Resenha: Dividir e Conquistar (Carrie Ryan) Série Infinity Ring #02

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765176
Ano: 2013
Páginas: 216
Tradutor: Flávia Souto Maior
Sinopse - Dividir e Conquistar - Infinity Ring - Livro 02 - Carrie Ryan
Depois de garantirem que Colombo descobrisse a América e que a Revolução Francesa fosse um sucesso, Dak, Riq e Sera viajam com o Anel do Infinito para tentar corrigir mais uma falha histórica e salvar a humanidade. O cenário agora é a Paris medieval, e centenas de navios tripulados por guerreiros vikings estão cercando a região, prontos para exigir que a população se renda. Sem saber ao certo que caminho tomar, os três jovens acabam causando uma guerra entre os parisienses e os nórdicos invasores, e se preparam para defender a cidade. Mas a situação se complica quando Dak é capturado e forçado a lutar junto ao exército adversário. Em meio a chuvas de flechas, jatos de óleo quente e ataques de catapultas, os três viajantes só conseguirão sair vivos - e continuar sua missão de restituir a ordem do mundo - se encontrarem um aliado entre os soldados inimigos mais ferozes da história. 
 

Para quem ainda não leu o primeiro, a resenha pode ser lida AQUI



Dividir e Conquistar é o segundo volume da série Infinity Ring, dos mesmos idealizadores de The 39 clues. Neste segundo volume Dak, Sera e Riq voltam à França medieval, no ano 885. O problema é que eles não fazem ideia do que fazer para consertar esta fratura. Confiando na inteligência de Dak e seu fanatismo por História, os três farão o que julgarem necessário para garantirem a não invasão da cidade pelos bárbaros nórdicos, e seu guerreiro mais sanguinário, Siegfried, que os garotos estão desconfiando ser um espião da SQ.

O segundo volume está ainda mais frenético do que o primeiro. Carrie Ryan deu uma alavancada muito boa à premissa que já era interessante. Achei que foi notável a diferença do estilo de narração do primeiro livro para o segundo, mas não de forma negativa, acredito que se o nome de Dashner me incentivou a ler o primeiro, a narrativa de Ryan só fez com que eu tivesse mais certeza de que a série vale muito a pena.

Os personagens principais estão mais maduros e levando mais a sério as coisas que estão acontecendo, nota-se uma evolução visível em relação ao primeiro livro. Outra coisa que me chamou a atenção foi a animosidade entre Dak e Riq, achei que eles iriam superar mas está ainda pior neste livro, mas sem tantas tiradas sarcásticas e cômicas como no primeiro livro, e confesso que adorava as trocas de farpas entre eles dois. No primeiro livro eu não gostava muito do Riq mas neste livro, o personagem é um pouco mais explorado no começo e podemos entender o porquê de algumas atitudes dele. Sera é uma fofa e eu a adoro, até rola uma paquerinha em Dividir e Conquistar.

Não vou falar nada do enredo para que os que ainda não leram o primeiro livro possam ler a resenha tranquilamente e livre de spoilers. O que posso dizer é que vale a pena sim continuar a ler a série e preparem-se porque o próximo volume está prometendo, principalmente por ter como autora a Lisa McMann! 

7 Comentários:

Danielle Casquet disse...

Oi Jordana eu vi esse livro no encontro de blogueiros na bienal e o pessoal foi só elogios, ainda nao li nenhum mais ja marquei como desejado!!!

bjs

Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

Lucas Grima disse...

Eu meio que tenho obrigação em ler essa série porque eu faço história. hahaha Conheci a série a partir de outros blogs, e confesso que me chamou bastante atenção.




Acabei de ler a resenha do primeiro livro, no entanto, não fala a idade dos protagonistas. Eles são crianças? Já li toda a série de Percy Jackson, e foi surpreendente porque os protagonistas são crianças. Achei um máximo. Bom, não sei se lerei a série por agora, mais ela me chamou bastante atenção.

ana paula santos moreira santo disse...

Ja ouvi falar nesta série. Parece ser bem legal mesmo. Esta na minha lista de livros para ler.

Rossana Moraes disse...

Obrigada pelo link do primeiro livro :D
Ainda não conhecia a trilogia, mas gostei do fato de envolver alguns fatos históricos pois gosto de história!

Nardonio Alves disse...

Que legal que esse segundo volume deu uma melhorada na série. Estava com um pouco de receio devido a essa troca de autores em cada volume. Que bom que isso não foi problema. Adoro essas trocas de farpas e alfinetadas que rolam com algumas personagens. Espero ter a oportunidade de ler em breve.

@_Dom_Dom

Mah Barbosa disse...

Jordana, ainda não li o primeiro livro, mas já li muitas resenhas sobre, tanto positivas quanto negativas. E uma coisa que acha muito legal e estou curiosa para conferir pessoalmente é que cada livro é escrito por um autor diferente, ainda mais, como você mesma citou, que a diferenças entre as escritas é notável, mas não para um lado negativo. Pretendo começar a ler essa série ainda esse ano.

Ro Angarten disse...

Estou louca para ler essa série, amei a temática. Me lembra um seriado que passava (em 1900 e deixa quieto!) chamado Viajantes do tempo, que eu amava. Esse já esta nos meus desejados ardentemente, kkkkkkkkkkk

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D