Resenha: Assassin's Creed - Irmandade (Oliver Bowden)

sábado, 21 de julho de 2012

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501095749
Ano: 2012
Páginas: 392
Tradutor: Ana Carolina Mesquita

Sinopse: Roma, outrora poderosa, jaz em ruínas. A cidade está impregnada de sofrimento e degradação, os seus cidadãos vivem sob a sombra da impiedosa família dos Bórgia. Apenas um homem poderá libertar o povo da tirania Bórgia: Ezio Auditore, o Mestre Assassino. A demanda de Ezio irá testá-lo até aos seus limites. César Bórgia, um homem mais malévolo e perigoso que o seu pai, o Papa, não descansará enquanto não tiver conquistado Itália. Nestes tempos tão traiçoeiros, a conspiração está por todo o lado, até no meio da própria Irmandade...


Para ler a resenha de Assassin's Creed: Renascença clique AQUI.

Irmandade começa bem onde Renascença termina, com Ezio na Capela Sistina enfrentando o líder dos Templários, Rodrigo Bórgia, Papa Alexandre VI. 

Depois de uma batalha bem sangrenta com o líder dos Bórgia, Ezio Auditore retorna para Monterrigioni para dar início às suas estratégias para derrubar a família Bórgia, que quer a todo custo dominar Roma. O corpo (?) de Rodrigo misteriosamente desapareceu da Capela, levando os Assassinos a crerem que ele não morreu. Tudo parece muito tranquilo na cidadela de Mario, tio de Ezio e atual líder da Irmandade dos Assassinos, mas um terrível ataque inesperado instala o caos na cidade e Ezio terá que providenciar a evacuação da cidade o mais rápido possível e tentando salvar o maior número de pessoas. 

O que Ezio e os Assassinos não esperavam é que quem comandaria esse avançado e desenvolvido exéricito seriam Cesare e Lucrécia Bórgia, filhos de Rodrigo Bórgia, conhecidos por sua crueldade e impiedade, e considerados duplamente piores do que o pai. Caterina Sforza que havia decidido unir forças com a Irmandade, foi sequestrada pelos Bórgia e nosso já velho conhecido Leonardo da Vinci agora é forçado a trabalhar para o Cardeal Cesare Bórgia. 

Não vou falar mais nada do enredo porque spoiler, ninguém merece. Continuo sendo fã da série Assassin's Creed, não consigo definir se gostei mais do primeiro ou do segundo livro, acredito que não há melhor nem pior, os dois se completam para transformar esta, em uma das histórias mais alucinantes da atualidade. 

Irmandade é ação do início ao fim, literalmente, da primeira à última página. Bowden nos presenteia com personagens apaixonantes e bem construídos, que nos proporcionarão horas de puro entretenimento. Quando você começa a ler este livro, bem como o primeiro, não consegue mais parar até concluir a leitura.

Muitas cenas de ação, a violência é bem mais do que no primeiro, inclusive as cenas de mortes, o autor narra com uma riqueza de detalhes que é quase possível ouvir o barulho de espadas cortando gargantas. Temos também muitas situações decisivas. Traição, paixão, lealdade, são elementos em abundância neste volume. Ezio terá que descobrir quem são seus verdadeiros aliados, pois até dentro da Irmandade existem traidores. 

Super recomendado. Se você já jogou algum jogo da franquia Assassin's Creed, vai adorar conhecer um pouco mais dessa história cheia de intrigas e jogos de poder e ganância.

Classificação: 

7 Comentários:

Sabrina Castro disse...

Como eu quero esses livrooooooooos... *O*
Estão na minha lista fez tempo, mas ainda não deu para comprar! =/

Dana Silva disse...

nossa, pois compra viu porque sao muito bonssss! ja quero o 3º!!! bj

Carolina Durães disse...

Bom dia Dana, tudo bem? Os livros dessa série já estão na minha listinha de desejados!! Cada vez que eu leio uma resenha fico mais interessada neles..
Parabéns pela resenha!
Beijos

Camila palmeira disse...

Ola, estou querendo ler essa série de livros, mais ainda não deu.. Ele parece ser ótimo, sua resenha está ótima tb, me deu mais vontade de ler..


Adorei seu blog
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

beijos, passa lá

Mariana Diaz disse...

Ainda não tive a oportunidade de ler o primeiro livro da serie, mas meu namorado leu e adorou! *-*
Tenho o primeiro aqui na minha estante, mas a coragem de ler anda me faltando.
Estou precisando de um livro com mais ação para me animar ultimamente... Vai ser meu próximo livro! \o/

Danielle CGA Souza disse...

Não li o primeiro...nem mesmo resenha dele... mas gostei bastante da sua resenha, a ponto de querer ler!!!
Esse Ezio não está para brincadeira e estes herdeiros são mesmo do mal... cruzes...
Deve ser um livro bem movimentado!!! Adorei!!!

Fábrica dos Convites disse...

Infelizmente ainda não li esta série, mas acho as histórias ótima, tomara que consiga ler logo.
Bjs, Rose.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D