Resenha: Após a Tempestade (Karen White)

sexta-feira, 9 de agosto de 2013


Título: Após a Tempestade
Autor: Karen White
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632230
Ano: 2013
Páginas: 416
Tradutor: Frank de Oliveira

Sinopse: Quando Julie tinha 12 anos, sua irmã mais nova desapareceu e nunca mais foi encontrada. Uma perda que corroeu os laços familiares e deixou sua mãe obcecada pela busca da irmã. Já adulta e com um prestigiado emprego, Julie conhece Monica, que a faz lembrar muito de sua irmã desaparecida há 17 anos. Elas se tornam melhores amigas, uma amizade que começa como um processo de cura para Julie. No entanto, uma fatalidade abate a amizade e Julie se vê responsável pelo filho de Monica. Ela decide levar o menino para Biloxi, Mississippi, para encontrar a família que ele não conhecera. A partir dessa viagem, Julie descobrirá segredos que estão ligados a sua família e seu passado...

Após a Tempestade da Karen White foi um livro que eu pedi sem muitas pretensões, na realidade pedi pensando que por ser um livro de um gênero que eu gosto bastante não iria ser um livro ruim. Porém, o que eu não esperava era que esse livro fosse me prender tanto que eu não consegui parar de falar nele durante dias após concluir a leitura, e por mais surpreendente que possa parecer sempre que sentava em frente ao word para escrever essa resenha as palavras me fugiam.

 O livro conta a história de Julie, uma mulher marcada por uma tragédia que após a morte da amiga, Mônica, fica responsável pelo seu filho de apenas cinco anos, Beau, além de herdar uma casa em Biloxi, no Mississipi. Ao chegar ao local Julie conhece a família da falecida amiga, seu irmão Trey que é um advogado metódico, turrão e teimoso e a avó de Mônica, Sra. Aimee. Apesar de parecerem pessoas cofiáveis Julie se mostra relutante, pois não conseguia entender o por que de Mônica ter se distanciado da família e principalmente por que a amiga deixou uma casa destruída para ela. Trey então sugere comprar a parte de Julie da casa e reconstruí-la, porém a moça se propõe a reconstruir a casa junto com irmão da amiga falecida como uma homenagem. A partir daí Julie tenta conhecer um pouco melhor a história dessa família através da avó de Mônica.  As histórias de Aimee e Julie começam então a se mesclar, revelando um passado cheio de mistérios, romances, loucura e principalmente um segredo até então não revelado.

Esse livro é simplesmente genial! Não consegui desgrudar dele enquanto não li a última linha e mesmo tendo passado raiva, desespero, sofrido demais com os personagens a autora ainda conseguiu me surpreender. Julie é uma personagem que durante todo o livro você torce para que consiga se encontrar, que finalmente se permita viver de verdade. Trey no começo para mim era um mistério, até certo ponto eu não confiava nele, porém depois de dado momento ele tornou-se um redentor para mim, mesmo depois de passar por tantas tragédias na vida ele ainda mantém um coração enorme. Agora sem dúvida nenhuma os personagens que quase me tiraram da cadeira e que me fizeram passar raiva durante a leitura, se tornando meus personagens preferidos foram a jovem Aimee e Wes, o irmão mais velho. Eu fiquei uns bons capítulos suspirando, chorando, roendo as unhas, rolando de um lado para outro sem sono pensando em qual saída que a autora daria para os dois jovens. No final o que me deixou mais satisfeita com o livro foi que deu tudo errado, para depois dar tudo certo, mas o meu certo no final não era o correto, ou seja, no final eu descobri que fui enganada durante todo o livro! Gente isso foi tão genial, vocês não tem noção do tamanho do meu espanto ao ler as  páginas finais e em como eu fiquei empolgada com isso, fazia muito tempo que nenhum livro, que deveria ser apenas um drama, me tirou da cadeira. As histórias de Aimee e Julie se completam de tal forma que parecem ser parte de um tapete cuidadosamente tecido a frente do leitor.

A capa desse livro é linda, a mulher andando na beira da praia traz certa melancolia, um sentimento devastador e as cores suaves só completam essa sensação. A diagramação está bem simples e satisfatória. Após a Tempestade é mais um livro que você não pode deixar de ter na estante.

14 Comentários:

Manu Hitz disse...

Um livro que já suspeitava que seria bom, a julgar pelo título e pela bela capa, haha... não me enganei. Eu quero!
ADORO em maiúsculo tramas com tragédias pessoais e superação, onde personagens encontram apoio uns nos outros e suas histórias se misturam. Uma pitada de mistério segura o interesse do leitor e eu fico curiosa até a última página. Adorei, obrigada pela resenha!

Katielle Borba disse...

Oi Pri,
Este é um livro que já tenho na minha estante, mas ainda não consegui começar a ler.
Eu já imaginava que ele fosse bom e agora depois da tua resenhas minhas suspeitas foram confirmadas.
Gosto de livros assim que nos prendem e ficam nas nossas cabeças mesmo depois de dias que já terminamos a leitura.
Espero conseguir ler em breve e eu também gosto muito da capa.
Beijos.
Katielle

Sabrina Castro disse...

Nossa , Priscila.
Juro que não dava pelo livro... sério. ¬¬
Sequer li a sinopse anteriormente e pulei logo para a resenha. Me surpreendi.
Imaginava uma leitura totalmente despretensiosa...
A capa é realmente bela. Não há como não amar esse cenário de areia e mar. <3
Adorei a resenha.


xoxo

aninha disse...

eu ganhei esse livro em uma gincana em outro blog, e tá ali só me esperando. sua resenha me surpreendeu positivamente, esperava um livro mais cheio de dramas, mas a autora soube surpreender e fez uma estória que emociona e prende a atenção do leitor. acredito que será minha próxima leitura =) amo essa capa, passa mesmo um sentimento de saudade, melancólico.

Patricia Andrea Peña disse...

Uau, preciso desse livro, todos falam muito bem dele!
Vou comprar correndo ;)

Ana Luiza Silva disse...

Putz, já quero ler! Adoro o gênero e a trama parece ótima :3
Priscila, você só indica livros massa, como que pode? kkkkkkk :)

pamela M. disse...

Eu gostei mais dos capítulos narrados pela Aimee. *-*
Sempre eram mais emocionantes e as coisas aconteciam de forma mais rápida, adorei.
E eu achei que a narrativa oscilou e isso me incomodou as vezes, ai eu ficava super cansada de ler.
Mas a história em si é linda e eu amei. *-*

Danielle CGA Souza disse...

Aiii que legal!!! Uma resenha positiva.
Eu gamei nessa capa e tinha gostado da sinopse, adorei ler tua opinião pq tinha lido uma contrária. Agora estou certa de tentar conseguir esse livro o quanto antes para conferir a trama.
Gosto muito quando podemos acompanhar a narrativa de personagens diferentes. =)

Rafaela Saturnino disse...

Não sei o que dizer sobre o livro... A história me pareceu ser bem clichê e ultimamente tenho lido muitos livros assim, não sei se é por causa disso que no momento não iria ler o livro. Numa outra oportunidade talvez dê uma chance. Eu me animei bastante com sua resenha :)

Beijos

Francine Porfirio disse...

MEEEEEU DEUS, alguém me explica por que estou com esse livro na prateleira há algum tempo e fico a cada momento lendo sempre algo antes dele!? Sério, flor, Após a Tempestade parece ser muito melhor do que imaginava! Quantas tragédias podem acontecer a uma pessoa... E ainda assim essa pessoa encontrar forças para prosseguir e proteger a si mesma. Proteger de tal forma que talvez nunca se permita amar ou se entregar novamente a um relacionamento (seja ele amoroso, fraternal, amigável...).

"Julie é uma personagem que durante todo o livro você torce para que consiga se encontrar, que finalmente se permita viver de verdade." ---- Adoro sentimentos como esse! Se a autora desperta isso, com certeza o livro é ótimo. :D



Ok, me programarei para lê-lo!

Cristiane Silva disse...

É um livro muito bem feito mesmo, mas haja entusiasmo heim! Fiquei mega curiosa agora pra ler o meu, quanta coisa boa tem nele! Espero gostar também, livros assim são gostosos de ler e sempre trazem algum tipo de lição oi proporcionam boa leitura.

Nardonio Alves disse...

Que bom que a autora conseguiu te surpreender. É ótimo quando a história nos leva a acreditar em uma coisa, e quando vemos o desenrolar dos fatos, acabamos descobrindo que estávamos completamente enganados, né?!?! Rsrsrs E olha que achava que em dramas isso era quase impossível, hein?!?!


@_Dom_Dom

Natyla Peixoto disse...

Gente! Nunca dei nada por esse livro! Amei o enredo e já estou louca para ler e ficar dias pensando no livro.

Leiliane Santos disse...

Ual, gostei bastante da resenha e do plot. Pelo o que eu entendi, quando disse sobre a jovem Aimee, no livro tem a história da avó de Mônica quando jovem, é isso? Parece legal, e ainda mais se tem a ver com a história da Julie no presente. E a capa é realmente linda. Mais um para minha lista que cresce e cresce.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D