Resenha - Os Homens que não Amavam as Mulheres (Stieg Larsson) Trilogia Millennium

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012


Título: "Os Homens que não Amavam as Mulheres"
Autor: Stieg Larsson
Editora: Companhia das Letras 
ISBN: 97885359158339
Páginas: 522
Sinopse: Os homens que não amavam as mulheres' é um enigma a portas fechadas - passa-se na vizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. 
"Os Homens que não Amavam as Mulheres" é o primeiro livro da Trilogia Millennium escrita por um jornalista e ativista político sueco chamado Stieg Larsson. O livro consiste na investigação do desaparecimento de uma jovem de uma família industrial muito rica e influente. O mistério já dura 36 anos e seu Tio Henrik não mede esforços para descobrir o que aconteceu e, o pior de tudo, ele acha que foi um membro de sua própria família que matou a jovem Harriet. Procurando solucionar o mistério, Henrik contrata Mikael Blomkvist um jornalista recém condenado por difamação. Mikael no início é relutante, mas fica intrigado e resolve aceitar a proposta. No decorrer da narração Mikael conhece Lisbeth Salander uma investigadora que o ajuda a desvendar o desaparecimento de Harriet.

Se vocês querem uma leitura F.R.E.N.É.T.I.C.A. esse é o livro. Stieg Larsson sabe prender o leitor do início ao fim ao ponto de eu poupar a leitura porque ao mesmo tempo queria desvendar o mistério e não queria que o livro acabasse. Inteligente como poucos, ele expõe de uma maneira espetacular o drama da violência, incesto, estupro e corrupção. 

O desenrolar da trama é perfeito e a maneira como os personagens são explorados é esplêndida. O enrendo não te distrai, apesar das 60 primeiras páginas serem um pouco monótonas, pois são vários membros da família Vanger e ele são apresentados nessas primeiras páginas.

A capa é interessante pois não revela nada do enrendo da narração e acho que isso foi proposital e não encontrei erros. A editora foi muito atenciosa quanto a isso. Há muito tempo não lia um livro de mistério tão intrigante como "Os Homens que não Amavam as Mulheres". Sem contar que o final é surpreendente.

Como dia 27 estréia o filme baseado no livro eu estarei lá na primeira sessão porque não aguentarei esperar para ver como ficou o resultado cinematográfico de uma obra literária tão perfeita. Enquanto isso deixo vocês com o trailer do filme estrelado por Daniel Craig.


Por favor, quero comentários ok?
Beijos

17 Comentários:

lilianarodrig disse...

Amo livros com leitura frenética. E  definitivamente essa é umas das minhas próximas leituras. 

Bjs

KassiaCrislayne disse...

Olá, Lariza.

Adorei a leitura desse livro! Também achei as primeiras páginas muito enfadonhas, principalmente a explicação do porquê o Mikail estava sendo acusado de difamação, já que eu não entendi muito, a princípio, rsrs.
Mas, o livro todo é frenético, como você disse, e tem um suspense maravilhoso! O que é aquele final?

Você sabia que tem os filmes suecos? Já assisti a versão sueca de "Os homens que não amavam as mulheres" (alugada) e confesso uma coisa: vai ser difícil pra Hollywood me convencer de que o deles é melhor!!! Principalmente a Lisbeth! Só pelos trechos que vi do filme hollywoodiano, acho que a Lisbeth sueca é melhor!

Mas, vou saber disso no fim de semana!!! \o/

Bjs e bom filme!!

meninadabahia disse...

Já disse que seu lay novo tá uma graça? :))

Ainda não li :( Se eu não me engano só tenho o volume 2 da série, rs.

Preciso ler antes de ver os filmes, #fato.


bjs

Vanilda Procopio disse...

Ainda não li nada da série Millenium, mas vontade não me falta. Pela sua resenha, dá para perceber que é daqueles livros que realmente prendem o leitor. Espero poder ler o livro antes de ver o filme.

Paula Alves disse...

Não faz muito meu estilo de leitura, mas parece ser bom.
Quem sabe depois do filme não me animo a ler?!

Ioná disse...

Oi, Dana!
Eu adorei esta trilogia.
O volume 3 estah entre os meus livros favoritos.
Eu assisti a versao sueca do filme baseado no volume 1 e achei mto, mto boa mesmo.
Quero assistir esta nova versao pra poder comparar.
A Lisbeth Salander da versao sueca eh simplesmente per-fei-ta.
Eu achei os 3 livros um pouco cansativos na fase introdutoria. 
Ainda bem que perseverei, porque a historia eh estupenda!
Parabens pela resenha!

Abracos

Ioná disse...

Oi, Lariza... sorry, achei que a resenha fosse de Dana.
Parabens pela resenha, Lariza!
Espero que leias logo os outros volumes.
Vao ficando cada vez melhores.

Abracos

Pâmela Vital disse...

Lariza, minha companheira de blog!
Frenética é? Comprei de presente para meu primo esse livro, porém ele não teve a oportunidade de lê-lo para me contar.
Caramba.. to com pena da pobre Harriet =s 
Descobrir o assassino é fundamental e deixar isso nas mãos de Daniel Craig? ULALA
Dia 27 o cinema me espera! :D
Um beijo grande

Ana Luisa disse...

Oi Lariza! Adorei a resenha! Estou ansiosíssima para ler o livro e assistir ao filme. Se a leitura é frenética, o filme tem que ser demais!

Beijocas,

Lu
www.equinocioaprimavera.blogspot.com

Maa_delima disse...

Louco para ler e asssitir ... apesar de que a atriz disse que o final do filme não é igual ao livro #decepcionante . Otima resenha ") 

Monica santos disse...

Adoreia a resenha! Quero ler esse livro a seculos. [um dia consigo]
Já o filme, eu assisti a versão sueca -é legal [mas nem tanto]. espero que a versão americana seja melhor.

Bjos

Carol Vargas disse...

Ah, eu estou louca para ver o filme também! 
E  livro... hummm! AMEI! A série toda é fantástica! Terminei esta semana o livro 3 e não me arrependo de ter insistido! Os inícios são realmente parados... mas depois tudo é compensado!

Bela resenha, Lariza!

Lariza Barbosa disse...

Obrigada a todos pelos comentários,fico muito feliz com a participação de vocês
beijos 

soraya disse...

Confesso que fiquei com medo de ler a resenha, pois tenho os três volumes e ainda não li. ´Mas não me arrependi de ter lido. Resenha ótima. Agora fiquei com mais vontade de iniciar a leitura.
Parabéns!

Girlane disse...

Otima resenha, expoe os fatos na medida certa.
nao conta muito, mas da uma boa ideia do q esperar do livro.
:)

Ei, no caso, tão lançando outro filme?
Pq desde o ano passado q ouço falar deste titulo, mas ainda nao o vi..
Confesso ate q iniciei umas vezes, maas ele é por demais extenso,
e sempre acabava por optar por outro.. talvez o inicio cansativo. =/
e tbm pq nunca havia lido/visto nenhuma indicação do msmo.

Maas, dps deste trailer.. Axo q vou dar uma chance a ele..
assim q tiver um tempinho livre. ;)

Obg pela dica!
:)

PS: vou dar uma verificada se estamos falando do mesmo filme, ou é coincidencia d nome.

Dana Silva disse...

oi Girlane! Sim é o mesmo filme! Acontece que ele tem uma versao sueca até antiguinha se nao me engano, mas a versao americana estréia hoje nos cinemas! E ele eh meio longo mesmo, 2:40 minutos mas é um otimo filme, assisti ontem e nao me arrependo! é muito bom sim!!! 

Girlane disse...

OI Dana,



vim dizer q assisti ao filme este fds..

Ei, mto bom mesmo. Neem senti o tempo passar..
Valeu muito a pena. :)

Obg pela indicação!!

até a próxima! ;)
bj

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D