Resenha: Amante Sombrio (J.R. Ward) IAN - #01

segunda-feira, 30 de abril de 2012

AMANTE_SOMBRIO_1284411699P
Edição: 1
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788579300820
Ano: 2009
Páginas: 448

Sinopse - Amante Sombrio - Irmandade da Adaga Negra, Livro 1 - J. R. Ward

Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.
Vou começar a semana #IAN aqui no blog, será uma semana inteira, só dedicada à Irmandade da Adaga Negra. Começo então com Amante Sombrio, divirta-se, apaixone-se e delicie-se!

Nossa, não sei nem como começar uma resenha sobre a Irmandade da Adaga Negra, essa série que me conquistou logo nas primeiras páginas de Amante Sombrio. Estou revoltada comigo mesma porque não li antes, afinal, os livros estavam há meses na estante.

Somos apresentados à Irmandade da Adaga Negra, vampiros guerreiros que se dedicam a lutar para proteger a espécie dos vampiros que está ameaçada pela Sociedade Redutora, humanos sem alma e sem coração, que seguem o Ômega, equivalente ao nosso “diabo”. Em cada livro iremos conhecer a história e o drama de um guerreiro. São eles: Wrath, Rhage, Zsadist, Vishous, Phury, Tohrment e Darius.

Neste livro conhecemos a história de Wrath, guerreiro forte, último de sua linhagem, o último de raça pura que por lei, deveria ser o rei dos vampiros, mas tem um problema: ele não quer reinar. Quando Darius, um de seus irmãos da Irmandade da Adaga Negra morre, não resta outra alternativa à Wrath, se não, atender o último pedido do guerreiro falecido: Cuidar de sua filha mestiça que desconhece o mundo dos vampiros e não faz idéia do que está prestes a acontecer com seu corpo e seu destino, quando a transição se aproxima.

Quando Wrath começa a visitar Beth Randall à noite, logo uma poderosa atração mútua é estabelecida. Beth não resiste àquele corpo alto, forte, àquele rosto duro e olhos que ele nunca a deixa ver, sempre por trás daquelas lentes de óculos escuros. Então Wrath cai nos encantos da fêmea e ambos se entregam totalmente a uma paixão avassaladora.

Claro que eu achei que tudo foi rápido demais, foi tudo do medo à paixão e em seguida ao amor muito rápido, enfim, acho que ainda estava me acostumando com a intensidade com que esses vampiros sentem as coisas. Quando se trata de seus objetos de desejo, ou seja, suas shellans, eles são verdadeiros animais, capazes de matar qualquer um que ofereça o mínimo de ameaça às suas amadas. É interessante também ver como eles se assemelham aos animais, para eles é macho, fêmea, cio, etc.

Adorei a forma da narração, em terceira pessoa. Conseguimos ver o ponto de vista de vários personagens e saber como cada um pensa. Odiei todas as partes narradas pelos redutores. CHATO demais. A Virgem Escriba é uma bitch! Pelo menos no primeiro livro, depois ela vai ficando melhorzinha. O humor irônico presente no livro também é demais. Eu adorei! Apesar de ser bem erótico e cheio de ação, a leitura é absurdamente leve e flui de forma impressionante, você é fisgado rapidamente e logo se vê sem condições de largar o livro até ter terminado.

Defeito da edição brasileira: Suavizado DEMAIS. Peguei os ebooks originais para comparar e NOSSA! Gritante a diferença. Eles falam muito: filho da mãe, quando deveriam dizer: filho da puta mesmo! Caraca ou Caramba, quando querem dizer Caralho! As cenas de sexo apesar de serem bem tórridas e eróticas, foi tudo muito suavizado. Gente, os livros são completamente adultos. Não precisa se fazer de rogado e falar “poxa” ao invés de “porra”…rs Acho que a Editora deveria colocar uma tarja no livro informando que a leitura é desaconselhável para menores de 18 anos e traduzir dignamente para nossa alegria.

Super recomendado. Em breve resenha de Amante Eterno.
Classificação:

11 Comentários:

Mateus Bandeira disse...

Oi, Dana!
Eu adoro a série Irmandade da Adaga Negra. Só li os dois primeiros, mas super recomendo. Uma das poucas séries de vampiro que tem um grande embasamento e muuuuuuuito drama, pra quem gosta! Me diverti pra caramba, e espero poder ler os outros da série muito em breve!
Beijão!
Mateus Bandeira
Our Vices

KassiaCrislayne disse...

Infelizmente, apesar de eu querer muito que isso aconteça, acho que vai ser bem complicado pra editora traduzir corretamente e colocar essa tarja para maiores, visto que no nosso país seria pedir pra sofrer preconceito. A série é estupenda! Adoro a Beth, uma vampira forte, corajosa e decidida, que não se deixa abalar pelo rei da raça!

Bjs.

Dana disse...

Por quê seria complicado colocar a tarja? A Intrinseca vai colocar em Fifty Shades of Grey. E vai traduzir FIELMENTE, segundo a Helô falou pra mim e pra Liliana durante o nosso almoço. =D Acho que venderia bem MAIS! visto que o que é "proibido" é melhor. :p

Dana disse...

Oi Mateus! 

Nossa, lê logo os outros, é muito bom! To completamente viciadaaaaaaaa!! rsrs li os 6 primeiros em 10 dias contados. Bom demaissss!

KassiaCrislayne disse...

Sabe os livros de banca? Conheço várias pessoas que acham que é pornografia (e têm preconceito) somente porque tem um homem na capa. Quando eu disse complicado, quis dizer que o preconceito aos livros poderia existir pois já teria a confirmação de que é um livro adulto. Embora isso não mude a minha compra pois tenho todos e continuarei comprando! =D

Priscila Siqueira disse...

Precisei comentar pq olha viciei legal na série e já comecei a viciar as amigas tbm pq se eu sofro todas tem que sofrer tbm...aguardo ansiosamente o #IANDay e as próximas resenhas

Clarissa Santos disse...

OI Dana! :)
Adoreeei a resenha! Minha empolgação com IAN só aumentou :D Agora to aqui na vontade de comprar todos os livros (quando eu não posso fazer isso) e ler tudo antes do evento! huahhauauha

Marilia Kelvia disse...

Dana, agora tô na maior duvida se leio ebook ou os livros, comprei os 3 primeiros e o amante meu, mas se tá tudo tão diferente prefiro o a tradução mais fiel. bjs

Kel Costa disse...

Fico chocada ao saber que as cenas de sexo foram suavizadas, pq elas já são pra lá de hot hauhauhaua
Amo IAN apesar de só ter lido os dois primeiros, mas queria ter tempo para poder pegar 1 por 1 e ler todos assim, numa tacada só!

Bjs, Kel - www.itcultura.com

Dana disse...

Marília, acho que tanto faz pois até os ebooks traduzidos estão meio suavizados, agora os originais em ingles, é um festival de palavrões kkkkkkkkkkkkkkkkk 

Dana disse...

Então leia logo Clarissa, com certeza você não vai se arrepender! bjs

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D