Resenha: Os Náufragos (Elin Hilderbrand)

quarta-feira, 4 de setembro de 2013


Título: Os Náufragos
Autor: Elin Hilderbrand
Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528616897
Ano: 2013
Páginas: 448
Tradutor: Dênia Sad Silveira

Sinopse: Quando o professor de música Greg MacAvoy passa uma chuvosa noite de domingo com uma bela aluna do último ano do ensino médio, os boatos se espalham na cidade. Os comentários desgastam o casamento de Greg, e sua mulher, Tess, se divide entre o amor pelo marido e um segredo só seu.
Com a chegada do aniversário de casamento, porém, os MacAvoy saem no veleiro para comemorar, na esperança de que a tormenta tenha ficado para trás. Em vez disso, chega uma notícia trágica: Greg e Tess se afogaram misteriosamente. O que terá acontecido com o casal?

Os Náufragos da Elin Hilderbrand é um dos lançamentos recentes da editora Bertrand, e a sinopse me chamou atenção logo de cara. Como sempre eu sou um desastre com gênero, pensei que fosse um suspense e era um drama (podem rir).

            Tess e Greg, Phoebe e Addison, Eddie e Andrea, Dellaney e Jeff são casais de amigos que moram em uma ilha pequena e ensolarada. Quando Tess e Greg morrem afogados ao sair para velejar e comemorar o aniversário de casamento, segredos e dramas começam a se desenrolar. Greg havia sido acusado no ano anterior de assédio por uma de suas alunas e após sua morte essa é um dos assuntos não esclarecidos que o grupo de amigos começa a se questionar, mas não é apenas isso, Tess também estava estranha nos últimos tempos, mentindo e escondendo algo que não queria que Andrea, sua prima, soubesse. Segredos, mentiras, culpa e a tristeza da perda dos amigos começam a passar por cada um dos amigos que restaram, eles começam a se questionar sobre suas próprias vidas e as relações que mantem tanto com seus respectivos parceiros, como com seus amigos.

            Eu adoro dramas e todo mundo sabe disso, esse livro não poderia ser diferente. Se alguém me perguntasse agora sobre o que se trata Os Náufragos eu diria que é um livro sobre perda, culpa, luto, amizade, amor e perdão. Cada um dos personagens passa por cada uma dessas fases, através da perda eles conseguem de certa forma se enxergar melhor, sair de suas bolhas, olhar um pouquinho mais ao redor. Com certeza minha personagem preferida é a Phoebe que conseguiu extrair a força que precisava de uma tragédia, de todos os amigos ela é a primeira a começar a se reconstruir, além de representar um tema importante, que são os parentes de vítimas do 11 de setembro que não conseguiram se recuperar e que carregam marcas psicológicas sérias. Minha única crítica ao livro, não é bem ao livro, mas a sinopse que engana o leitor e nos leva a acreditar que é um livro de mistério, quando na realidade é um drama. Se eu não amasse dramas teria ficado extremamente decepcionada com a leitura.


            A capa do livro é linda e bem romântica com esse casal vestido de branco e de mãos dadas, a diagramação também está fantástica, com letra em tamanho ideal e com alguns detalhes bem legais. É mais um livro para a minha coleção de dramas!

10 Comentários:

Neny disse...

Uma pena a sinopse dar a entender uma coisa e o livro tratar de um assunto totalmente diferente.
Eu gosto de dramas, mas acho que este livro não é pra mim, eu não ando numa onda de dramas de casal..mas achei interessante e fiquei querendo saber mais deste casal e o que realmente aconteceu com eles. Quem sabe se ele sair em uma promo no sub eu compre, beijos.

aninha disse...

não conhecia esse livro! que livro interessante, foi preciso uma tragédia acontecer para que os demais personagens comecem a perceber que nem tudo é o que parece. gostei demais da resenha, realmente a sinopse engana mesmo. a capa é linda, tem todo um significado. a Bertrand dificilmente erra na diagramação, é sempre bom ler um livro dessa editora. adorei a dica, vou ja marcar no meu skoob =)

Cris Aragão disse...

Eu ainda não tinha visto esse livro, realmente a capa é bem bonita. Eu não costumo ler sinopses e por issso não seria enganada, sempre leio livros por indicação ou se ele me chama atenção na livraria, leio o primeiro parágrafo para ver se me interessa.

Ro Angarten disse...

Nossa, eu também achei que seria suspense! Tem alguns livros que não se pode confiar na sinopse, para isso temos a resenha para salvar. Confesso que fiquei atraída quando pensei que era suspense, mas deu uma baqueada agora. Não sou muito fã de drama. Mas a capa é linda e fiquei contente por ler esta resenha antes de comprar esse livro e me decepcionar.
Bjs

Lucas Grima disse...

É verdade o que a Nany disse no comentário abaixo. A sinopse nos leva a crer que é um livro de suspense, mais pela resenha é algo diferente. Eu leria esse livro pela sinopse, adoro suspense. Não tenho costume de ler drama, mais estou tentando explorar novos gêneros.

Rafaela Saturnino disse...

Parece ser um livro bem legal, intenso, cheio de emoções e sentimentos muitos reais com personagens incriveis. Pela capa eu achava que era um romance, mas pela sinopse achei que era um suspense, e prefiro que seja um drama. Não gosto muito de suspense, então, acho que é um bom livro para mim.
Parabens pela resenha. Beijos

ana paula santos moreira santo disse...

A capa é bonita, mas parece muito melancolico. Esse não da para mim.

Jéssica Antunes disse...

Nunca tinha lido nada desse livro, mas gostei bastante.
A capa realmente esta linda e o conteudo tb.

Rossana Moraes disse...

A capa do livro não me chamou muita atenção para falar a verdade...
Mas como eu curti a sinopse e a resenha, ai deu vontade de ler. Pelo fato de ser um drama e ter um misto de sensações envolvidos.

Nardonio Alves disse...

Confesso que se fosse um suspense, eu iria gostar bastante. Não sou fã de dramas, mas às vezes, gosto de sair da minha zona de conforto e me jogar em um deles. Até que achei essa história interessante. Agora isso que você falou é sério mesmo. A sinopse nos direciona pra uma coisa que a trama em si não dá. A Editora deveria tomar mais cuidado com isso.

@_Dom_Dom

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D