Semana Especial Thriller - Day #03 - Resenha em Video: Identidade Roubada

quarta-feira, 3 de julho de 2013


Oi gentchy! Hoje eu vim trazer a minha contribuição para a semana thriller aqui do Feed your Head + Marizoch e é uma resenha em vídeo de um livro que me marcou muito, chama-se Identidade Roubada. Para conferir a resenha escrita clique AQUI. Assista o vídeo, comente e concorra ao Top Comentarista e aos prêmios especiais da Semana Thriller que serão divulgados na sexta-feira!



Até a próxima! E não esqueçam de ir lá no blog da Marizoch também e deixar o seu comentário ok? Espero que tenham curtido as dicas e até a próxima postagem. 

15 Comentários:

cristiane disse...

Ai que vontade de ler!!! Nossa ela ficou sequestrada um ano? Imagino que o enredo deve ser muito bom.

O fato dela contar a que ouve em seções deve fazer parecer bem real mesmo.

Espero ler em breve!

Pamela Liu disse...

Eu já tinha visto a sinopse desse livro, mas não tinha chamado a minha atenção.
Deve ter sido uma história bem forte! ser sequestrada, abusada e viver com o sequestrador por um ano... nem consigo imaginar.
Parece ser um bom thriller psicológico, vou procurar saber mais sobre ele!

aninha disse...

aê Dana!! eu virei fã da Chevy depois que li esse livro. vc disse tudo,é um livro tenso e que faz a gente pensar vários dias depois. é um trauma,me vi chorando,querendo matar certas pessoas,tudo pra ajudar Annie. nossa tem uma parte nesse livro que eu fiquei com uma agonia que Jesus!é um dos melhores livros que li,e tô louca pra ler É Melhor Não Saber.tenho certeza que ela repete a dose nesse livro. bj!

Vanessa Llona disse...

Eu sempre falo que não costumo gostar de Thriller mas esse eu fiquei querendo ler, ficar um ano sequestrada e torturada dessa maneira deve ser muito tenso de se ler, sei que nesse caso é ficção, mas a gente fica arrepiada de ler tanta coisa ruim, me lembrou um pouco em algumas partes o livro da Natascha Kampusch, não tudo, mas algumas partes me lembrou o livro que ela escreveu contando o tempo que ela passou sequestrada. Gostei bastante da resenha, e por ser a primeira foi ainda mais legal.

Fábrica dos Convites disse...

Oi Jordana, este livro me interessa e muito, uma pena que eu ainda não o li.
Bs, Rose.

Manu Hitz disse...

Amei vc falar desse livro, pq acabei de adquiri-lo numa troca do Skoob, rs, estou louca pra conhecer a escrita da autora Chevy Stevens. Além desse tb quero ler 'É melhor não saber'.

O tema é muito pesado e forte, acho que vou ficar bem chocada... como estou

completamente apaixonada pelos thrillers psicológicos, encaro essa. Só não gosto

quando há excessos de sangue. E acho ruim quando os requintes de crueldade

são bem detalhados...

Gente, o pior é que isso acontece! Esses casos monstruosos existem!

Só uma coisa que eu queria entender: por que a gente quer ler isso mesmo, hein? rsrs


Fui conferir um filme com o mesmo nome, achando que seria uma adaptação do livro, mas não é.

Francine Porfirio disse...

MEU DEUS, acredita que não ouvi falar desse livro nenhuma vez? Fiquei chocada, porque com um enredo desse :O (rs). Adorei a ideia. A leitura deve transmitir aquela sensação de agonia pela situação da personagem. Sequestro é algo que em si já causa um trauma, mas manter-se sob o poder do sequestrador por tanto tempo deve destruir muito mais do que o senso de segurança. Deve destruir a autoestima, a identidade, a autopercepção, a esperança... Com certeza entrou para a minha lista.

oswin oswald disse...

muito bom o video, acredfita que nunca tinha ouvido falar sobre o livro?

Tainara H. disse...

Já li MUITOS elogios acerca desse livro e ele está na minha lista de desejados desde que foi lançado, mas ainda não consegui adquiri-lo. Porém não tinha lido uma descrição tão detalhada da história como você fez no vídeo, o que me deixou ainda mais curiosa para ler. Adorei a história, parece ser bem assustadora e eu gosto muito de thrillers psicológicos. Como você disse, eu também não aguentaria passar pelo que ela passou. Aliás, li um livro parecido há uns dias, "No Escuro", de Elizabeth Haynes, lançado pela Intrínseca esse ano. Não sei se você já leu ou ouviu falar, mas a protagonista passa por uma situação bem parecida que a protagonista de "Identidade Roubada". Enfim, assim que eu tiver a oportunidade eu lerei esse livro e, como eu tenho quase certeza de que vou gosta desse, já adicionei à minha lista "É Melhor Não Saber", que é da mesma autora, mas não sei se é continuação. Adorei o vídeo. ;D

Nardonio Alves disse...

Tenho esse livro aqui em casa, mas ainda não o li. Achei a história bem forte e tensa. Eu até gosto de histórias bem fortes, mas desde que sejam puramente ficção. Essa, mesmo sendo ficção, tem um pé na realidade. De qualquer maneira, lerei em breve.
Adorei essa sua resenha em vídeo. Você deveria gravar mais.


@_Dom_Dom

Erika Di Bernardo disse...

Genteeee que livro de tirar o fôlego!!! Ainda bem que não passa de uma ficção e não de fatos reais... mas claro que ler um livro que aprece real, é muito bom, prende atenção mesmo! Adorei o enredo e já vou adicionar em meus desejados! Bjos.

Alessandra disse...

Sou louca pra ler esse livro, mas até agora era só por causa da capa, pq eu acho ela linda!

Mas pelo que tu falou, vai muito além de uma capa bem feita, acho que vou conseguir me envolver com a história. Daquele tipo de leitura que só vou parar para comer, nem dormir não vai dar! hehehe

Carol Cris disse...

Que legal o livro, não conhecia! *-*

A sinopse me chamou a atenção, já dá pra ver a tensão logo de cara, rs.

Haha, a capa é linda mesmo, tbm adorei! =)

1 ano sequestrada, OMG! D8
Vou ler, com certeza.

Vanilda Procopio disse...

Que história forte, hein? Mas esse afinal é o espírito da semana. Tem certas histórias que eu fujo um pouco de ler porque infelizmente algumas não acontecem só na ficção. A realidade está cheia de gente louca que faz cada coisa ...

Gladys Sena disse...

Essa trama parece bem pesada, não sei se aguentaria a leitura até o final...

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D