Resenha: A Vidente - Hannah Howell

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Título: A Vidente
Autor: Hannah Howell
Edição: 1
Editora: Leya Brasil
ISBN: 9788563066398
Ano: 2011
Páginas: 224


Sinopse
Estamos no século XVIII, na Inglaterra georgiana. Como todas as gerações de sua família, Chloe Wherlocke possui habilidades especiais, e o seu dom é enxergar além da visão física. 
Em 1785 ela prevê a morte de uma mulher que acabara de dar à luz e toda uma trama para atender a motivos escusos. Ao encontrar uma criança abandonada ao lado do corpo da mãe, ela salva o bebê e o cria escondido do mundo. Fazia isso por amor, mas talvez houvesse neste gesto alguma força do destino... 
Com o passar dos anos, Chloe descobre que o encontro com a criança não havia sido uma simples coincidência e nota, pouco a pouco, um desenrolar de acontecimentos que envolviam todos os membros de sua família, num jogo de traições, mentiras e assassinatos. 
Consciente de tudo, ela precisa ser rápida para salvar a vida do pai do menino, o conde Julian Kenwood, e avisá-lo que o filho não morreu. Mas, ao se aproximar da família Kenwood, Chloe percebe seu sentimento de proteção por Julian se transformar enquanto a cada momento tudo fica mais perigoso.

A Vidente foi empréstimo de uma grande amiga minha (obrigada, Bia!!) e eu resolvi ler depois de tanto ela falar como era bom, como eu iria me apaixonar pelo livro e blá, blá, blá.  Fato é que ela estava certa, romance histórico com uma pitada sensual e sobrenatural , aqui estou eu totalmente apaixonada por A Vidente.

Chloe é uma moça bastante especial, ela tem o dom da vidência e foi assim que ela chegou até o pequeno Anthony, que foi mandado pela própria mãe para morrer. Ela então o salva e o cria junto com seu primo Leopold – mais conhecido como Leo- em Londres, onde eles passam a tentar salvar também o pai da criança o Duque Julian (sim temos um nobre e quente) das garras de Beatrice sua esposa, vadia e traidora e seu tio Arthur.

Após mais uma tentativa de assassinato contra Julian ele é levado por Chloe para a casa de Leo onde conhece o filho (que é uma fofura minha gente) que julgava estar morto e fica sabendo dos planos para sua morte. A partir daí ele pensa em duas coisas se recuperar e se vingar da esposa e do tio, a única coisa que ele não contava nesse meio tempo era o desejo implacável que ele passou a ter por Chloe.

Agora vamos analisar a situação, uma moça bonita e com os hormônios a flor da pele (por que sim ela também sente atração por Julian) e um homem charmoso, galanteador e sedutor vocês imaginam o que acontece não é? Sim, eles são flagrados pelo primo dela, Leo, em uma posição vamos dizer um pouco comprometedora. Julian então propõe se casar com a moça, mas será que eles conseguirão segurar o desejo que sentem um pelo outro? E como irão casar se ele ainda é casado com Beatrice? Será que Chloe  aceitará uma união sem amor? E principalmente, será que Julian vai conseguir derrotar seus inimigos? Bem, só lendo para saber.

O que me deixou bem contente é como a autora mostra o desenvolvimento do relacionamento de Chloe e Julian, nada acontece de uma hora para a outra, não é um amor a primeira vista e é exatamente isso que deixa a história mais bonita, delicada e real. A capa do livro é linda e a fita que sai da capa e contracapa dá um toque todo delicado e especial, a edição está impecável.

Esse livro é perfeito e é o primeiro da trilogia Irmãs Wherlocke  A Vidente, A Sensitiva e A intuitiva  provavelmente nas próximas semanas eu traga as resenhas dos outros dois livros que completam a trilogia.
Não tem com ser diferente e A Vidente leva 5 estrelas e meu amor eterno ao pequeno Anthony.

Classificação

13 Comentários:

Ana Caroline disse...

Eu sou uma pessoa muito curiosa para ler esse livro, acho que é a primeira resenha dele que leio e gostei muito!
Agora quero ler mais haha

Beijos

Ana Caroline
nossocdl.blogspot.com

Thais Priscilla disse...

Eu tinha vontade de ler mas agora não tenho mais, infelizmente :/

Beijinhos,Thais P.http://thaypriscilla.blogspot.com

reginavares disse...

Parece daqueles livros que a gente começa e não consegue mais parar até saber o final...

Vanilda Procopio disse...

Passou a ideia de um enredo interessante e bem construído. Fiquei com vontade de ler, sim. Você escreveu um texto muito bom. Bela resenha.

Dana Silva disse...

Adorei a resenha! Eu ja tinha vontade de ler esse livro mas esse mocinho aí deu um UP na minha vontade kkkkkkkkkk Parabens pela otima resenha Priscila! bjossss

Dana Silva disse...

Concordo! A resenha está muito bem escrita mesmo! bjs

Bruna disse...

Mais um livro q eu tenho e agora crio vergonha na cara pra ler =D
Otima resenha

Ana Beatriz disse...

Por nada, amiga! *abraaaaaaça*

Eu devorei toda essa trilogia nas férias :D é uma história mais linda que a outra..super indico tbm :) hihihi

e é verdade, o Anthony é muito fofonildo e o Julian *abaaaana*

Resenha linda, amiga <3 parabéns!

bjooo!

Maa_delima disse...

Morrooo de vontade de ler esse livro , que por sinal será a resenha da minha colunista de hj ") Otima resenha.

Patricia Andrea Peña disse...

Gostei de A Vidente, mas até agora o melhor livro da série é A Sensitiva ;) (Na minha opinião).
Estou ansiosa par ler O Escolhido!!!
A Hannah Howell é uma ótima escritora, os romances históricos dela são ótimos.
Beijinhos, 
 @PatriciaADavis 

KassiaCrislayne disse...

Quero muito ler essa série, está na minha lista de desejados e de leitura! rsrs

Bjs.

Rair Ângelo disse...

Mais uma vez, uma ótima resenha acerca de uma boa leitura !!!

Danielle CGA Souza disse...

Eu liiii, e tb me apaixonei... realmente a maneira como eles se apaixonam é linda e nada surreal e instantânea... adoro as leves implicâncias.... e gostei muito do primo Leo... Anthony quando aparece rouba a cena... e adorei quando a família do Julian acabou reunida... família maluquinha vem desde tempos longinquos... kkkk

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D