Resenha: Segredos na Escuridão (Sadie Matthews) Trilogia After Dark #02

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Edição: 1
Editora: Companhia Editora Nacional
ISBN: 9788504018448
Ano: 2013
Páginas: 376
Sinopse - Segredos na Escuridão - After Dark - Livro 02 - Sadie Matthews
Segundo livro da trilogia iniciada em Chamas na escuridão. A paixão por Dominic transformou Beth por completo. La se entregou totalmente a ele, colocando seu coração e sua confiança em suas mãos, participando de seus jogos e realizando todos os seus desejos. Mas, num momento, ele perde o controle...


Oi gente, olha eu aqui de novo e dessa vez pra falar do segundo livro da série After Dark, da autora Sadie Matthews: Segredos na Escuridão. Então por favor, quem não leu o primeiro Chamas na Escuridão – que já tem resenha aqui no blog – não fiquem chateadas comigo pois não tenho como evitar spoiler, vou tentar, pelo menos, não entregar muito a história.


Pois bem, nesse segundo livro Beth ainda está em Londres em seu novo emprego, como assistente pessoal de Mark Palliser – um renomado avaliador de artes - e morando com sua amiga do tempo da escola, Laura. Já Dominic está “sumido” há seis semanas sem dar notícias, até onde ela sabe ele continua viajando à trabalho para o todo poderoso russo Andrei Dubrovski.
Beth odeia o chefe de seu amado desde o dia em que Dominic precisou partir e o maior culpado, em sua opinião, de separá-la de seu grande amor é Dubrovski, tanto que em suas aulas de artes marciais é nele que pensa quando está esmurrando e chutando seu professor, tamanho o ódio que sente. Em sua mente fértil, vem a imagem de um homem gordo, grisalho, meio careca, tipo aqueles mafiosos que assistimos em filmes do Poderoso Chefão.

Por ironia do destino, seu chefe trabalha para o tal “mafioso russo” e a chama para uma viagem à França para avaliar uma das obras de artes mais famosas a qual Andrei quer em sua coleção particular. Com a esperança de ver seu lindo e sedutor Dominic, ou até mesmo ter notícias dele, ela aceita a oferta de imediato.
E é aí que se surpreende totalmente, ao ver que o homem horrendo que tinha em sua mente não tinha nenhuma das características dos filmes. Andrei Dubrovski é um GATO: loiro, forte, alto, olhos azuis, uma presença marcante e todo poderoso, estilo homem Alfa. Daqueles que ninguém consegue dizer não (em todos os sentidos tá meninas!).
Foi exatamente nessa hora que agradeci o fato da nossa protagonista ser tão descritiva: Que homem é esse?! – pausa para um suspiro... 

Como vocês perceberam esse “gato russo” veio pra balançar as estruturas do nosso casal, deixando Beth dividida pela forte atração que Dubrovski causa nela e o fato de Dominic sempre está ausente ainda ajuda muito para que isso ocorra. Vou confessar uma coisa para vocês, não é só ela que fica dividida entre os dois não, nós também ficamos. E as cenas picantes, como não falar delas, estão cada vez melhores, estão com a “corda” toda dessa vez.
Bom, esse livro como o próprio nome diz existem segredos bem obscuros que nos deixa com aquela pulguinha atrás da orelha e sem saber o que realmente aconteceu e isso foi o que mais me deixou ligada sem querer largar a leitura um só segundo. A autora faz com que a gente fique literalmente roendo as unhas de tanto suspense.

Mas uma coisa não mudou em nada e se acentuou ainda mais nesse livro: Beth continua mais detalhista do que antes. Sério mesmo, esses dias estava falando com a Priscila e uma coisa tenho que concordar com ela, nossa protagonista sofre de DDA (Distúrbio de Déficit de Atenção) em alto grau e olha que a Pri ainda tá no primeiro livro, imagina só quando for ler o segundo. Não sei se lembram do desenho animado O Fantástico Mundo de Bobby – gente não se preocupem se não lembrarem, pois muitas de vocês ainda deveriam ser bebês nessa época.

Pois é assim que eu defino a mente dela nesse segundo livro, basta dar um tema qualquer que ela desenvolve uma grande história, tornando dessa vez a história bem divertida, pois Beth tem uma imaginação muito fértil, principalmente quando se trata de Dubrovski.
Adorei o livro e não vejo a hora de ler o desfecho para saber como Beth vai lidar com esses homens maravilhosos. A diagramação continua perfeita, seguindo o mesmo estilo do livro anterior, as capas dessa trilogia são belíssimas e a leitura flui bem rápida.

Espero que tenham gostado e até as próximas aventuras quentíssimas de Beth e Dominic.

17 Comentários:

Lucas Grima disse...

Gente, pelo que li na resenha, esse livro vai na mesma linha que esses livros eróticos né? 50 Tons de Cinza abriu caminhos para consolidar um novo gênero literário. Confesso que não me atraio muito por esse tipo de leitura. Minha mãe e minha irmã adoram, vou sugerir para elas.

Neny disse...

Adoro esta onde de livros eroticos, nos mulheres adultas rs, precisavamos deles rsrs.
Ainda não li o preimeiro mas pretendo e curiosa pelo livro e saber mais de Dominic..hum..tem mais homens..gosto de erotico, mas de suruba não rs. Mas vou ler e espero gostar, beijos.

aninha disse...

hum interessante... rsrs gato russo? ainda não li o primeiro livro, mas gostei desse toque tipo um triângulo amoroso. Beth vai 'sofrer' um pouquinho divida entre esses dois em. eu vi as capas dessa trilogia, são lindas mesmas, uma sensualidade quase tocando a pureza. acho lindo e espero poder começar a ler logo. =)

ana paula santos moreira santo disse...

Ainda não li o primeiro volume, mas já me disseram que é muito bom.

Jéssica Antunes disse...

Nossa maravilhosa a resenha e o enredo desse livro tb é excelente. Quero muito ler, mas desde o inicio. Não sabia nada desta serie. Mas é imperdível.

Rossana Moraes disse...

Gosto de livros bem detalhistas.
Então, eu assistia O Fantástico Mundo de Bobby *-----*
Fiquei curiosa agora para ler o livro :D

Nardonio Alves disse...

Como ainda não li o primeiro volume, preferi pular para os últimos parágrafos dessa resenha, pois tive receio de ler algum spoiler. Acho legal quando a editora respeita a diagramação da série e mantém o mesmo padrão em todos os volumes. Ponto positivo para a Editora.

@_Dom_Dom

Ro Angarten disse...

Não conhecia essa série, aliás o que mais está surgindo é livros com esse tipo de temática. Espero que ela escreva bem, por quê não achei interessante a forma de 50 tons, mas gostei muito dos da Sylvia Day. Adoro spoilers, sempre me ajudam a escolher os livros que quero ler, aliás quanto mais me contam de uma história, mais eu quero lê-la. Amei a alusão ao Mundo de Bob, minha mente é bem assim também, kkkkkkkk Vou ler a resenha do primeiro e colocá-los na fila de leitura!!!

Anne Viana disse...

Não curti muito esse segundo livro não...virou uma esculhambação medonha isso me lembrou da doidinha lá de House of Night que ficava com qualquer um que aparecesse...só me lembrou viu..

http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

Franciele Débora disse...

gostei da resenha, não vejo a hora de ler !!

ELIZABETH MACHADO DE SALLES disse...

Muito bom seus comentários e os detalhes que você menciona do livro, juro que amei. Essa série tem muita testosterona pelo que vi. fiquei mais que empolgada pelo tal chefe de Dominic. Ansiosa pra ler.

Rafa Correia disse...

Muito ansiosa para ler a trilogia! Já ouvi muito falar, mas ainda não tive a oportunidade. Espero ter chegado a vez!

Michelli Santos Prado disse...

Estou cada vez mais apaixonada por esta série, parece haver um crescimento da personagem e isso me agrada bastante!!

Vanilda Procopio disse...

Eu ainda não li o primeiro livro mas gostei de saber que o segundo volume não cai em qualidade e ainda acrescenta uma dose de humor à história, que eu acho que sempre faz uma diferença em qualquer enredo.

Tata nanda disse...

o livro parece meio erotico né?

Ilana Prudente disse...

Não li o primeiro livro, mas esse (como em geral nas trilogias), me pareceu mais interessante. :)

Bruna Souza disse...

Ahh essas resenhas, ainda não li o primeiro livro, mas tô muito ansiosa para ler e esse também!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D