Resenha: Terrivel Encanto (Melissa Marr)

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Edição: 1
Editora: Rocco
ISBN: 9788579800832
Ano: 2011
Páginas: 360

Sinopse - Terrível Encanto - Wicked Lovely - Livro 1 - Melissa Marr

A série Wicked Lovely conta a história de um mundo onde as vidas de fadas e humanos se misturam. Aislinn é uma adolescente que pode ver fadas ao seu redor, mas que foi ensinada durante toda sua vida a fingir que não as vê. Ela está lutando para lidar com as fadas quando Keenan, fada Rei do Verão, entra em sua vida e tira sua mortalidade, pedindo-lhe para se tornar a Rainha do Verão e derrotar sua mãe, a Rainha do Inverno. Se ela recusar, O inverno irá tomar conta do mundo e matará todas as fadas e mortais.


Terrível Encanto é o primeiro livro da série Wicked Lovely e narra a estória da jovem Aislinn que herda de sua família o dom (ou maldição) de ver os seres encantados. Desde pequena foi orientada a seguir três regras básicas: 

1- Não encare os seres encantados;
2- Não fale com os seres encantados;
3- Nunca desperte a atenção dos seres encantados.

Até então, aos 17 anos, ela conseguiu sobreviver sem chamar a atenção deles mas quando Keenan, o Rei do Verão aparece decidido a torná-la sua Rainha do Verão, a vida de Aislinn dá uma guinada e ela se vê desesperada pois teme não poder ficar ao lado de seu mais-que-melhor-amigo Seth e sua avó. 
Se Ash não for "a escolhida", o mundo sofrerá a ira de Beira, a Rainha do Inverno e mãe de Keenan. Aislinn agora está dividida entre salvar o mundo e ficar com Seth.

Eu confesso que este livro me surpreendeu positivamente. A estória é bem original apesar de se tratar de fadas, em minha imaginação eu sempre pensei em fadas como seres fofinhos e bonzinhos, mas a autora conseguiu me convencer que esses seres podem não ser tão bonitinhos e bonzinhos como eu sempre imaginei. Com personagens tão bem construídos que você consegue amar até mesmo os vilões, em Terrível Encanto, Melissa dominou bem a sua trama, pois conseguiu terminar o livro sem deixar muitas pontas soltas e sem nos deixar arrancando os cabelos pelo próximo livro. Apesar de se tratar de uma série, pelas sinopses dos outros livros já publicados no exterior, parece que os livros são de certa forma, independentes. Acho isso ótimo. 

A mocinha não é daquele tipinho indefesa, chatinha e chorona, muito pelo contrário, ela é forte, determinada, inteligente e até bem saidinha [safadinha] (risos) o que é muito bom, pois eu já cansei de mocinhas inocentes demais. Seth, o mais-que-melhor-amigo de Aislinn não faz o estereótipo ‘príncipe encantado’, ele é meio esquisito, cheio de piercings e não é lá de se apegar. Ele é o carinha de uma noite só. 

A narrativa é em terceira pessoa, o que divide opiniões. Pode ser bom por que facilita o entendimento da trama e é possível obter diversos pontos de vista diferentes. Pode ser ruim por que não passa ao leitor a sensação de proximidade, como se o leitor fizesse parte da estória, e também nesse estilo de narrativa o suspense não é total, visto que de cara você sabe quem são os mocinhos e quem são os vilões, no caso de Terrível Encanto, sabemos logo quem são os seres encantados que estão na cola de Aislinn e o que eles querem com ela, tudo isso no inicio do livro. 

Embora eu tenha gostado bastante do livro, sinto que faltou alguma coisa. Talvez seja por que eu tinha grandes expectativas para ‘a batalha’ e ela não foi bem o que eu esperava. O final é completamente surpreendente. Nem nos meus mais profundos devaneios sobre o livro, eu sequer cheguei perto do desfecho que Melissa Marr deu para Terrível Encanto. Confesso que amei o final e não poderia ter sido melhor. Já estou mega ansiosa pelo próximo livro da série, Ink Exchange, que ainda não tem título traduzido e nem data de lançamento prevista no Brasil. Editora Rocco, por favor, não demore a lançar. Super recomendo o livro para aquelas pessoas que gostam da temática romance sobrenatural e tem um pouco mais de curiosidade sobre as fadas e os demais seres encantados. Vale muito a pena conhecer mais dessas criaturas que podem ser bem cruéis. 

Avaliação:

9 Comentários:

lilian alipio disse...

Eu adorei a resenha e juro que pensei que fosse uma série já que a autora escreveu outros livros, ainda não li nenhum livro sobre fadas espero que esse me agrade 

Jordana Silva disse...

Oi Lilian, é uma série sim, lá fora ja tem 5 publicados. Mas pelas sinopses dos proximos volumes eles parecem ser bem independentes, ja que o prox livro falará da Corte Sombria e Aislinn so voltara no volume 3. Leia sim, acho que vc vai gostar!

KassiaCrislayne disse...

Eu prefiro livros em terceira pessoa, pois assim posso saber tudo de todos, não só do protagonista. =D

Esse livro me interessou desde seu lançamento algumas semanas atrás. O evento me fez conhecê-lo um pouco mais e querê-lo bastante. A resenha me deixa mais curiosa, que final é esse???

Já está na lista das próximas comprinhas, com certeza!

Abs.

@crislayne_df 

Mariana Diaz disse...

Logo de cara pensei duas coisas quando vi esse livro: "A capa é linda!" *-* e "Deve ser mais um romance sobrenatural ruim e açucarado dos q estão saindo agora"...
Apesar dessa minha segunda impressão, apos ir ao evento, ler a sinopse e a resenha, eu tenho de admitir q fiquei com vontade de lê-lo!

Mateus Bandeira disse...

Oi, Dana!

Eu adoro Wicked Lovely! A história e todo o universo que a autora criou me prendeu de uma maneira que nenhum livro me prendia há muito tempo! Se você achou as fadas da Melissa Marr malvadas, você precisa ler "Tithe" da Holly Black, que também é da Rocco. Esse sim é um livro realmente diferente e grotesco, mas muuuuuuuito legal! Adorei a resenha, e também achei que faltou algo no primeiro livro, mas os outros são ainda melhores!

Beijão!

Mateus Bandeira
Our Vices

Carol Vargas disse...

4h da manhã, talk com Dana, link da resenha e lá vai mais um livro para o carrinho de compras da loja virtual... 

Te amo, viu amiga! Meu bolso está mais vazio por sua causa, mas ainda assim eu lovo tú! kkkkkkkkkk

Ótima resenha, flor!

Mayara Tavares disse...

Quero muito ler esse livro, muito mesmo. E eu nunca tinha lido uma resenha dele rs...
Muito bom saber q os livros são meio independentes, e q não ficamos de cabelos em pé pra ler o próximo. Cansa bastante essa coisa de séries e mais séries.
E gosto tbm do tema de fadas, quero muito me aprofundar nos livros sobre isso :)Bjos

Fabrica Dos Convites disse...

Gosto muito desta capa e pretendo ler em breve este livro. Bjs, Rose.

Patricia Andrea Peña disse...

Olá Dana!
Eu gostei muito deste livro e da Aislinn [safadinha] kkkkk e Seth, um casal bem legal!
O duro é esperar pelo segundo livro, as editoras demoram muito para lançar :(
Besitos,
@PatriciaADavis 

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D