Resenha dupla: Pégasus e a Batalha pelo Olimpo e Pégasus e os Novos Olímpicos (Kate O'hearn)

segunda-feira, 3 de junho de 2013



Título: Pégasus e a Batalha pelo Olimpo
Autor: Kate O'Hearn
Edição: 1
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788580442632
Ano: 2011
Páginas: 312
Tradutor: Cassius Medauar

Sinopse: A jovem Emily renasceu nas chamas, virou o Fogo e salvou o Olimpo da destruição. Com isso os Olímpicos retomaram o que era deles e restauraram a paz, mas não por muito tempo: os terríveis Nirads só tinham perdido uma batalha e começaram a dar sinais de que poderiam atacar novamente. Apesar disso, Emily só tinha um pensamento: salvar seu pai das garras da UCP, a agência governamental que o mantinha preso na Terra. Para isso contará com a ajuda de Joel, seu melhor amigo, Paelen, o Olímpico renegado que virou herói e Pegasus, o garanhão alado e companheiro inseparável.



             Essa semana meio atrasadinha e livre, finalmente, das minhas provas eu consegui terminar o segundo e o terceiro livro da série Olimpo em Guerra (obrigada, aninha), mais uma vez, e como foi com o primeiro livro, eu li ambos em formato de ebook.

                Em Pégasus e a Batalha pelo Olimpo, depois de ter fugido da UCP Emily e Joel estão morando agora no Olimpo, cercados de seres mitológicos. Emily que agora tem novos poderes tem de aprender a controlá-los antes que acabe por machucar alguém, porém algo ainda não está completo, a garota sente falta do pai que ainda está preso nas instalações da UCP em NY.  Para ter seu pai de volta, Emily organiza uma expedição de resgate junto a seus amigos Pégasus, Joel e Paelen que partem então com o intuito de resgatar Steve das mãos da UCP, o que eles não contavam era com a ajuda de Cupido, o filho de Vênus que tem uma pequena queda por Emily e fará de tudo para ajuda-la.  Nesse meio tempo o Olimpo é novamente atacado pelos Nirads, o que ninguém esperava é que Emily, mesmo em NY fosse capurada e levada ao reino Nirad para então conhecer seu verdadeiro inimigo: as górgonas.

                O livro todo acontece de uma maneira bem rápida, tem muita ação, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, não dá nem pra respirar! O destaque desse livro com certeza vai para o cupido, que proporciona várias cenas engraçadíssimas. Outro ponto de destaque que não é um personagem em si, mas a evolução que a autora dá de maturidade a Emily, além de nos dar pistas que a menininha do primeiro livro está crescendo, ela joga situações para a personagem que a faz crescer.


Título: Pégasus e os Novos Olímpicos
Autor: Kate O'Hearn
Edição: 1
Editora: LeYa 
ISBN: 9788580447415
Ano: 2013
Páginas: 256
Tradutor: Marcia Blasques
Sinopse: Quando chegam ao Olimpo relatos de um sósia de Pegasus visto na Terra, suspeitas são despertadas. Emily e Pegasus precisam voltar para o mundo dela, onde descobrem uma conspiração sinistra que colocará olímpicos contra humanos, em uma guerra que envolve amigos e inimigos em cada lado. Com o destino dos dois mundos em suas mãos, Emily precisa fazer uma escolha impossível, ou então tudo o que conhece e ama será destruído.

                  No terceiro livro da série, ficam visíveis as mudanças pelas quais Emily passa, ela já começa a dar indícios que se tornou uma adolescente que sente ciúmes, se apaixona, erra, chora, etc.  

                Depois de derrotar as górgonas, salvar seu pai e o reino Nirad, Emily agora se depara com um novo desafio. Depois de voltar a Terra, seu pai, Steve, descobre que há um cavalo igual a Pégasus na Califórnia, bem isso só seria possível se clonassem os Olímpicos e é exatamente isso que Emily teme, pois se Júpiter descobre que estão clonando Olímpicos na Terra ele a destruirá. Tentando salvar seu planeta natal, a menina parte então numa missão para evitar que o pior aconteça. Escoltada pela esfinge, Joel, Paelen e Pégasus eles voltam a Terra e terão que enfrentar novamente a UCP.

                O livro, assim como os outros tem muita aventura, mas o destaque está na reflexão maior que os personagens fazem, diálogos fantásticos e um fluxo de consciência maior que os personagens passam a ter. Apesar disso o livro não perde seu toque teen.  O destaque da esfinge está não só nos diálogos maravilhosos, mas em algumas das charadas que ela dá no livro! Confesso que não consegui acertar nenhuma. hahahaha

                A diagramação em ambos os ebooks está ótima, não consegui achar erros (e olha que eu cato), a letra no tamanho bom, só o que me incomoda, mas daí é meu tablete não é o ebook é que é ruim ler a noite por causa da luz. Enfim adorei, série super recomendada, devem vir mais livros por aí, então fiquem ligados.

| comente (:

aninha disse...

oww! taí uma série que eu não apostava quase nada.ganhei o primeiro livro e achei fraquinho pra ok e nem liguei mais. bom gosto d elivros assim,piscou perdeu! com aventura e que encaixe o crescimento dos personagens na trama. amo as capas dessa série,essa coloração diferente em cada capa é muito bonito.vou procurar ler já. =)

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D