Resenha: Encruzilhada (Ademir Pascale)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

ENCRUZILHADA_1307015689P
Edição: 1
Editora: Literata
ISBN: 9788563586339
Ano: 2011
Páginas: 104

Sinopse - Encruzilhada - Ademir Pascale

Um padre ganancioso, frio e calculista, através de um ritual macabro, liberta um dos cinco príncipes do inferno. Um jovem de dezenove anos passa por problemas amorosos, financeiros e familiares. Um pugilista, cansado de ser humilhado desde a infância, tenta alcançar a fama a qualquer preço. Três pessoas distintas, mas que possuem uma forte ligação. Conheça o livro Encruzilhada, e esteja preparado para adentrar no mais íntimo do Sobrenatural.



Encruzilhada é o segundo romance de Ademir Pascale. O livro conta a estória de Anderson, um pugilista humilhado, Alan, um jovem com problemas financeiros, amorosos e familiares e Bezequiel, que era um jovem padre ganancioso e, numa tentativa de ganhar fama e poder, acabou por libertar um dos 5 principes do inferno, Asmodeus, e é onde tudo começa.

Anderson, um garoto que sempre foi humilhado devido ao seu porte físico, decide dar um basta nisso e tornar-se um pugilista para provar às pessoas que o humilharam que ele poderia ser alguém importante. Num ato impensado, Anderson cede à tentação do demônio e vende sua alma em troca de fama, corpo atlético, dinheiro e mulheres. Ele só não sabia das consequências…

Allan, um jovem que vive dia após dia na sua deprimente rotina, apenas de casa para o emprego medíocre, mal remunerado e com um patrão reclamão, passando por uma banca de revistas que é sua principal distração e vive sonhando com o amor de Marina, sua amiga de infância.

Conhecemos então as estórias desses três personagens distintos, quando de repente, tudo começa a fazer sentido. As vidas se cruzam numa rede de traição, mentiras, vingança e pactos demoníacos.

O livro é bem pequeno, tem apenas 104 páginas e a narrativa é muito simples e sem enrolação. Gostei especialmente do fato de a estória se passar no Brasil e das gírias brasileiras estarem bastante presentes em toda a narrativa. Tem a loja de 1,00, o Twitter nosso de cada dia…rs, o famoso “comeu morreu”, etc… Eu gosto muito disso, me sinto bem próxima ao enredo e os personagens. Achei bacana também as referências ao cinema e a música.

O enredo trata de escolhas erradas, religião e fé, bullying, abandono, etc. Claro que escrever livros sobre pactos demoníacos aqui no Brasil ainda é muito complicado, pois é um país mais de 50% católico. Ademir foi feliz na sua escolha e gostei de como tudo foi explorado. Teve cenas chocantes e bem tensas, como a cena de Bezequiel profanando os 10 túmulos…Nossa… me arrepiei demais. Recomendo a leitura para quem gosta desse tipo de livro.

A capa é bem bonita e bem trabalhada, a diagramação está bacana e tem algumas ilustrações em todas as folhas. Não encontrei erros de português mas tem uma troca de nome de personagens. Na página 51 era para ser Allan e colocaram Anderson… enfim… quem estiver mesmo prestando atenção na estória vai dar pra sacar.

Classificação:
4es

4 Comentários:

renato alves disse...

Bela visão sobre o livro.....Eu li e gostei muito.

Pâmela Vital disse...

Danaa!

Pactos demoníacos e coisas do além, sobrenaturais chamam a atenção mesmo, mas ter só 1104 pgs e ainda mais com ilustrações.. Bom, não me dá aquela vibração sabe.. E a capa, bem, pouquíssimas capas desenhadas me dão satisfação para comprar. 

O livro parece ser interessante. Quem sabe depois eu compre! =D 
Sou mais adepta a livro grosso =x

beijo grande

Vanilda Procopio disse...

Em tão poucas páginas tem tudo isso? Que resenha bem escrita, parabéns. Quanto ao enredo, eu particularmente gosto, mas atualmente estou mais para os anjos do que para os demônios. Acho que mais pra frente eu encaro.

Jéssica Campos disse...

Não conhecia esse livro, adoreiii, mais ainda pelo fato de ser de um escritor brasileiro e aparentemente ser tão bom.

Deve ser bem dinâmica a história para ter tanta informação em poucas páginas.

BjsssReading Books and More

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D