Resenha: A Intuitiva - Hannah Howell

sábado, 3 de março de 2012

Livro: A Intuitiva
Autor: Hannah Howell
Edição: 1
Editora: Lua de Papel

ISBN: 9788563066701
Ano: 2011
Páginas: 224Edição: 1
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066701
Ano: 2011
Páginas: 224

Sinopse: UMA HISTÓRIA SOBRE COMO O PODER DO DESTINO E DO DESEJO PODE REALIZAR COISAS APARENTEMENTE IMPOSSÍVEIS. Estamos na Inglaterra, no século XVIII. Assim como a maioria de seus familiares, a bela e jovem Alethea Vaughn Channing possui dons especiais. Desde pequena ela tem visões recorrentes de um homem desconhecido. Passados 15 anos desde a primeira visão, ela prevê um risco iminente de morte. Ela precisa encontrá-lo, contar sobre sua visão e convencê-lo de que corre perigo… Mas quem acreditaria numa estranha com uma conversa dessas? Ainda sob um ceticismo inicial, ele percebe sinceridade na desconhecida e, agindo emocionalmente, decide acreditar na estranha para tentar novamente descobrir o paradeiro de seus dois sobrinhos, que desapareceram após a trágica morte de sua irmã e do esposo. Durante essa busca, começa então a florescer uma forte admiração entre os dois, até surgir a perigosa Claudete, uma antiga amante de Hartley, e que Alethea descobrirá estar entre as pessoas mais ameaçadoras da alta sociedade de Londres. Então, a sua vida também passa a correr perigo e ela precisará mais do que nunca de seus poderes para garantir a sua segurança.

O livro dessa semana é o terceiro da trilogia da Hannah Howell e fecha meu ciclo com ela, por enquanto. Adorei conhecer  os livros dessa autora que sabe misturar sobrenatural,romance e sensualidade como ninguém.

Em A Intuitiva nós vamos conhecer Alethea que desde os cinco anos tem visões com um homem que tem rosto, mas não tem nome. Ela é viúva e mora nos arredores de Londres e um certo dia ela tem mais uma de suas visões arrebatadoras na qual ela vê o homem misterioso ser morto e embarca em uma busca desenfreada por Londres para evitar esse assassinato.

Com a ajuda de seu tio Iago, Alethea descobre que o homem misterioso na realidade é  Hartley Radgroove um homem com fama de conquistador , que trabalha para o governo e é cético.  Ela o encontra e de início ele não acredita que ela possa realmente vê-lo, porém após Alethea ter uma visão de seus sobrinhos desaparecidos que Hartley julgava já estarem mortos, ele passa a se aproximar dela para encontrar os culpados pela morte do cunhado e o desaparecimento dos sobrinhos. Nesse meio tempo eles se envolvem sexualmente, o que causa a ira de Claudete, suposta amante de Hartley.

Nesse livro aparecem alguns personagens dos livros anteriores, como Chloe e Penélope, protagonistas dos livros anteriores, Anthony (sim, dei gritinhos quando meu menino dos cabelos bonitos apareceu),  Leo,  Argus e alguns outros.  É uma experiência bem legal poder reencontrar alguns desses personagens novamente e uma grata surpresa.

Todo o livro é muito bem construído, apesar de ter quase o dobro de personagens dos anteriores e com algumas tramas bem mais complexas. A grafia é impecável e a capa um arraso de linda.

Por isso mais uma vez Hannah Howell leva as cinco estrelas e um coração ansioso para o lançamento de O Escolhido.

Classificação

| comente (:

Maa_delima disse...

Morro de vontade de ler essa série ! 

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D