Resenha: Dizem por aí (Ali Cronin) Série Girl Heart Boy #02

terça-feira, 11 de junho de 2013


Título original: RUMOUR HAS IT (GIRL HEART BOY #2)
Tradutor: Rita Sussekind
Capista: Paulo Cabral
Páginas: 280
Preço: R$ 29,90
Sinopse: Ashley sempre foi a mais descolada da turma. Aquela garota que sabe o quer - festas e mais festas - e que, diferente das amigas, nunca gastou seu tempo sonhando com príncipes encantados. Mas tudo muda quando, um dia qualquer, ela vai ao cinema com sua melhor amiga e conhece Dylan: um garoto lindo, um pouco quieto, de olhos verdes e cabelos incríveis que acaba grudando na cabeça dela. Ashley só consegue pensar naqueles jeans justos, no ar meio desinteressado, nas pernas finas... O efeito é devastador. Mas cada vez que eles se encontram, Dylan tem uma reação diferente: quando estão sozinhos, se dão bem e conversam como amigos; quando se veem nas festas, o garoto a evita. Será que isso é só timidez? Ou na verdade ele tem vergonha de ficar ao lado de uma menina como ela? Será que, no fim das contas, ela é vista como uma garota fútil?
Com esse vaivém, e sem saber como agir, Ash fica cada vez mais insegura e confusa, começa a tomar decisões erradas - quem já não saiu com um pensando em esquecer o outro? - e depois, como nunca tinha acontecido antes, se sente totalmente arrependida. Gostar de alguém de verdade estava sendo mais difícil do que parecia...



Dizem por aí é o segundo livro da série "Girl Heart Boy" da Ali Cronin, que por sinal é uma fofa e super atenciosa! 

O primeiro livro é a história de Sarah e de como ela conheceu os prazeres do sexo e os desprazeres de ser desprezada pelo garoto que tirou sua virgindade. Clique AQUI para ler a resenha de Nada é para sempre

Como já sabemos cada livro fala sobre um personagem da turma de amigos que está no último ano do ensino médio. Dizem por aí é a história da Ashley, a mais descolada e "porra louca" do grupo. Ashley é divertida, descomplicada e pegadora. A adolescente não leva sexo a sério. Após uma festa onde Ashley se embebedou e transou com um cara qualquer, algumas pichações foram feitas no banheiro do colégio e ela ficou com fama de garota fácil. O pior de tudo é que parece que dessa vez a nossa Ash foi fisgada pelo amor. Ela está super afim de Dylan, um amigo do primo de sua melhor amiga, Donna. 

Desde o primeiro livro Ashley já era minha personagem favorita, agora conhecendo-a melhor eu só pude ter certeza do que já sabia. Ela é a melhor personagem. Se escondendo atrás de uma máscara de garota "tô nem aí pra nada", Ashley é na verdade uma garota doce e sensível, com uma baixa autoestima e que quer desesperadamente "se encontrar". Ela na verdade tem medo de mostrar seu verdadeiro "eu" e não ser aceita pela sociedade, já que não é "a mais bonita" ou "a mais inteligente." 

A personagem levanta questões interessantes no livro: Por quê os homens após transar com as garotas levam a fama de garanhão e as meninas se fizerem isso só são chamadas de fáceis ou galinhas? O livro aborda não só questões como sexualidade, alcoolismo, homossexualidade, submissão no relacionamento (mas isso já é literalmente uma outra história, rs) mas também problemas familiares e a convivência de irmãos. Ash não se dá muito bem com sua irmã mais velha, mas no entanto tem uma ligação muito especial com sua irmãzinha de 12 anos, a Frankie, que por sinal é uma FIGURA! Eu absolutamente me apaixonei por ela e já queria um livro falando dela! *_* 

O amadurecimento pessoal de Ashley é notório e ao final da obra podemos perceber uma protagonista muito mais segura e feliz. É interessante acompanhar a jornada de Ashley em busca do seu amor próprio e é cativante a relação que ela tem com seus amigos, em especial Rich e Donna. 

A narrativa de Ali Cronin simplesmente me fisgou desde a primeira página, ela sabe como falar com o seu público alvo e é fácil se identificar com algum de seus personagens, eu me vi um pouco na Ash, sobre baixa autoestima e me vi um pouco na Cass, quando é submissa ao namorado e não sabe dizer "não" para ele. Quem nunca conheceu ou um dia já foi uma Cass, não é?

 A capa segue o mesmo padrão da primeira, mesma textura e mesmo estilo e é linda linda! A diagramação está perfeita e a revisão também, impecável, como sempre. 

Super recomendo a série "Girl Heart Boy", é um jovem adulto nada ingênuo e que vai te prender da primeira à ultima página. O próximo volume se chamará "Três é demais" e a protagonista será a Cass, estou curiosa sobre a história dela pois desde o primeiro livro já a acho uma amélia e totalmente "pau mandada" do namorado Adam. A publicação está prevista para Junho! Aaaaaahhhhh! Já quero!!! Abaixo, confira as capas e ordem de publicação.

    

 A série conta com seis livros e a ordem é:
1- Nada é para sempre;
2- Dizem por aí;
3- Três é demais;
4- Liçoes de amor;
5- A garota certa;
6- Eu e você.