Resenha: Ladrão de Almas (Alma Katsu)

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630373
Páginas: 430
Sinopse: No turno da noite de um hospital no estado do Maine, o Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas, no momento em que lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como as outras pessoas que Luke conhceu. E Luke fica, inexplicavelmente, atraído por ela...mesmo sendo suspeita de assassinato. E conforme Lanny conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassam tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relato apaixonado começa na virada do século 19 na mesma cidadezinha de St. Andrew, quando ainda era um templo puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lannyfará qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela tem de pagar é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma narrativa sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional, não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir. E revela como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção 
Oi gente, faz um tempo que não apareço, mas hoje trago um presente. Ladrão de Almas, simplesmente entrou na lista dos melhores do ano. Se você ainda está fazendo provas finais ou de recuperação eu não aconselho lê-lo agora pois, por não conseguir largar o livro, você vai se prejudicar, certeza.

Eu sempre gostei de romances históricos e sobrenaturais e quando minha amiga Jordana me falou que este tinha as duas coisas fiquei com muita vontade de ler. Com certeza esse romance é DIFERENTE de todos os livros de imortais que eu já li. Primeiro nada de vampirismo, a imortalidade é adquirida de outra forma que não direi qual é né? 

Segundo nada de sugar sangue, eles são imortais, mas não vampiros. A narrativa consiste na vida de Lenore uma moça do século 19 que aparece em um plantão de hospital dizendo que havia matado uma pessoa. O médico (personagem mais chato) fica intrigado e resolve escutar a história de Lenore.

Neste ponto somos transportados no tempo para o começo da vida de nossa personagem principal. Lenore desde de criança é apaixonada por Jonathan, um filho de um rico Senhor. O destino os torna amigos, mas Lenore nunca deixa de amá-lo e é capaz de tudo para defender e justificar todos os atos errados de Jonathan. 

Lenore acaba engravidando de Jonathan e seu pai a manda para um convento onde terá o bebê e entregará para adoção. No caminho Lenore é ajudada por 4 pessoas misteriosas e aí começa seu caminho para imortalidade. O livro é MUITO bom. A narrativa é rápida e cheia de mistérios. Outra coisa especial é o fato de todos os personagens terem sua importância individualmente. Gente a narrativa é tão surpreendente que tenho receio de não conseguir passar para vocês o quanto vale a pena ler. 

Leiam,leiam e leiam.
Beijos e quero comentários hein?

8 Comentários:

Patricia Andrea Peña disse...

Eu tenho e esto louca para ler, mas tenho dois livros antes dele, estou tentando me organizar com a minha leitura!
Capa linda não é?
bjs,
Pati

Francine Fernandes disse...

Achei incrível esta resenha e amei totalmente esta história, é empolgante e apaixonante, entrou para lista dos desejados já! hahah

Jeni Viana disse...

Ainda não li Ladrão de Almas, mas só pelo título, havia me interessado - antes de ler uma resenha. Um colega havia me dito que a leitura não andava pelo tamanho da fonte da letra, e essa quantidade de páginas me dá uma preguiça... mas gostei dessa questão de ser imortal mas não ser vampiro. Diferente!

♪ aninha ♫ disse...

quero tanto ler esse livro!passei ele pra trás ,para poder ler outros que estavam na fila,rsrs mas com certeza vou ler! eu gosto desse tema,e achei interessante a personagem ter esse dilema com a imortalidade e com o que aconteceu.pq o médico é chato? rsrs pensando seriamente em passá-lo a frente...rs a capa desse livro,com certeza,é uma das mais bonitas que vi esse ano.

Lariza Barbosa disse...

o médico é chato pq ele num tem muita empolgação entende? o papel dele é ajudá-la a fugir da polícia e escutar a história de vida dela.Mas o livro é bom demais.Obrigada pelo comentário

Luciana Cardoso disse...

Eu que já estava querendo muito ler esse livro, depois de ler sua resenha agora necessito lê-lo rsrs....
Quando li pela primeira vez a sinopse desse livro eu achei muito interessante e intrigante, a história é bem diferente de outras que abordam a imortalidade e por isso me interessei em ler.
Parabéns, vc conseguiu me convencer que tenho que lê-lo o mais rápido possível rs....

Ana Luiza Silva disse...

Adoro tudo que envolva História, já quero ler!! *-*

Carolina Durães disse...

Oi Lariza, tudo bem?
Ainda não li esse livro, mas sua resenha foi bem instigante.
Parabéns pela resenha!
Beijos

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D