Resenha: Um lugar para ficar (Deb Caletti)

terça-feira, 16 de outubro de 2012


Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630199
Ano: 2012
Páginas: 272
Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...

No inicio do livro notamos o quanto é conturbado o namoro de Clara e Christian, apesar de demorar muito para ele realmente aparecer no livro, juro que tinha horas que eu torcia pra que a parte do namoro dos dois entrasse logo na trama, tipo eu preciso urgente saber o que fez essa menina fugir e abandonar tudo.

Christian, era o cara perfeito, super atencioso, carinhoso, e louco (ate demais) pela Clara e ela era apaixonada e ingênua ao achar que tudo que ele fazia era por amar muito. Para mim esse erro foi o maior que ela cometeu.

Quando as coisas começam a sair do controle, Clara decide terminar, Christian inconformado tenta a todo custo uma reconciliação, e entre idas e vindas, ele se mostra mais possessivo e obcecado por ela. Nesse momento do livro achei mesmo que as coisas iriam ser mais sérias, achei que ele ia agredi-la e tudo, mas não chegou a tanto. Ela decide contar tudo a seu pai, Bobby Oates, e eles resolvem que devem sair da cidade, para isso os dois vão para a cidade de Bishop Rock. Lá Clara toma a decisão de voltar a ser a mesma Clara de antes quando Christian não havia entrado em sua vida.

Já em Bishop Rock, Clara faz novos amigos, os irmãos Bishop, e arruma um emprego no farol. Ela aproveita esse tempo para tentar superar seus medos e inseguranças. Grandes segredos são revelados e Clara vai aprender a lidar com novas situações que mudarão sua vida para sempre.

Agora falando do livro em si e da forma como foi escrito alternando capítulos no passado e no presente, por vezes me deixou perdida, por não conseguir acompanhar bem nem o passado e muito menos o presente. Já próximo ao final o passado e presente se tornam um só e fica mais fácil de acompanhar.

Para mim o melhor do livro é o relacionamento da Clara com o pai, fica evidente a amizade dos dois e a confiança que eles têm um no outro, em diversos momentos eles se aconselham e conversam sobre como o outro deve agir para superar seus problemas.

Esperava que o relacionamento da Clara com o Christian fosse mais explorado, demora muito para entender o que a levou a fugir e acho que deveria ficar mais evidente as loucuras que ele seria capaz de cometer. Dá para notar que ele é desequilibrado psicologicamente, mas na verdade eu não vi motivos concretos ou graves o bastante para a fuga de Clara da cidade onde mora, abandonar seus amigos, escola e a vida. Achei que a Clara deveria ter tomado a decisão de terminar e ser forte o bastante para não recair, e dar a abertura para a reaproximação dele, ate entendo que ela não desejava mal para ele, mas eu teria agido bem diferente dela.

Quanto a escrita da autora, ela é boa, gostei das notas de rodapé que são do próprio personagem, ela meio que explica tudo que acha necessário nas notas, e em certas partes a autora foi irônica com a vida da própria personagem, um exemplo é que na viagem para Bishop Rock, ela tem que passar pela ponte sob o Desfiladeiro da desilusão, já em Bishop Rock ela descobre que a casa onde estão hospedados fica na praia conhecida como Possession Point, e depois quando conhece os irmãos Bishop conhece também o barco deles que tem o nome de Obsession, pode isso? 


Resenha escrita por Marília Kelvia exclusivamente para o Blog Feed your Head!


4 Comentários:

Carolina Durães disse...

Bom dia Dana, tudo bem?
Primeiro, parabéns Marília pela resenha! Eu li esse livro e não achei bom e nem ruim... foi um livro que no final da leitura não tive muita reação com ele. Claro que ele tem trechos interessantes, como por exemplo, conforme vai mostrando a evolução da obsessão.
Beijos

Kamylla Cavalcanti disse...

Já tinha lido a resenha desse livro e algum lugar e fiquei muito interessada na leitura... eu gosto de livros que tratem de relacionamentos conturbados

Patricia Andrea Peña disse...

Gostei da sinopse, mas pela resenha o livro não é tão intenso como parece, vou pensar se leio ou não Um lugar para ficar, neste momento quero gastar com livros realmente bons e de meu agrado e não em uma leitura fraca. Muito boa a sua resenha.
Besos,
@PatriciaADavis

Danielle CGA Souza disse...

Me interessei durante a divulgação mas tenho desanimado um pouco. Ainda assim quero ler afinal cada um vê a estória de um jeito... mas a decepção começou quando li as páginas que a NC divulgou. XD
A sinopse é bem mais atraente.
Gostei dessa união e companheirismo da Clara com o pai... um amigo acima de tudo. Interessante os nomes que a autora escolheu.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D