Resenha: Fios de Prata (Raphael Draccon)

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


Fios de Prata 
Autor: Raphael Draccon
Edição: 1
Editora: LeYa
ISBN: 978580445961
Ano: 2012
Páginas: 352
Sinopse - Fios de Prata - Reconstruindo Sandman - Raphael Draccon. Mikael Santiago realizou o sonho de milhares de garotos. Aos 22 anos era o jogador brasileiro com o passe mais caro da história do futebol. Mas à noite os sonhos o amendrontavam. Às vezes, o que está por trás de um simples sonho – ou pesadelo – é muito maior que um desejo inconsciente. Há séculos, Madelein, atual madrinha das nove filhas de Zeus, tornou-se senhora de um condado no Sonhar, responsável por estimular os sonhos despertos dos mortais. Uma jogada ambiciosa que acaba por iniciar uma guerra épica envolvendo os três deuses Morpheus, Phantasos e Phobetor, traz desordem a todo o planeta Terra e ameaça os fios de prata de mais de sete bilhões de sonhadores terrestres. Envolvido em meio a sonhos lúcidos e viagens astrais perigosas, a busca de Mikael pelo espírito da mulher amada, entretanto, torna-se peça fundamental em meio a uma guerra onírica. E coloca a prova sua promessa de ir até o inferno por sua amada.

Desde que soube do lançamento de Fios de Prata, (Raphael Draccon, Editora LeYa, 350 páginas) eu quis lê-lo. Raphael já é conhecido por seu talento nato em escrever livros de fantasia e consagrou-se com a série best-seller Dragões de Éter. 

Fios de Prata - Reconstruindo Sandman é uma história incrível de um homem capaz de fazer qualquer coisa pela mulher amada, inclusive ir ao inferno para resgatar sua alma, passando por uma guerra que envolve poderosos deuses e milhares de sonhadores.

Mikael Santiago, Allejo, é um famoso jogador de futebol, o melhor do mundo, com tanto talento que até sugere-se que este não seja natural. Mikael tem fama, dinheiro, influência, fãs por todo o planeta e nenhuma paz de espírito no que se refere a sonhos. Mikael vem tendo pesadelos terríveis há pouco mais de um ano. Pesadelos estes que ocorrem em locais que ele desconhece e envolvendo criaturas igualmente estranhas. Mal sabe ele que está no meio de uma batalha no Sonhar. 

Ariana Rochembach é uma ginasta de apenas 19 anos que acabara de se tornar revelação mundial em virtude de um movimento que apenas Daiane dos Santos havia conseguido anteriormente. Ariana é a nova campeã mundial de ginástica artística. 

E então os dois se conhecem... e se apaixonam...

"Foi quando ela caminhou na direção dele. E sorriu para ele. Allejo era um jovem confiante, e sabia o que dizer às mulheres que lhe interessavam quando elas sorriam para ele. Algumas dezenas de modelos e atrizes que o digam. Mas ali, ali era diferente. Porque quando Ariana Rochembach sorriu para ele, ele simplesmente não soube mais o que dizer." 

O Romance dos dois é a coisa mais fofa, apesar de não ser o foco principal do livro. Fios de Prata é uma  ficção riquíssima tanto em detalhes e descrições quanto em pesquisa. A obra mostra que realmente Draccon fez uma pesquisa extraordinária para escrever esta história. 

O Sonhar é o mundo para o qual todos vamos quando caímos em sono profundo, quando sonhamos. Por conta de uma trapaça de Morpheus, milhares de sonhadores passam a aclamá-lo como Senhor dos Sonhos, o que causa a inveja e a ira dos outros deuses. Em uma jogada para subir de posição, Madelein, Senhora dos Sonhos Despertos acaba iniciando uma guerra envolvendo os três grandes deuses: Morpheus, Phantasos e Phobetor, o que fomenta uma desordem no mundo todo, pondo em risco os fios de prata de milhares de sonhadores. 

A narrativa é um pouco lenta no início, até que você se habitue ao Sonhar e a todos os nomes "estranhos". Depois fica quase impossível largar o livro até concluir a leitura deste. Raphael descreve tão meticulosamente cada detalhe que consegue nos transportar até o Sonhar e vivenciar junto com Allejo suas aventuras no Reino do Sonhar. 

A capa é muito bonita e a revisão, assim como a diagramação está impecável. Gostaria de parabenizar à Editora pelo belíssimo trabalho gráfico realizado neste livro, é de encher os olhos. Se eu não conhecesse o talento de Draccon, com certeza este seria um livro que eu compraria pela capa. Recomendo a leitura para aquelas pessoas que são fãs de fantasia, e para aquelas pessoas que ainda não acreditam que escritores nacionais possam escrever fantasia tão bem quanto os "gringos". O Brasil tem sim escritores de ficção de altíssima qualidade e Raphael Draccon está aí para provar isso. 

Classificação:


4 Comentários:

Carolina Durães disse...

Bom dia Dana, tudo bem?
Eu ainda não li esse livro, mas estou super curiosa com ele. Adoro a trilogia dragões do éter, então não vejo a hora de ler mais uma obra do autor.
Adorei a sua resenha, que só aumentou a minha curiosidade.
Beijos

Danielle CGA Souza disse...

Eu não conhecia esse autor, mas desde as divulgações o livro me ganhou pela capa, que é linda... bem eu não tenho preconceito com autores brasileiros, muito disso deve ser graças à escola que me apresentou livros paradidáticos brasileiros muito geniais que até hoje guardo e releio. =)
Gostei demais da resenha pq aumentou meu desejo de conferir a estória. Gosto de livros que envolvam sonhos, por isso me encantei por O sonho de Eva. E pelo visto Fios de prata deve ser espetacular por conta da batalha dos sonhos... que perigoso e estimulante. E tb por envolver deuses... caramba adoro quando envolvem mitologia. Já tem muitos pontos em favor. =)

rusher cover girl ♔ disse...

Agora que eu quero ler esse livro, HAHAHAHA *-* Parabéns pela resenha!

Lorena Rodrigues disse...

Nunca li nenhum livro do Draccon, infelizmente. Mas quero comprar Fios de Prata ogo, logo. Vejo muitas resenhas positivas e minha curiosidade só aumenta!
Ótima resenha como sempre, Dana
Beijos

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D