Resenha Premiada: O preço de uma lição (Federico Devitto e Gutti Mendonça)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219664
Ano: 2011
Páginas: 366

Sinopse - O Preço de Uma Lição - Às Vezes Amar Muito Não BastaOs meninos são, sim, capazes de amar. ”Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.” Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções. O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar. Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas.
Começo dizendo que essa resenha vai ser muito difícil. Eu tinha bastante expectativa em
relação a esse livro ao mesmo tempo que tinha medo dele. Medo sim, pois não da pra deixar
de comentar o preconceito que eu tive quando soube que seria escrito por um ex colírio da
capricho. Eu sei, eu sei que não deveria ter, mas tive e aí?

A proposta do livro é “mostrar que os meninos são sim capazes de amar”. Tá. Só que eu não
engoli essa não, me desculpem as fãs dos autores, mas a historia não me convenceu mesmo.
Não estou dizendo que o livro é ruim. NÃO. Por favor não me interpretem mal, só estou
dizendo que NÃO ME CONVENCEU. Antes que venham aqui me xingar e dizer isso e aquilo
outro e bla bla bla.

O garoto do livro, sim porque ele não tem nome, é lindo, educado, não bebe, não fuma, etc.
O sonho de 9 entre 10 garotas, e só não é o sonho da 10ª porque esta é lésbica. Enfim,
o cara tem 20 anos e se apaixona por uma menina à primeira vista, menina de 15 anos.
Começam então um namoro complicado e à distancia, pois ela mora em outra cidade. A partir
daí temos uma série de acontecimentos que eu não vou revelar, obviamente, mas garanto a
vocês que mesmo ele tendo todas essas qualidades aí listadas e mais algumas, se eu fosse a
Juliana, iria querer distancia dele, eita gurizinho grudento. Tá, talvez eu esteja dizendo isso
porque não suporto gente ‘carente’ demais, me da uma sensação de falsidade, sabem? E a
impressão que o garoto do livro passou pra mim foi essa, carência excessiva, pelo menos em
relação à Juliana.

A narrativa flui de maneira rápida e o livro é gostosinho de ler, o leitor não fica entediado e
isso foi uma surpresa pra mim. Claro que o começo é um pouco confuso pela quantidade de
nomes que você precisa memorizar e também pelo fato de que TODO MUNDO tem nome,
menos o protagonista. Em minha opinião tem descrições desnecessárias e tem muita coisa que poderia ter sido cortada sem prejudicar o enredo.

A diagramação e a capa são lindas e isso é um diferencial, confesso que amo a capa desse livro. Indico a leitura para pessoas que gostam de historias bem água com açúcar mesmo! Eu até que gostei do livro, apesar de não acreditar que esse protagonista de fato possa existir

Repito, leiam o livro e tirem suas próprias conclusões. 


Avaliação:


       SORTEIO

Quer receber no conforto de sua casa um exemplar do livro? O Feed your Head junto com a Novo Conceito vão te dar. E para ganhar é bastante simples. Confira as regrinhas abaixo:

1- Seguir o blog publicamente e morar no Brasil;
2- Comentar nessa resenha decentemente. Comentários do tipo: "parabéns pela resenha" , "participando", "adorei a resenha", "que boa resenha" "que péssima resenha" e etc, não serão aceitos. 
3- Seguir os twitters @Novo_Conceito, @ffeedyourhead e @oprecode1licao;
4- Twittar até 10 vezes por dia a frase:

Quero descobrir qual #oprecode1licao junto com o @ffeedyourhead e a @novo_conceito. RT e Participe também: http://migre.me/7oOPp
O sorteio será feito pela hashtag, quanto mais você twittar, mais chances tem de ganhar!! 

O sorteio será realizado no dia 04/02/2012 a qualquer horário do dia! O vencedor terá até 48 horas para entrar em contato conosco para reclamar o prêmio, que poderá ser enviado EM ATÉ 30 dias a partir da data de divulgação do resultado. Lembrando que se o ganhador não se manifestar no prazo, outro sorteio será realizado.

Boa sorte!

24 Comentários:

Felipe Vinicius disse...

Eu li a sinopse do livro e não dei nada por ele. Também tive este 'preconceito' pelo fato de ter sido escrito por um ex-colírio e tals. Agora que eu li a tua resenha eu meio que me assustei. Eu me identifiquei com a estória contada, de uma certa forma. Eu tenho 22 anos e minha namorada 17, e moramos em estados diferentes. Foi uma "coincidência" que me assustou um pouco. E não, o nome dela não é Juliana. Mas a melhor amiga dela tem este nome, serve? 


Confesso que fiquei com bastante vontade de ler este livro. Mas pelo fato de ela ter uma pequena semelhança com a que eu estou vivendo. Acho que irei me identificar com algumas coisas contadas no livro.

Mas afirmo que achei estranho o fato do protagonista ser o único sem nome... Acho que o autor fez isso para deixar uma brecha na história, para que os leitores possam eles mesmos inserir um nome no personagem. Como você disse na resenha, ele é o menino que 9 em cada 10 garotas querem. Então acho que é aí que cada um pode identificar o personagem com alguém que conhece e aplicar tal identidade. Sei lá, é só uma viajada da minha mente. =P

No mais foi uma boa resenha. Me fez querer ler um livro no qual passaria despercebido por mim. E eu ri do fato da 10ª garota.

Juliana Vicente disse...

Eu gostei muito desse livro, concordo com você em vários pontos, mas ainda assim foi um livro que agradou muito.

Beijos

Bianca Cardoso disse...

Tenho uma enorme vontade de ler esse livro,não sei qual o motivo. Talvez seja a capa tenha me chamado atenção - a acho linda - , ou seja o fato do livro ter sido escrito por um ex colírio. Bom,não sei. Só sei que quero muito lê-lo.  

Ri muito com a sua resenha. Muito divertida.
Concordo quando você diz que as pessoas carentes demais, soam falsas. Também tenho essa mesma impressão.  Fico sempre com um "pé atrás"

Dana Silva disse...

poisé Bianca, talvez eu pense assim porque sempre que me relacionei com pessoas carentes me dei mal. rsrs 

karlene maoli disse...

fiquei doida pra ler esse livro desde a primeira vez que o vi na livraria. Parece ser daqueles livros que a gente começa a ler e nao quer largar. Sem falar que a capa é linda.

Rafaela Sy disse...

Apesar da capa ser bonita e chamar minha atenção,a vontade ler o livro ainda não despertou,tenho curiosidade pra saber se é bom ou não,mas vontade desesperadora pra ler não tenho,como minha lista de leitura só cresce vou deixar ele passar por enquanto e quem sabe quando a vontade desesperadora bater ou quando eu não tiver mais nenhum na lista eu leio.

Maria Clara Teixeira disse...

A campanha promocional colocou o livro em bastante destaque, o que gera muita expectativa.  Que pena que não supriu suas expectativas! Não gosto dessa postura machista do cara de 20 anos atrás da menina de 15 (se a cabeça não for diferente, o cara tem sérios problemas) e nem de ficar colocando o namoro à distância como um grande obstáculo. Vou ter que ler para tirar a prova...

Gracy Ursulino disse...

Minha querida amiga Juliana Vicente me falou muuuuuito desse livro. Pelo que disse ele é a minha faceee... heheheh Mal posso esperar pra tê-lo aqui comigo... Vou ficar aqui na torcida pra ganhado ser eu... hahha

Maria Oliveira disse...

Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Ah,tem sorteio rolando por lá,participa? :)

Beijinhos no core!

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

Cheyenne Cruz disse...

Minha prima leu esse livro e amou, lendo sua resenha eu percebi que o livro não e tão envolvente, como eu esperava, mas eu tô louca para ler ele, mesmo assim, por isso queria ganhar :)

Kari_Couto disse...

Ih Dana tb detesto gente carente..cheio de mimi mimi aff.. sai pra lá!
Bem não li esse livro, sou super afim de ler, pois desde que li a sinopse fiquei bastante curiosa.
E acredite amiga, existe homem desse jeito que vc falou..grude total, carente, chato, mala, meloso, irritante! Já conheci um..e Deus me livre!
Não é que eu seja daquelas mulheres que gosta de desprezo e tals..mas acho que todo sentimento tem de ser moderado, o excesso, sendo pro lado positivo ou negativo enjoa e o resultado sempre é cada um pro seu lado ou um belo galho!

@Kari_Couto karinicouto@yahoo.com.br / www.mixliterario.com

Jakinhaandrade disse...

Li algumas resenhas positivas e outras negativas, mas eu quero muito ler este livro, especialmente por se tratar de meninos escrevendo sobre o amor. E eu gosto de meninos carentes...sauhsuhahsuhaushuahu acho que é porque eu sou carente ao extremo...rsrs
Amei a resenha.
bjos

 

Rafebelle disse...

YESS KKK

Andressa Bernardes disse...

Pelo que você disse o livro é muito mais ou menos né? Bom como as vezes eu me surpreendo com algumas leituras, espero ter a oportunidade de ler o livro e ver se este também será assim ou mais um pequena decepção, já que a capa deste livro é muito bonita *-*

Vanilda Procopio disse...

Confesso que, devido a outras resenhas que li, tinha uma outra visão do livro. Agora, lendo a sua, concordo com você: só lendo o livro para tirar as próprias conclusões. Mas também admito que não tenho grandes expectativas, não.

Karolyne Oliveira disse...

Olá!
Até hoje eu não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, só tinha visto mesmo capa, achei até bonitinha,  então não sabia o que esperar.
Mas gosto de romances, então eu me arriscaria a ler, mesmo sendo meio 'agua com  açucar'... rs   Só assim pra dizer se é bom ou não neh?!

sector12 disse...

Confesso que li a sinopse e ão achei muito interessada... Uma amiga minha disse que o livro é ótimo, e admito que a sua resenha me deu mais uma forcinha para ler o livro. Estou participando da promoção que seu blog está fazendo.
Beijos,
Luana Karla.
Sector 12.
site: http://sector-12.blogspot.com/

brumiranda disse...

Quando vi o livro ser lançado eu nao botei muita fé, mas resolvi dar uma chance a ele. Acho que não vai me cativar, mas vou dar uma chance. A iniciativa é legal, ne? =)

beeijos

viajandonoslivros disse...

Oi, esse livro tem umas 300 paginas, mas eram 600!!!

Um editor da Novo Conceito falou para tirarem algumas coisas, e pelo visto, poderiam ter tirado mais ainda, haha.
Li varias resenhas falando igual voce, não é ruim, mas tambem não é bom.
André Luiz
www.viajandonoslivros.com

Monica santos disse...

OhLord! Parece as historinhas do tumblr... (povo careeeeente)
Também não botei muita fé nesse livro, principalmente depois de saber que foi escrito por um ex-colírio. Mas vou dar uma chance pra ele mesmo assim.

Beijos

Flávia Pachêco disse...

Esse livro é que nem Julieta Imortal: já vi tanto comentários super positivos como outros negativos. Então eu queria muito poder ler pra tirar minhas próprias conclusões sabe?!
O protagonista não ter um nome? Que estranho, rsrs. Pela sinopse parece interessante e talz, mas acho que vai difícil me convencer que os garotos também amam u.u rsrs. 
Adorei a resenha, muito bem elaborada e sincera! Parabéns :)

Beijos 
@flafsbp 
http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/

Jeh Polato disse...

Eu ainda não li e acho que vou demorar um pouco.
Sobre o fato de ser escrito por um ex colirio, tenho que dizer que, antes o Federico do que qualquer um dos outros..rsrs. Minha irmã era fã, então sei bem como são todos..rsrs

Mas você não foi a unica a dizer que a historia é fraca, que não convence. Eu não tenho muita expectativa, talvez por isso quando eu for ler, eu até goste.
Mas sei lá..como eu disse, vai demorar um pouco.

Sua resenha foi sincera e eu adoro isso. Tem que avisar o que nos espera, porque criar aquela ilusão de que é bom e depois não é, é o fim.

Larissa Callegari disse...

 Não me importei muito pelo fato do autor ser um ex-colírio, ate achei meio divertido. Ja ouvi muitos comentarios sobre o livro, alguns bons, outros nem tanto...  Quero ler, e tirar minha proprias conclusões ..

soraya disse...

Ainda não li o livro, porám pretendo ler assim que o exemplar chegar aqui em casa (rs). Não me importo do livro ser escrito por um ex-colírio, na veerdade fiquei mais curiosa para ler.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D