Resenha em Dose Dupla da @BertrandBrasil: Um Beijo do Destino e Magia Roubada (Mary Jo Putney) The Guardians #01 e #02

terça-feira, 17 de julho de 2012

Um Beijo do Destino
Mary Jo Putney
Sinopse: 

Líder de um poderoso e ancestral clã escocês, Duncan Macrae está determinado a dar um fim aos históricos conflitos entre a Escócia e a Inglaterra. Senhor do Trovão, detém os poderes secretos de um Guardião — ser humano com capacidade mística para controlar as forças da natureza e ler o coração das pessoas. E quando conhece a jovem e independente viúva inglesa Gwyneth Owens, seu espírito ardente é irremediavelmente atraído por uma paixão que colocará sua lealdade à Escócia contra seus votos como Guardião e ameaçará tudo que ele mais ama. Enquanto as duas poderosas nações e o destino travam seu embate, Gwynne e Duncan precisam levar seus poderes e paixões além dos limites mais proibidos, para salvar o amor e proteger o futuro.

Quando comecei a ler esse livro fiquei com um pé atrás, achei fantasioso demais.  Só que a autora no decorrer da leitura me conquistou.  Muitos dos fatos são explicados com tal clareza de detalhes que você se apaixona pela história dos Guardiões.

Os guardiões são pessoas com capacidades mágicas diversas. Como magos eles comprometem-se a manter a paz e a união. Com uma guerra iminente resolvem, como precaução, unir Duncan e Gwynne já que o poder dele é muito grande. Como se houvesse alguma necessidade dessa intervenção do conselho. 

Quando Duncan e Gwynne conhecem-se, ambos entram em combustão. A química é irresistível, e ela claro, tenta evitar. Só que o amor sucumbe. E o amor de ambos será posto à prova quando um pretendente ao trono dá inicio a uma guerra civil.

Duncan e Gwynne se vêem em uma posição delicada. Apesar de Duncan ter jurado lealdade ao Rei George, do outro seu coração clama pela liberdade e independência da Escócia. Gwynne terá que decidir se trai seu marido ou se deixa que ele interfira na revolta podendo ser responsável por uma batalha sem fim.  Gostei muito. A história de amor deles é muito bonita, assim como a sua força. Adoro mocinhas resolvidas como Gwynne. Leiam.


Esse é o primeiro livro da série Os Guardiões (The Guardians). O segundo acabou de ser lançado no Brasil, Magia Roubada.


Magia Roubada
Mary Jo Putney

 Sinopse: 
Um romance de fantasia, mas também repleto de detalhes históricos sobre o período Iluminista. Presença constante nas listas de mais vendidos do New York Times, Wall Street Journal e Publishers Weekly, e vencedora de prêmios literários importantes, Mary Jo Putney apresenta seu segundo livro no Brasil: Magia Roubada. Uma trama em que a magia e a ciência se encontram e onde o amor e as obrigações se enfrentam. O universo mágico está de volta com todo o romance e a aventura que encantaram os leitores em Um Beijo do Destino.
O universo mágico, situado na exuberante paisagem londrina do século XVIII, agora é retomado pela incrível história de Simon Malmain, o duque de Falconer. Magia Roubada possui personagens bem-desenvolvidos e uma trama que deixa o leitor a todo o momento tenso com uma possível reviravolta. Putney alia amor, erotismo e ficção científica na medida certa, criando um livro que agradará tanto os fãs românticos quanto os fanáticos por fantasia. Quando lançado em 2005, o livro foi considerado um dos dez melhores romances do ano pela Booklist, além de concorrer ao Romantic Times Award. 

Definitivamente continuo fã de Mary Jo. O livro, a meu ver (e creia é difícil eu falar isso sobre a continuação de uma série) superou o primeiro. Muito bom. Muito bom mesmo. No começo, assim como eu disse em O Beijo do destino, o livro é fantasioso demais. Imaginem um Duque que por um feitiço consegue transformar-se em um unicórnio. Surreal. E maravilhoso ao mesmo tempo. Graças a esse feitiço ele conhece Meg. Meg é uma maga poderosa que está à mercê de um sádico que só almeja o poder, e que a seqüestrou na sua adolescência para usar seu poder em beneficio próprio. Devido a alguns encantamentos a mocinha fica irreconhecível.

Após ajudar Simon a fugir, despretensiosamente ela consegue reverter o feitiço e o transforma novamente em homem. Simon de volta a forma humana consegue derrubar os encantamentos de Meg transformando-a em uma bela moça. Ambos agora estão atados a resolução desses problemas já que parece que Meg é a única que consegue transformar Simon em homem novamente.

A história é linda. Rica em detalhes. Simon é um gentleman de marca maior. Fiquei sua fã. Quero um duque charmoso igual a esse na vida real. Estou ansiosíssisma pela sequencia da série Os Guardiões, pois quero muito saber algo mais de Simon e Meg, já que a autora nos brindou nessa sequência com um pouco de Duncan e Gwynne. Leiam e deliciem-se com esse livro surreal e maravilhoso.


Por Liliana Rodrigues

8 Comentários:

Carolina Durães disse...

Bom dia Dana, tudo bem? Eu já tinha lido as sinopses desses livros e lido críticas positivas também... O que eu mais estranhei na verdade foi a história do unicórnio do segundo livro. Talvez por ser diferente do que eu estou acostumada a ler rs. Mas achei as sinopses interessantes.
Parabéns pela resenha.
Beijos

Juliana Vicente disse...

Ainda não tive o prazer de ler os livros dessa série. Adorei a resenha, pois você conseguiu me passar parte da magia que está nos livros.


Adoro um bom Duque, mas nunca li um que se transforma em unicórnio... rs


Beijos

Gracy Ursulino disse...

Quero ler muitooooooooo!!!!

Jeh Polato disse...

Ah, tão bom quando a continuação é tão boa ou melhor que o primeiro livro.
Não conhecia a série, mas me interessei pela história. E estou até curiosa para ler.
Porque quero saber o quão fantasioso são esses começos de livros..rs

Bjinhuxxx
Eu li e Divulgo

Danielle CGA Souza disse...

Ah que lindooos!!!
Eu gostei mais do segundo... a estória em si me encantou. Apesar de que fala sério... um unicórnio?! Isso é que é viagem. hahaha
Mas ela pelo visto é uma maga das boas e consegue ajudá-lo e e quebra se apaixonam!!! Já me conquistou sem dúvida.
Impressão minha ou são livros independentes? (apesar de serem uma saga, tenho de ler o 1 primeiro?)

Patricia Andrea Peña disse...

Olá Dana!
Eu gostei muito de Um Beijo do Destino e com certeza vou amar Magia Roubada, a Mary Jo escreve muito bem, também já li dela O Conde Cigano, muito bommmmmm
Bjs,
@PatriciaADavis

Paula Alves disse...

Já quero!!!! Amo esse tipo de livro!!!

Anne Viana disse...

Ainda não li nenhum mas me interessei mt pelas sinopses..aiinnnn goooood mais uns pra minha lista de compras =P

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D