Resenha: Um certo verão (David Baldacci)

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411256
Ano: 2013
Páginas: 288
Sinopse - Um Certo Verão - Como começar de novo quando o amor de sua vida se foi? - David BaldacciDiagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos. Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes. Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.

Um certo verão (BALDACCI, David, Editora Arqueiro, 288 páginas) mesmo clichê, é o tipo de livro que te faz derramar lágrimas do começo ao fim. O enredo é sobre Jack, ex soldado que ja sobreviveu a muitas guerras e agora está enfrentando um inimigo que teme não conseguir combater. Jack tem uma doença terminal e está preparando sua família para quando ele se for. Mas algo que não estava previsto nem nos mais pavorosos pesadelos de Jack acontece, Lizzie, sua amada esposa sofre um acidente de carro e morre. Jack fica devastado ao ver sua linda família desintegrar-se.

Com a doença em estágio avançado e a morte de Lizzie, os filhos do casal vão morar com alguns parentes, e separados. E então, Jack que já havia sido desenganado pelos médicos e achava que só lhe restavam alguns dias de vida, começa a melhorar milagrosamente.

Em minha opinião, a recuperação de Jack foi uma segunda chance que ele recebeu para que reunisse a família e nela, encontrasse forças para superar a morte de Lizzie. Jack vai morar com os filhos em uma charmosa cidadezinha costeira, em uma típica casa de veraneio.

Jack aprende a lidar com o luto e o relacionamento com os filhos, aprende a entender o comportamento deles que diga-se de passagem condiz com a realidade, tornando a história bastante plausível. Retrata também o relacionamento que ele desenvolve com os outros moradores, é bem legal acompanhar essa evolução de Jack, a sua rotina pós cura.

A história em si é previsível, só teve uma coisa que me surpreendeu mas eu não vou contar o que, claro! Vocês vão ter que ler pra descobrir, mas a minha sensação sobre esse livro é de "dever cumprido". O autor conseguiu demonstrar perfeitamente tudo que ele queria e deu um desfecho satisfatório. Se você curte um bom drama "à la Nicholas Sparks" recomendo que conheça a escrita de David Baldacci.

4 Comentários:

Gabriela Lopes disse...

Faço parte de um Clube do livro junto com outras 5 blogueiras e esse livro está na nossa lista para os próximos meses se não me engano.


Muito boa a resenha, é muito bom livros em que há uma evolução e crescimento do personagem.


Boa a dica
Abraços Gabi Lopes
PS: está rolando uma promoção bem bacana lá no blog, se quiser participar, sorteio de 3 livros.

aninha disse...

quando vi a sinopse desse livro já previ lágrimas.mesmo sendo clichê,tem aquele ingrediente que prende atenção. mas que segunda 2ª chance Jack conseguiu! ter que enfrentar a dor da perda e reestruturar uma família,imagino que não seja fácil. o que me chama atenção é que David Baldacci assim como James Patterson,são autores conhecidos por seus livros de suspense policial. e pelo jeito sabem escrever um drama bonito. ótima resenha Dana,vou procurar ler Um Certo Verão o quanto antes =)

Ricardo disse...

Quero ler, ando precisando de lágrimas em minha vida, rsrs.
Pelo contexto da história, acho que tende a ser um livro de te deixar pensando por um tempo.
A resenha muito boa.

Carolina Durães disse...

Oi Dana, tudo bem com você?
Estou muito ansiosa pela leitura desse livro, pois sou fã do autor.
Parabéns pela resenha.
Beijos

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D