Criei um blog literário. E Agora?

domingo, 17 de fevereiro de 2013

 Oi pessoal! É a primeira vez que faço um post como esse aqui no Feed. Atendendo a pedidos resolvi fazer um post para quem está interessado em começar um blog literário ou quem quer começar a fazer resenhas de livros. Então, vamos lá.

Não sou Expert no assunto mas posso, com certeza, falar sobre a minha experiencia pessoal como blogueira há quase 3 anos. 

Primeiro de tudo, você tem que GOSTAR do que faz. Se ler é uma coisa que te dá prazer e você sente vontade de conversar com as pessoas sobre cada livro que leu é um ótimo começo. Foi assim comigo. Eu lia os livros e sentia necessidade de falar sobre eles, expor os meus sentimentos durante e após a leitura do livro e então resolvi criar um espaço onde eu pudesse fazer isso e as pessoas pudessem interagir comigo, então o Feed your Head nasceu. 

Mas antes do Feed your Head ser propriamente literário ele foi blog pessoal, onde eu escrevia sobre a minha vida, alguns textos bobos, crônicas e poesias, que é lógico, só eu visitava...rs pois eu não fazia questão de divulgar.

Divagações à parte... 

Quando você cria um blog, a primeira coisa que tem que fazer é colocar um nome. Um nome que "marque" e seja fácil de memorizar. O meu não é o melhor exemplo disso...rs eu sei, mas é como eu disse, o blog já existia e eu só fiz repaginá-lo para que ele passasse a ser literário. Escolhido o nome, é hora de colocar um layout bacana e um template bem bonito, mas sem ser poluído heim galera. Vamos harmonizar as cores e fontes. 

Qual a diferença entre layout e template? 

Muita gente não sabe, mas são coisas totalmente diferentes. 

Layout é a estrutura do blog, ou seja, o corpo. Quantas colunas ele vai ter, pode ser 2 ou 3 colunas. É aonde você faz a distribuição dos gadgets, que podem ser inúmeros, mas não vá entupir seu blog de gadgets, sei que eles são uma tentação... mas contenha-se, daqui a pouco falaremos sobre isso! 

Template é a roupa do seu blog. É onde você vai colocar a sua identidade! É essa imagem de fundo onde você pode colocar assinatura e deixar ele com a sua carinha!

Escolhido o nome, layout e template é hora de instalar os gadgets. Gente, os gadgets são uma tentação... tem gadget pra tudo, mas vamos usar com moderação! Um blog poluído não é legal de se visitar, quando tem muita informação o leitor não sabe para onde olhar, se incomoda e fecha o blog! Sério, eu faço isso!!!

Para quem quer ter um blog literário, os gadgets mais comuns são: Arquivo, Pesquisa, Redes sociais, Número de seguidores (hoje em dia só funciona no blogger), Tags, Link-me, Parceiros (se você tem sites ou editoras parceiras é interessante colocar). Não encha de gadgets pois o blog fica muito cheio de informação e novamente eu digo, isso só afasta o leitor.

E agora chegamos na melhor parte, as Resenhas


Para se fazer uma resenha não existe uma receita prontinha, o que eu posso dizer é: quanto mais você escrever, melhores vão ficando as suas resenhas pois você fica mais crítico. Hoje em dia, se eu pegar as minhas resenhas de 2 anos e meio atrás, sinto vergonha! Hoje estou muito mais crítica e atenta aos detalhes que fazem uma boa resenha. Além de que quanto mais você escreve, melhor você escreve! Escreva, escreva e escreva!!! 

Visito muitos blogs por aí e o que eu mais vejo são resenhas rasas e sem conteúdo, ou seja, meras sinopses camufladas ou um resumo do livro inteiro! Gente, PELO AMOR DE GOD, contar a história do livro todo NÃO É RESENHA! 

Só um parêntese galera, eu não estou ensinando a fazer resenha crítica, uma vez que eu nem sou crítica, estou apenas dando dicas de como escrever um texto bacana, dando a sua opinião pessoal, de um livro sem "babar demais" e sem denegrir a obra. Não sou perita no assunto, repito, essa é apenas a minha experiência pessoal! Nossas resenhas aqui no Feed your Head são resenhas informais, ou seja, não são de cunho profissional e não somos pagos para isso. 

Vamos à definição de resenha pelo dicionário: 

Resenha
(derivação regressiva de resenhar)
s. f.
1. Enumeração.
2. Relação.
3. Descrição minuciosa.
4. Resumo detalhado de um texto.
5. Análise crítica de um artigo ou de uma obra (ex.: resenha de um livro). = RECENSÃO


No nosso caso, vamos tomar por definição o número 5: Análise crítica de um artigo ou de uma obra. Ok. Quando você vai resenhar um livro, a primeira coisa que se deve fazer é dar algumas informações sobre a obra, ou seja, a ficha técnica do livro, por exemplo:

Título: Quem poderia ser a uma hora dessas?
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765046
Ano: 2012
Páginas: 240
Tradutor: André Czarnobai


Em seguida, é interessante dar uma breve sinopse, que pode ser a oficial da obra ou uma sua própria, mas cuidado pra não contar o livro todo na sinopse ou dar muitos spoilers

Depois é hora de situar o leitor na história, contextualizá-lo. É importante que ele saiba um pouco sobre do que se trata a história, o bastante para se interessar em lê-la, mas novamente CUIDADO para não dar informações que possam acabar com a graça do livro! 



ATENÇÃO AOS SEGUINTES PONTOS:
  • O objetivo da resenha é avaliar, emitir uma opinião sobre a obra, destacando os pontos positivos e negativos. Cuidado ao falar dos pontos negativos, nunca, jamais, em hipótese alguma utilize palavrões, não fale mal do autor ou diga que ele não sabe escrever! 
  • Uma resenha deve ser imparcial, ou seja, justa. Gente, o que eu vejo de resenhas por aí que só sabem babar os autores ou editoras não está no gibi. Quando for falar dos pontos positivos, saiba dosar o seu entusiasmo. Eu sei que é uma delícia falar do que gostamos ou amamos, mas cuidado ao se entusiasmar demais, a sua resenha pode perder a credibilidade, principalmente se o livro foi recebido de parceria com algum autor ou editora.
  • Seja honesto com o seu leitor. SEMPRE. É aqui onde está o diferencial. O leitor que visita seu blog te tem como referência, ou seja, a sua resenha pode ser definitiva para ele comprar um livro ou passar bem longe dele. Respeite isso!!! Você tem o poder de vender livros ou aposentá-los para sempre nas livrarias, cuidado ao criticar negativamente. Aponte o que o livro tem de bom e de ruim também, mas diga a verdade. 
  • Cuidado com o português. Minha gente, escrever corretamente é ESSENCIAL! Gramática, concordância, coerência, tudo aquilo que você odiava/odeia (ou amava/ama) na escola vai entrar aqui com gosto de gás! Para seu blog ser respeitado pelos leitores mais exigentes e pelas editoras, se você almeja parcerias, é imprescindível que você escreva direitinho! Se você tem dúvida sobre a escrita de alguma palavra, meu bem você tem uma ferramente MARAVILHOSA ao alcance dos seus dedinhos, ele se chama GOOGLE! Se tem dúvida sobre a construção de uma frase, ou está achando algo estranho, peça para alguém ler e ver se tem algo incorreto ou incoerente. Não tenha vergonha! Vergonha é escrever uma resenha com conteúdo mas com um português medonho!!! 
  • Nunca diga: Eu acho isso, eu acho aquilo. Esteja convicto do que fala e seja sucinto, ou seja, não enfeite demais. Não seja prolixo. Não entedie seu leitor. 
  • Leia e releia sua resenha antes de publicá-la. E quando publicar, leia novamente, com certeza você encontrará algo que precisa ser mudado.
  • Para finalizar, recomende. Diga para qual público-alvo você recomenda a obra. Uma coisa que eu sempre faço é dar detalhes sobre a edição, ou seja, capa, diagramação, revisão, (tradução, se eu tiver lido o original), se encontrei erros, etc., mas isso fica a seu critério. 

Espero que tenham gostado das dicas e que algumas sejam úteis, qualquer coisa, estou por aqui, podem me perguntar que eu terei o maior prazer em ajudar, se eu souber ou puder!

Blogs que eu tenho como referências de boas resenhas:


Abraços e hasta la vista baby! 

7 Comentários:

Ana Luiza Silva disse...

Obrigada pelo post Dana, estava precisando de uma luz! Rsrs Gostaria de saber sobre as parcerias com editoras? Como é o processo? Beijos! :*

Bruna disse...

Adorei Dana!
Tomará que seus conselhos sejam seguidos.
bjkas

Ana Luiza Silva disse...

Êhhh! \o/ Ajudou bastante, já vou colocar a mão na massa! kkkkk Obrigada pelo post Dana ;)

Dana Silva disse...

Quanto às parcerias, as Editoras geralmente informam pelas redes sociais quando abrirão novas vagas. Geralmente começo e meio do ano. Eles avaliam numero de seguidores, qualidade das resenhas, template e layout, comentários, etc. É bom ficar de olho nesses detalhes ^^ ;)

Rapha - Doce Encanto disse...

Oi Dana, muito útil seu post!
Quanto às resenhas.. diversar vezes fiquei entediada lendo resenhas que davam voltas e voltas e nao diziam nd e outras via um resumo do livro, mas nao achava a opiniao da pessoa.


Tenho certeza que esse post ajudará muita gente!


Beijão!

Déborah Araújo disse...

Eu gostei muito do post, Dana.
Ele foi muito bom e útil.
Tenho certeza que ajudará muita gente.
A partir de agora prestarei bem mais atenção as minhas resenhas para que elas não se tornem algo entediante para os meus leitores.
Bju!

http://lisos-somos.blogspot.com.br/

Carolina Durães disse...

Oi Dana, tudo bem?
Gostei bastante do post, achei informativo e passou dicas de aprimoramento.
Espero ler mais desses posts por aqui :)
Beijos

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D