Resenha: Scarpetta (Patricia Cornwell)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Título: Scarpetta
Autor: Patrícia Cornwell
Edição: 1
Editora: Paralela
ISBN: 9788565530019
Ano: 2012
Páginas: 384
Tradutor: Julia Romeu

Preço: R$ 34,50

Sinopse: Uma anã chamada Terri Bridges é estrangulada em seu apartamento em Manhattan e a polícia, após descobrir duas outras vítimas que morreram em circunstâncias parecidas, acredita estar lidando com um assassino em série. Oscar Bane, o namorado de Terri é o principal suspeito, mas para cooperar ele faz uma exigência: ser examinado pela famosa médica-legista Kay Scarpetta. Após decidir se envolver no caso, Scarpetta descobre que terá que trabalhar lado a lado com seu ex-colaborador Pete Marino, de quem não tem notícias desde que ele quase a estuprou. Para piorar as coisas, tudo o que aconteceu entre Scarpetta e Marino vai parar na internet, graças a um site de fofocas escrito por um colunista perverso e misterioso. Scarpetta e sua velha equipe vão ter que deixar as mágoas para trás e decifrar dois enigmas: quem é o assassino de Terri Bridges e como um colunista virtual pode saber tanto sobre suas vidas.

Oi gente!!

Essa semana, finalmente, eu conclui minha leitura de Scarpetta, de Patrícia Cornwell. Esse livro foi a Dana que escolheu para mim numa sexta feira a noite em que estávamos conversando e eu estava reclamando dizendo que não queria mais ler nenhum livro de romance e então ela me mandou a sinopse do livro e eu achei interessante, quinze dias depois o livro chegou às minhas mãos.

A Dra. Kay Scarpetta é médica  legista forense, famosa e casada com o psicólogo forense Dr.Benton, Kay tem um passado conturbado. Depois de quase ser estuprada pelo ex-parceiro, o policial Pete Marino, as coisas ficaram estranhas entre ela e seu marido. Agora mais de um ano depois do acontecido eles vão ter que trabalhar lado a lado novamente para desvendar a morte de uma anã de nome Terri Bridges. O namorado de Terri está sendo acusado do assassinato e exige ser examinado pela Dra. Scarpetta que não sabe, mas está mais envolvida nesse caso do aparenta. O livro é muito bom, cheio de mistérios e até as últimas páginas você realmente não sabe quem é o assassino, várias pistas se confundem e  nada se encaixa até que um simples detalhe faz tudo se encaixar.

A capa do livro é a coisa mais linda, metálica com uns desenhos que lembram buracos de bala, eu achei alguns erros de digitação no livro, e como sou fresca com essas coisas, me incomodaram. E principalmente esse livro é o número 16 de uma série, os outros 16 volumes foram publicados pela editora Companhia das letras só corrigindo a informação, os livros serão reeditados *todas comemora*!!

A ordem cronológica dos livros é:

 SCARPETTA (2012) - Autor
 EM RISCO (2011) - Autor
 LIVRO DOS MORTOS (2010) - Autor
 PREDADOR (2009) - Autor
 VESTÍGIO (2008) - Autor
 MOSCA-VAREJEIRA (2006) - Autor
 A ÚLTIMA DELEGACIA (2005) - Autor
 ALERTA NEGRO (2004) - Autor
 RETRATO DE UM ASSASSINO (2003) - Autor
 FOCO INICIAL (2002) - Autor
 CONTÁGIO CRIMINOSO (2001) - Autor
 CAUSA MORTIS (2000) - Autor
 RESTOS MORTAIS (1999) - Autor
 POST-MORTEM (1999) - Autor
 LAVOURA DE CORPOS (1998) - Autor
 CEMITÉRIO DE INDIGENTES (1997) - Autor
 DESUMANO E DEGRADANTE (1996) - Autor
 CORPO DE DELITO (1995) - Autor

Curiosidade: Essa série da Patricia Cornwell é considerada a precursora da série de televisão CSI: investigação criminal,que estreou nos anos 2000 e que faz o maior sucesso até hoje, originando posteriormente CSI Miami, CSI Nova York.  Para quem não lembra vou deixar a abertura da primeira temporada.

Classificação:

5 Comentários:

Cristiane Silva disse...

Adoro esse gênero e não conhecia o livro. E nem a autora. Gostei, parece ser interessante. Parece ser bom, mas por enquanto estou aqui com meu Harlan Coben e ninguém supera! Fica pra próxima... Ahh, e a curiosidade é bem curiosa mesmo! Que legal saber que esse livro meio que deu origem a CSI (adoro a série).

Danielle CGA Souza disse...

Tb acho tão errado eles publicarem fora de ordem... mesmo os que não têm ganchos, mas eu prefiro ler em sequência... pelo visto a ordem faz diferença para ler este.
Que parceiro ela foi arranjar... homens, tem uns que não valem nada de nada, nem importa que cargo tenham...
Essa situação de ter um blogueiro misterioso e inescrupuloso que divulga algo tão íntimo da detetive só pode ter motivos escusos...
Eu gostei muito da resenha, já estou tendo muitas ideias para o desfecho.

Patricia Andrea Peña disse...

Oi Priscila! Eu fico com raiva dessas editoras de publicarem o livro sem ter em consideração que é uma série! Até onde eu sei Scarpetta é bem famosa mundo afora e para a gente aqui, é mais uma personagem graças a editora. Eu quero ler o livro, mas eu preferiria ler do começo da série, por isso ainda não comprei :(
Bjs,
@PatriciaADavis

Jeh Polato disse...

Oi Priscila..
Comecei a ler toda empolgada a resenha, pensando: "puts, eu quero". Mas ai chego na parte que fico sabendo que esse é o 16º de uma série e não tem os outros lançados.
Nossa, já fiquei com raiva..rs
Só de saber que o livro tem a ver com a série CSI, aumenta o meu desejo de ler.


Adorei o livro.
bjinhuxxx
Eu li e Divulgo
http://euliedivulgo.blogspot.com.br/

Carolina Durães disse...

Oi Priscila, tudo bem?
Pois é, eu sabia dessa história do CSI, infelizmente eu ainda estou esperando publicarem os primeiros livros. Mesmo sendo uma série longa, essa série seria uma das que eu realmente compraria, pois o tema é super interessante e eu acabaria relendo algumas vezes rs
Amei a resenha.
Beijos

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D