Resenha: Limiar (Jessica Warman)

sábado, 7 de setembro de 2013

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501091406
Ano: 2013
Páginas: 392
Tradutor: Regiane Winarski
Sinopse - Limiar - Jessica Warman
Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo. E que ela está morta. A única companhia dela é Alex, um menino que morreu um ano antes em um acidente de carro. Juntos, tentarão solucionar o mistério da morte dela, reconstruindo seus últimos dias de vida.

Me interessei por Limiar logo quando recebi e-mail da galera record com as novidades, a primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa, que é deslumbrante, e depois a sinopse. Confesso que relutei um pouco por ser YA sobrenatural e eu já estava meio cansada desse estilo, mas mesmo assim decidi arriscar para ver qual era. Bela escolha.


A trama inicia-se com Liz Valchar acordando no iate de sua família, um barulho muito irritante a desperta, ela levanta para ir ver o que é, pois acha se tratar de um peixe que ficou preso entre o casco e o cais. Quando vai ver, não é um peixe, mas sim um corpo, mas espera... é o SEU corpo! Liz entra em pânico e decide buscar ajuda mas ninguém a vê ou escuta, então ela constata o óbvio, está morta mesmo. Então a menina percebe que não está sozinha, um rapaz consegue vê-la e ouvi-la, mas ele também está morto, este é Alex, um jovem da mesma região que morreu há quase um ano. Ambos não entendem porque estão juntos, mas há algo em comum entre eles, Liz e Alex, eles só não sabem o que ainda. 

Era a noite de seu aniversário de 18 anos e ela e seus amigos Mera, Caroline, Topher, seu namorado Richie e sua meia-irmã Josie estavam se divertindo a valer no barco, bebendo e usando drogas, até que todos adormeceram. Liz não lembra de nada, não faz ideia de como morreu, se for acidente ou assassinato. E então Alex começa a viajar com ela através de suas lembranças desde a infância até dias antes de sua morte e aos poucos as coisas vão se encaixando, e Liz percebe que cada atitude que tomou foi decisiva para sua morte. 

Liz era uma adolescente detestável. Rica, fútil, mimada, que sempre teve tudo, enfim, a perfeitinha da família e da escola. Mesmo depois da morte ainda continua a mesma insuportável de sempre, fato que Alex não a deixa esquecer. Ele deixa bem claro que a odeia e que não sabe porque está destinado a acompanhá-la na morte e nem por quanto tempo. Mas aos poucos eles vão se conhecendo melhor, que ironia não? e através das lembranças de Liz, ele percebe que ela tinha motivos para ser daquele jeito, afinal fora fruto de uma criação defeituosa.

Bem, para ser sincera, pouco depois de conhecermos um pouco as pessoas com quem Liz convivia conseguimos saber o que aconteceu com ela, apenas algumas coisas foram de fato uma surpresa no final, mas mesmo sendo previsível, Limiar é um excelente livro. A narrativa é rápida e fluida e as personagens são muito bem construídas. Richie é um dos meus personagens favoritos, e mesmo com todos os seus defeitos Liz também é bem interessante. Achei muito interessante o recurso que a autora utilizou para contar a história de Liz, os flashbacks, dessa maneira conseguimos ter uma visão privilegiada do que foi a vida de Elizabeth Valchar e formular nossas próprias teorias acerca do mistério que envolvia sua morte. 

Limiar não é só mais um YA sobrenatural. É um livro que te faz refletir sobre escolhas, sobre o que realmente importa nessa vida que às vezes é tão curta, refletir que para morrer basta estar vivo. Trata de problemas que acontecem o tempo todo bem embaixo de nossos narizes e insistimos em não ver, como transtornos alimentares, uso de drogas por adolescentes, bullying, inveja, e vários outros problemas. 

Recomendo o livro para quem gosta do estilo YA Sobrenatural e quem gosta de suspenses. 

10 Comentários:

Lucas Grima disse...

Interessante. Esse é o tipo de gênero que me atrai bastante. Cheio de mistérios, segredos e pela resenha tudo indica que há um final surpreendente. Na maioria das vezes enquanto há um corpo, há diversos suspeitos. Listado.

Rafaela Saturnino disse...

Essa capa do livro me deixou apaixonada… rs… Mas acho que vou deixar para comprá-lo mais pra frente, é chato quando um livro é previsível
Mas ainda vou dar uma chance a ele, pois gosto do tema.

Beijos

aninha disse...

também fiquei interessada nele pela capa, mas quando li a sinopse, eu fiquei um pouco receosa porque logo que vi que a protagonista morre, pensei imediatamente naquele lenga lenga de que alma fica buscando o porque.... mas pela resenha, tem coisas mais interessantes, como toda a vida 'errada' que Liz levava com os amigos, Alex que também está morto (!) e toda essa reflexão sobre problemas que como você tão bem apontou, estão aí na nossa cara e que muitas vezes não ver. sua resenha me fez mudar de idéia, vou marcar no meu skoob e procurar ler =) bj!

Neny disse...

Assim que vi a capa eu achava que trataria de outro tem, uma feliz surpresa em saber que é um livro de misterio e sobrenatural, adoro assim rs.
E fico aqui tentando saber oque liga ela com o garoto que tem que acompanha la, pois acredito que deva ter uma ligação.Pretendo le lo, parece ser um livro interessante,
beijos.

ana paula santos moreira santo disse...

Muito bom, muito mistério. Esta na lista para eu ler.

Jéssica Antunes disse...

A Capa esta linda demais mesmo. Adorei !! Com certeza irei colocar na minha lista de desejados . Quero muito

Rossana Moraes disse...

Só de ler a resenha eu fiquei apaixonada por esse livro!
Eu admiro livros que nos passam coisas boas e nos mostram um pouquinho sobre o real da vida.
Quero muito ler!

Nardonio Alves disse...

Achei tudo bem interessante. Quer dizer, só a capa que me causou uma certa aflição. Rsrsrs
Gosto de suspenses, e se junto a ele vir uma trama que nos faz refletir sobre muitas coisas, gosto mais ainda. Mesmo essa trama sendo um pouco previsível, fiquei com vontade de ler.

@_Dom_Dom

Mah Barbosa disse...

É verdade, Jordana, tanto a capa quanto a sinopse são intrigantes e convidativas.
E como assim, o corpo de ali e ela de outro lado?!!! PASMA! Tadinha, fiquei com dó do desespero dela de ir atrás de alguém, mas ninguém vê, nem escuta.
Gostei de que a Liz não era uma pessoa tão legal e irá perceber isso no decorrer da trama. E já estou bem curiosa de saber qual a ligação entre ela e Alex.
Estou amando ler YA, mas não li nada sobrenatural do gênero, então começarei por ''Limiar''.

Ro Angarten disse...

Gostei da sinopse deste livro, adoro histórias sobrenaturais. A primeira vez que vi a capa pensei que o livro fosse sobre sereias ou algo assim. Gosto dessa busca dos mortos pela causa de sua morte ou pelo motivo de ainda estar preso a este mundo.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D