é ir acompanhando o desvendar de uma trama, levados de revelação a revelação por alguém com a fórmula exata para nos enlevar — e enredar. No caso do Jô, quem nos guia é um autor que já provou seu domínio do gênero, e que aqui se supera na perfeita dosagem de invenção, humor e erudição que nos prende desde a primeira página, desde a epígrafe.

Prepare-se para ser enlevado e enredado, portanto. E prepare-se para outras sensações. Só posso dizer que a trama deixará você, ao mesmo tempo, horrorizado e com fome. E que depois da sua leitura os Pastéis de Santa Clara jamais significarão o mesmo.

Luís Fernando Verissimo

4 Comentários:

Mariana Diaz disse...

Amo tudo q o Jô soares escreve e tenho todos os livro dele. Quando vi a noticia em outro blog de q estaria saindo um novo romance dele achei q era mentira (ainda mais por conta do nome do romance!kkk). Mas agora estou vendo para a minha felicidade q é real! *-*
Vou já comprar de pre-venda na saraiva ou no submarino. \o/

Kel Costa disse...

Nunca li nada do Jô, mas quem sabe não me aventuro por esse aí, né? Gosto do estilo...

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Elaine Maciel disse...

Ele ficou muito tempo sem escrever, ne?
Tava sentindo saudades já...os livros dele são ótimos, uma narrativa gostosa e inteligente!
bjs

jenniferdlegal disse...

Nunca li nadica de nada do Jô Soares, acho que vou me aventurar nesse, eu gosto muito do genero, e conhecer outros autores é sempre bom né?!
Bjs

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D