Resenha - Sendo Nikki - Meg Cabot

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501086679
Ano: 2011
Páginas: 320

Sinopse - Sendo Nikki - Cabeça de Vento #2 - Meg Cabot

AS COISAS NÃO ESTÃO BEM PARA EMERSON WATTS. Em tinha certeza absoluta de que não havia nada pior do que ser uma nerd presa no corpo de uma supermodelo adolescente. Mas acontece que ela estava errada. De repente, Emerson descobre que Nikki tem uma mãe que está misteriosamente desaparecida, um irmão que surgiu na sua porta cobrando respostas, um ex-melhor amigo que pretende destruir a Stark Entreprises, e um admirador britânico não tão secreto que está no topo das paradas de sucesso com uma música escrita para ela. Como Em pode equilibrar todos esses problemas e ainda lidar com a escola e os desfiles e sessões de foto? Especialmente com antigos namorados de Nikki aparecendo o tempo todo, querendo mais do que só uma lembrancinha, uma irmã que vai fazer qualquer coisa para entrar no campeonato de líderes de torcida, e com a empresa que paga seu salário aparentemente indo para o lado negro... Sem contar que ela ainda precisa convencer o amor de sua vida de que modelos não são umas cabeças de vento... e uma delas, em especial. MAS NINGUÉM DISSE QUE ELA SE DARIA BEM SENDO NIKKI.

Sendo Nikki é o segundo volume da série Cabeça de Vento. Consegui achar um pouco mais de profundidade no segundo livro, já que no primeiro era somente uma nerd tentando se acostumar à vida de uma supermodelo. Sendo Nikki é um livro YA com grandes doses de humor, e algumas pitadas de suspense e romance.

Sinceramente, me agradou mais Cabeça de Vento, a história foi mais frenética, mais divertida e mais nova. No segundo livro vamos conhecendo um pouco mais do mistério da Empresa Stark, e alguns fios soltos vão se moldando na trama, como o porquê daquela enorme "coincidência" na Loja Stark.

Gostei também do romance que aconteceu no livro. Ainda acho que a personagem principal deveria mudar algumas atitudes, o que torna o livro meio bobinho, mas ainda assim agradável. Meu olhar crítico julga o livro muito mal. Mas meu olhar pessoal adorou o livro, as vezes só precisamos desanuviar um pouco das coisas sérias, e ler um pouco de coisas mais leves, como a série Cabeça de Vento.

Na série você vai encontrar situações que vão te deixar rindo feito bobos (só um exemplo hipotético ok?) dentro de um ônibus lotado com todo mundo olhando você rindo e imaginando (eu acho ) que estavam olhando pra um maluco com um parafuso a menos. Recomendo pra você que quer deixar de lado esses romances dramáticos da vida, esses amores sérios e impossíveis, e os convido a embarcar na leitura simples, rápida e gostosa da série Cabeça de Vento.

Como sempre Meg Cabot arrasou na escrita, explicando a trama pra nos deixar super ansiosos ao próximo volume (Runaway) que ainda não foi lançado no Brasil. Espero que a Galera Record não demore a publicar o livro aqui, porque eu necessito ler esse livro.
  
Para ler minha resenha de Cabeça de Vento, clique AQUI.

| comente (:

brumiranda disse...

Não conhecia essa série da Meg; parece ser legal, acho que tanto eu quanto minha irmã vamos gostar :)
Valeu pela dica!

Beijos!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D