Resenha: Hex Hall 2 - A Maldição (Rachel Hawkins)

sexta-feira, 24 de maio de 2013




a-maldicaoEdição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501097163
Ano: 2013
Páginas: 319
Sinopse - Hex Hall - A Maldição - #2 - Rachel Hawkins
Sophie Mercer achava que era uma bruxa. Essa foi a razão pela qual ela foi enviada para Hex Hall, uma escola para Prodígios inadimplentes (bruxas, metamorfos, e fadas). Mas isso foi antes de descobrir o segredo de família, e que sua paixão, Archer Cruz, é um agente do The Eye, um grupo com tendência a limpar os Prodígios da face da terra. Acontece que, Sophie é um demônio, um dos dois únicos no mundo, sendo o outro seu pai. O pior é que ela tem poderes que ameaçam a vida de todos que ela ama. Qual é precisamente porque Sophie decide que deve ir a Londres para retirá-los, um procedimento perigoso, que irá destruir seus poderes. Mas uma vez que Sophie chega, faz uma descoberta chocante. Seus novos amigos? Eles são demônios. Significada que alguém os está criando em segredo com planos assustadores para usar seus poderes, e provavelmente não para o bem. Enquanto isso, The Eye é colocado para caçar Sophie, e eles estão usando Archer para fazê- lo. Mas não é que ela tenha mais sentimentos por ele. Será que ela não tem?



Confesso que tive que folhear o primeiro livro para poder começar o segundo pois já não lembrava muito bem da história. Mas vamos lá!

No final do livro 1, Sophie descobre que o cara por quem ela estava apaixonada é um espião d’O Olho e ele ainda a ataca! Nossa, que decepção heim Sophie! Coitadinha! E para piorar a situação ela descobre que não é uma bruxa e sim um demônio! Demônio? Oi? Pois é, e para não colocar a vida daqueles que ama em risco, a nossa protagonista decide que quer passar pela “Remoção” que é um procedimento bem perigoso que irá tirar todos os poderes dela, mas isso pode inclusive matá-la.

Sophie está com o mundo de pernas para o ar e para tentar fazê-la perceber que a vida de um demônio não é assim tão ruim, seu pai a manda para a Inglaterra e lá ela poderá aprender mais sobre si mesma, seus poderes e também poderá passar mais tempo com ele, seu pai. Então ela parte com Jenna – sua melhor amiga, e Cal – seu noivo. NOIVO? OI? Pois é, Noivo!

Sophie ainda não esqueceu Archer, seu paquera que era um infiltrado d’O Olho e mesmo ela tendo ido pra Inglaterra, ela não consegue esquecê-lo. O que mais me irrita nesse tipo de livro são os triângulos amorosos, é sério, mesmo no primeiro livro eu nunca gostei do Archer e eu quero muito que a Sophie esqueça ele e fique com o Cal. Mas pra ferrar com tudo, o chatArcher foi visto na Inglaterra, o que torna tudo mais perigoso e difícil. Também há o fato de que O Olho vem atacando prodígios em vários lugares e alguém está criando demônios.

Rachel Hawkins tem uma narrativa ágil, cheia de ação e um humor sarcástico que nos diverte a valer do início ao fim. A Maldição, embora tenha o mesmo ritmo narrativo frenético de Hex Hall, em termos de dispersão a autora melhorou muito. Lembro que no primeiro livro me irritava o fato de ela mudar de assunto do nada e deixava o leitor confuso, isso melhorou bastante.

A autora consegue estabelecer laços reais entre Sophie e seu pai e entre ela e Jenna, o que desperta no leitor o desejo de ter uma amiga tão leal quanto Jenna.

Agora o que me deixou mais chateada mesmo foi a demora em lançar o livro, poxa, Hex Hall saiu no verão de 2011 (Agosto) e A Maldição só veio sair em 2013 (Maio) Quase dois anos depois! Como assim gente? Isso desestimula muito os leitores que são fãs da série, fazendo com que eles busquem formas alternativas de ler as sequências e não mais se interessando em comprar o livro. Fica aqui a minha reclamação para as Editoras que demoram muito tempo a lançar as sequências das séries. Mais respeito e consideração com os leitores!

Fora isso, a Edição da Galera está linda e impecável em termos de capa, diagramação e revisão. Só uma coisa, a mudança de capa vai me forçar a comprar novamente o volume 1 com a nova capa! Espero que a sequência – Spell Bound não demore muito a ser lançada aqui no Brasil! Pois o final de A Maldição me deixou de cabelos em pé para saber o que vai acontecer no próximo livro!

Recomendo sim!

A Série:

2 Comentários:

aninha disse...

eu lembro que quando lançou esse livro,eu até me interessei e li um pouquinho,mas a história não me cativou. talvez eu precise ler direito pra conhecer melhor.tomei um susto, pensei que essa continuação já tinha sido lançada faz tempo!!quem não fica desmotivado de acompanhar?

Vitória Rodrigues disse...

Eu nem lembro direito do primeiro livro, e mais ou menos do segundo. Pelo que lembro, sei que tenho uma opinião parecida. Archer me dava nos nervos, me lembrava uma outra série de livros ( da Claudia Gray), e aí já desanimei demais. Quanto ao Cal, se gostou dele, cuidado quando for ler o final da trilogia (apenas isso, sem spoiler).
Mas bem, como acompanho, geralmente, mais os lançamentos lá nos EUA, a demora não foi tão assim pra mim, porém, do mesmo jeito, é complicado isso de demorar, ás vezes, a pessoa até esquece do livro.

Beijos,

Adeus Realidade

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D