Resenha: Avalon High (Meg Cabot)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012


Livro: Avalon High

Autor: Meg Cabot
Edição: 1
Ano: 2007
Editora: Record
ISBN: 978-85-01-07490-4
Páginas: 350


AVALON HIGH pode não ser exatamente o lugar onde Ellie gostaria de estudar, mas até que não é tão ruim assim. Uma escola americana normal, freqüentada pelos mesmos tipos de sempre: Lance, o esportista; Jennifer, a animadora de torcida; e Will, o presidente da turma, jogador talentoso, bom moço... e muito charmoso!
Mas nem todos em AVALON HIGH são o que parecem ser... nem mesmo Ellie, como ela logo vai descobrir. Depois de um esbarrão durante uma corrida no parque, os destinos de Ellie e Will parecem estar irremediavelmente entrelaçados.
Ela começa a notar uma série de estranhas coincidências entre o seu cotidiano e a lenda do Rei Arthur – nomes similares, triângulos amorosos, sociedades secretas – mas qual seria seu verdadeiro papel nessa história? Como em Camelot, estariam seus novos amigos fadados a um trágico destino? E pior, o que ela pode fazer para impedir que uma profecia milenar se cumpra mais uma vez?
Misturando fantasia, história e romance, Meg Cabot acerta mais uma vez. Uma versão inteligente e bem-humorada da lenda arthuriana.
Olá novamente pessoal! Como segunda resenha, decidi que iria fazer de um livro que eu amo de paixão e que deve sempre estar na lista do #musthave de vocês: Avalon High.

Digo isso por três simples questões. Primeira, é da diva Meg Cabot; segunda, é baseado em uma história que remota ao fantástico tempo dos cavaleiros e de sua távola redonda–sim, nasci na época errada-; e terceira e última, porém não menos importantes – e todas aquelas que são fãs de Meg vão concordar- vocês irão se deparar com mais um protagonista instigante, lindo, romântico, mas totalmente bem enturmado, Will Wagner.

Faz algum tempo que tenho esse livro em minha estante. Desde que pus os olhos nele, senti aquela vibração, que só aqueles viciados no folhoso conhecem, e disse: É esse. Pois é, foi ele. Com um começo extremamente detalhista, somos apresentados a Elaine, uma garota super normal que tem como pais dois professores de história, especializados na lenda que baseia o livro, a Lenda do Rei Arthur, e que tem como passa-tempo correr.

Quando se muda para outra cidade devido ao trabalhado de seus pais, é apresentada ao incrível mundo de Avalon. Tudo começa a se encaixar e fazer sentido quando ela conhece o belo Will em uma de suas andanças. Com o passar do tempo, cada peça vai se encaixando no complexo dominó da sua realidade e ela se vê com a vontade de impedir que a lenda se torne real, porém não poderia contar que outros tivessem o pensamente exatamente oposto e se pusessem como obstáculos para a salvação de quem tanto ama.

Verdadeiramente, um clássico. Não sei porquê tenho uma queda abrupta pelo romance histórico e tê-lo com a pitada certa de modernidade que só a Meg poderia dar, então.. ufa! De tirar o fôlego! Recomendo com nota 10 para todos aqueles que como eu, começaram a se apaixonar pelo estilo de escrita de uma das escritoras mais aclamadas pelos adolescentes dos últimos tempos. Tanto diagramação quanto capa perfeitas! Parabéns Galera Record! Tenho que admitir que adoro tanto o livro que tenho meu exemplar de 2007 com metade da capa devorada pelo meu querido segurança particular canino, Apolo, que, em sua juventude, selecionou parte de minha biblioteca para satisfazer a costumeira coceira sentida com os seus novos dentinhos assassinos.

Travessuras do meu pequeno Chuck à parte, chegou a parte chata. Mas, calma! Não estou falando do livro, mas sim do seu homônimo que foi sua transformação em filme. Sinceramente? Não gostei. Modificaram muita coisa e, apesar de ter Britt Robertson como Ellie e Gregg Sulkin como Will, dou nota 6 e olhe lá para ele. Bem, assistam quem quiser.. Mas, por favor, após o livro! Quanto a continuação, há de fato, mas é em quadrinhos e bem, nunca tive a oportunidade nem a vontade de ler. Para mim, bastou somente o livro. Bom final, sem pontas soltas. Melhor assim.

Trailerzinho:


Um beijo grande e que a criatividade nunca lhes falte,

18 Comentários:

Anônimo disse...

Já li livros de várias categorias, mas eu nunca gostei do tipo romance. Nunca ouvi falar sobre MEG CABOT, no entanto esse livro me pareceu bem interessante. AVALON HIGH. ROBERTO ARAÚJO

Dana Silva disse...

Oi Pam! Adorei a resenhaaaaa!! Sempre fui doida pra ler esse livro, agora preciso mesmo rsrsrs beijosss! Dana

Jamilen de Paula disse...

Pam amei a resenha ^.^
Falou em Meg Cabot, to dentro... uma de minhas autoras preferidas
São poucos os livros dela que eu não gostei (tenho a meta de ler todos eles)
Avalon High definitivmente e um dos bons!
O mistério de porque Elie se sente tão atraída por Will, a meio revolta dela com os pais enquanto historiadores, o professor que tem uma relação com tudo...
É tão interessante essa história... uma das minha preferidas da Meg

Priscila Siqueira disse...

Pam menina, eu e meu amor eterno por livros históricos e ainda de Meg? OMG entrou na minha lista =)

Mariaeqv disse...

adorei !!! Vou ler com certeza!

Géfani Coeli disse...

adooorei a resenha, ja assisti o filme e n sabia q tinha o livro :~~ vou ler o livro depois da nota q Pâmela deu ao filme, fiquei indignada ;// quero ver se o livro é tão bom assim.. kkkkkkk

Maa_delima disse...

Eu assisti só o filme e perdi a vontade de ler , mas meg é meg então quem sabe um dia ") Sua resenha está mara !

Nica disse...

Meg Cabot é diva!!!

Todos os livros dela são bons!

Ótima resenha!

Um beijo,
Nica

Thalita Oliveira disse...

Caramba Pâmela que resenha hein?rsrs', adorei ! Ainda não li esse da Meg e embora ele tenha a capa divina, vamos dizer assim que ele não me chama loucamente 'o' . Quem sabe um dia leia :) .

Que droga que se transformou em um filme ç_ç , não sei você, mas eu particularmente detesto quando transformam um livro que gostei em filme u.u , eu nunca gosto das modificações que os diretores fazem u.u. O pai de uma colega minha já até tentou me convencer a mudar de opinião, mas sou cabeça dura e não mudo nunca e_e . hahaha'.

Parabéns pela resenha :) .

Beijos,

http://cantinhodeuagarota.blogspot.com
@thalita0liveira

Alessandra tapias disse...

Eu não conhecia esse livro!!!!
Adorei!!!
A resenha está espetácular, e por causa dela to indo agora atras dele!!!
Apesar que sendo Meg Cabot não teria como ser ruim, não é mesmo?!
Me avise sempre que tiver resenhas novas!!!

Bjakssssss

Juliana Vicente disse...

Oi. Pâmela eu li poucos livros da Meg até hoje, mas adoro os que li e espero ler muito mais. Ainda não tive o prazer de ler esse livro, mas espero corrigir isso muito em breve.

Beijos

Pollyana Franca disse...

Ficou otima Pâmela!! muito curtido

Pâmela Vital disse...

kkkkkkkk, sim thata.. posso te chamar assim? haha
ja tentaram me convencer, mas nao, eu nao gosto quando transformam também. Principalmente a Disney que modifica tanto! 
Bom, mas fazer o que.. a autora deixa né, e isso é que me deixa revoltada.
Enfim, beijo grande 

Pâmela Vital disse...

LeLe =D haha
brigada pelo comentario =D
avisarei sempre! todos os dias, pra falar a verdade haha
beeijo

Caio Vinicius disse...

Muito bom Pam , ficou tão bom quanto o primeiro, pode mandar mais resenhas pra eu ler =D
beijoo

Paulinha Vitu disse...

Aiinn Adoreiii Pam..Esse livro concerteza vai pra minha lista de livros que precisam ser comprados urgentemente.hahaha
Ahhhh sempre que você tiver mais resenhas dos queridos "folhosos" me avise,ok?
Saudades de tu Pamzinha...
Bjs

Thalita Oliveira disse...

hahahaha', modificar o livro é uó, o engraçado é que todo bookholic reclama disso, mas os diretores parecem que não escutam o_o' , eles usam uma rola no ouvido é ? o_o' /indignação/ haha'.

Beijos

Amanda Melo disse...

confio muito na sua opinião! meg realmente não costuma decepcionar né? já li livros dela, mas esse não!!! será que estou perdendo o melhor livro dela e nem sei? tomara que eu o encontre por aqui! geralmente, os filmes não ficam tão bons quanto os livros, é uma pena mesmo =/ o único filme baseado em livro que não me decepcionou totalmente foi o senhor dos anéis! curti a parte de apolo kkkkkkkk brilhante resenha pâmela, não deixasse uma informação de fora, obrigada pelo trabalho =)

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D