Resenha: Indiscreto (Charles Dubow)

segunda-feira, 23 de setembro de 2013


Edição: 1
Editora: Companhia Editora Nacional
ISBN: 9788504018462
Ano: 2013
Páginas: 462
Sinopse - Indiscreto - Charles Dubow

Indiscreto é um livro que subirá um patamar na categoria de livros eróticos. O autor Charles Dubow apresenta a vida idílica de Harry e Madeleine e como o mundo de contos de fadas, a vida dos dois, é abalada quando uma jovem mulher, aparentemente inocente, entra na vida deles. Harry e Madeleine são um desses casais perfeitos, bem-sucedidos e que emanam uma felicidade quase que natural. Ele é vencedor do Prêmio Nacional de Literatura e tem uma carreira promissora pela frente. Ela é abençoada por uma herança de família, irradia beleza, elegância e humildade. Aonde quer que o casal vá, está sempre rodeado de pessoas que querem fazer parte do seu círculo de amizades. Como de costume, eles reúnem vários jovens amigos em sua mansão de veraneio nos Hamptons e a jovem Claire é levada para uma festa na casa do casal, fascinando-os. Ela é linda, mas é considerada inofensiva por conta de sua pouca idade. No entanto, Claire se revela um furacão sensual e acaba por se apaixonar por Harry, e no final do verão eles já não conseguem ser apenas amigos. Apresentando cenários incrivelmente mágicos, que vão dos Hamptons a Roma, Nova York e Paris, cheio de luz e trevas, infidelidade e esmagadoramente sensual, Indiscreto marca a estreia de um novo talento da ficção e seguramente será o livro mais quente do ano!

Oi pessoal, estou aqui para falar de um livro que causou em mim uma grande expectativa e ao final dele uma decepção, pois a divulgação dele falava que seria esmagadoramente sensual e foi aí que fiquei bastante curiosa até pelo fato de ter sido escrito por um homem, pois até então só havia lido romances nesse estilo escritos por mulheres. Ao decorrer desta resenha vocês entenderão a minha decepção.


Indiscreto é o primeiro romance escrito pelo autor Charles Dubow e conta a história da vida do casal Madeleine – conhecida pelos mais íntimos por Mandy – e Harry – um escritor premiado e marido amoroso - , que estão juntos há 20 anos e tem um filho de 9 anos.

O narrador/locutor é Walter, amigo íntimo da família, que descreve os acontecimentos em fatos, porque segundo o mesmo em alguns não estava presente e precisou colher informações de outras pessoas envolvidas e relatos escritos pelo próprio Harry em um de seus livros.

Mandy e Harry vivem felizes, tem uma casa de praia em Hamptons, onde no verão sempre fazem questão de reunir os amigos para passarem os fins de semanas e foi justamente em uma de suas festas de verão que aparece Claire – uma jovem muito atraente e bonita – com apenas 26 anos. Há, já ia me esquecendo de mencionar que todos do ciclo de amizade do casal têm por volta de 40 anos.

Logo de cara a garota se apaixona e tem uma atração muito forte por Harry, por várias vezes percebemos algumas indiretas no decorrer desse fatídico verão, mas sinceramente não consigo entender como que ninguém não percebe, porém como ama muito sua esposa ele resiste as investidas dela em um desses finais de semana.

O que achei mais interessante foram as passagens de tempo do livro, são separadas pelas estações do ano e bem no outono a resistência de Harry é testada e como ninguém é de ferro ele se entrega aos encantos da nossa ninfeta e destruidora de lares. Não estou julgando ninguém, mas fiquei com muita raiva dos dois, pelo simples fato de acharem que não faziam nada de errado e agirem naturalmente, principalmente ele com sua esposa, uma mulher muito dedicada, atenciosa e compreensiva. Mas vai entender o que passa na cabeça de um homem quando se trata de traição!

Como falei no início, o livro é contado aos olhos de Walter e ficamos conhecendo um pouco a sua vida: um solteiro convicto, advogado de sucesso, muito rico e que alimenta em seu coração um amor platônico por  Mandy sua amiga de infância, mas sabe que tudo que ela sente é só uma profunda e sincera amizade.

Bom, não vou estender muito a resenha até para não estragar esse drama. Isso mesmo, pra mim esse livro não tem nada de “esmagadoramente sensual”, até porque as cenas sensuais são bem leves. Particularmente achei a escrita e a história bem chata, muito confusa e por isso demorei muito para ler. O narrador perde muito o fio da meada, deixando a gente sem entender o porquê dele estar falando sobre assuntos que fogem do contexto daquilo que está sendo relatado.

Mas pra quem gosta de ler drama familiar, estilo novela das 20hs, esse livro cai bem, eu já não gosto. Referente à capa está muito bonita, a diagramação dos livros da Editora Companhia Nacional, mais uma vez me surpreendeu pois continuam belíssimas e as letras em tamanho perfeito para facilitar ainda mais a leitura.

Bom pessoal, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado.

7 Comentários:

Danielle CGA Souza disse...

Eu gostei da leitura, embora concorde plenamente que de sensual/erótico não há quase nada.
E tb fiquei muito brava com Claire e Harry, mais com ele por conta do que sabemos mais para frente...
Eu li em dois dias, apesar de achar um tanto entediante...

Mah Barbosa disse...

Xiiiiiii, é horrível quando um livro te pega e a leitura cresce, cresce e o fim de-sa-ba!
Gostei da resenha e adorei a forma como o livro é dividido, pelas estações.
Não parece ser um livro que nos faça perder tempo, mas acredito que não irei lê-lo com tantas expectativas.

Nardonio Alves disse...

Pelo jeito, essa sinopse faz uma bela de uma propaganda enganosa. Vende a ideia de que é um romance bem quente, mas na verdade é quase um drama romântico. Confesso que não me interessei.

@_Dom_Dom

Rossana Moraes disse...

Que interessante o livro ser escrito por um autor e não autora. Entendo a vontade de ler o livro. Eu não li ainda mas é uma pena que você não tenha gostado.
Eu amo novela das 20hrs então acho que esse livro vai realmente me cair bem, rs.

aninha disse...

não conhecia o livro... sabe Camila, quando isso acontece, eu só"culpo" a editora que quer vender uma história quando realmente não tem nada a ver com aquilo que foi passado. não custava classificar o livro como drama ao invés de sensual. a capa é mesmo bonita e cheio de significados, mas a história do livro me pareceu rasa, sem aquele OOO todo. eu não o leria de imediato. =/

Ro Angarten disse...

Que pena! A sinopse parecia apresentar uma livro maravilhoso, mas pela resenha pareceu mais a novela Amor a Vida, mas sem o Félix para animar a história. Nada contra a novela, mas creio que a sinopse é para seguir o que o livro conta e não fazer propaganda dele (ainda mais quando é enganosa). É igual aquelas sinopses que ao invés de falar da história do livro, falam da história do autor. Esse não vai para minha lista.

mary disse...

não acho que a Claire seja NINFETA nada disso...

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D