[Resenha] Esc@ndalo (Therese Fowler)

quinta-feira, 28 de novembro de 2013



Título: Esc@ndalo
Autor: Therese Fowler
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633176
Ano: 2013
Páginas: 384

Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.


Escândalo da Theresa Fowler é um dos lançamentos da Editora Novo Conceito e foi o primeiro e último livro dessa autora que eu me aventuro a ler. Quer saber por que? Aperta o play na música e vem comigo:


            Amélia e Anthony são dois jovens que se apaixonaram a primeira vista, ela é filha do dono de uma franquia de concessionárias de carros luxuosos e Anthony o filho de uma simples professora de francês (olha o bullying). O que acontece é que o pai de Amélia não aceita que a filha se apaixone por um pobre e quando descobre fotos do garoto peladão no computador da filha ele: CHAMA A POLÍCIA! Isso mesmo, amigos , ele chama a polícia e acusa o menino de estar distribuindo pornografia para menores, pois sua filha inocente de 17 anos jamais pediria ao garoto fotos dele pelado. O que o pai de Amélia não poderia prever é que a garota também tinha mandado fotos pelada para o namorado e que o promotor da cidade iria usar os dois como exemplo para outros jovens que atentam contra a moral e os bons costumes.

            Minha gente, primeiro vamos comentar sobre o marketing da editora vendendo o livro com “Romeu e Julieta dos dias atuais” PAUSA



            Só: NÃO! Só por que o livro é dividido em três atos não quer dizer que ele seja Romeu e Julieta ok? Eu acho que seria muito mais honesto algo como: “Uma mistura de Rebelde com Maria do Bairro” porque esse livro é uma versão barata de enredo de novela mexicana. Vamos lá analisar, o pai da criatura pensa que a filha é santa, despiroca e manda prender o namorado secreto da garota. A pobre mal consegue falar por que os pais não deixam a menina falar duas frases sem dizer que ela é uma doida com idade mental de cinco anos. O carinha, coitado é acusado de estuprador, criminoso sexual e sei lá quantas só por que a namorada pediu fotos dele peladão! Gente em que mundo isso não é normal? Os dois namoravam e se viam pelados direto! Em que mundo um promotor de justiça vai fazer um verdadeiro escarcéu por que namorados trocaram pornografia e olha que a pornografia nem foi parar na rede. Ok, vocês devem estar pensando: mas liberdade criativa né? Gente, segundo a autora essa história foi baseado em fatos que aconteceram com o filho dela!  Agora, vamos continuar a análise, a mãe do pobre garoto aguenta tudo enquanto a mãe da menina mal abre a boca para defender a filha que está sofrendo horrores. A Amélia só poderia ser chamada de Amélia mesmo, pois ô criatura passiva, ela tenta se defender, mas tudo que pensa é que o pai vai “cair na real” hunrrum! Não consegui me identificar com ela, minha personalidade gritava a todo momento “criatura te avia e pelo menos grita, se rebela, bate as coisas, quebra pratos em casa” por que era assim que a Priscila adolescente reagiria, no mínimo eu faria da vida dos meus pais um inferno até eles verem que de santa eu não tinha nem o micróbio que habita a unha do pé! Enfim, não quero me estender muito, mas o livro é cheio de absurdos, de exageros que não convencem e digno de um prêmio e adaptação para a televisa!

            A diagramação da Novo Conceito está boa, sem muitos atrativos. Já a capa traz mais uma falha, por que se era pra representar Amélia e Anthony não custa nada ler as características físicas dos personagens, pois o Anthony tem cabelo castanho e encaracolado e não loiro e liso como o modelo da foto.


9 Comentários:

Carla A. disse...

Comecei a rir sozinha quando vi o vídeo de Maria do Bairro no meio do post. Realmente esse enredo é meio sem pé nem cabeça...

Beijos, Entre Aspas

Michelli Santos Prado disse...

Este livro me chama bastante a atenção pois tenho curiosidade de ler, e já li algumas resenhas sobre a historia e confesso que estou com bastante dúvida..Pois as opiniões sobre são bem " amaram ou odiaram"...Mas por enquanto não irei compralo.

ELIZABETH MACHADO DE SALLES disse...

Nossa você foi muito radical com o livro. Se for realmente isso tudo que você menciona ai, nem vou perder meu tempo em ler este romance. Novelas mexicanas não faz meu feitio. Basta. Beijos.

DreehLeal disse...

Opinião não se discute, mas eu gostei do enredo e sinceramente, não duvido que isso aconteça em algum lugar do mundo, até mesmo no Brasil. Infelizmente existem muitas pessoas ignorantes - como o pai da protagonista - ou que trata os filhos como santos, se recusando a acreditar que ele cresce e vai passar por momentos onde vai querer testar coisas novas. Com relação ao Promotor, acho que ele se enquadra em pessoa ignorante e - sem querer recriminar - provavelmente do interior.
Enfim, eu continuo querendo ler o livro. Já percebi que irei me revoltar com a passividade da protagonista, mas também sei que irei parar para pensar nas atitudes - corretas ou não - dos personagens.

Beeijos, Dreeh.
Blog Mais que Livros

Mariana Diaz disse...

Rindo muito aqui e realmente li a resenha ouvindo o video da maria do bairro! kkkk
Gente, eu não consigo conceber uma pessoa mandar fotos suas pelado para alguem. É vc dar um poder enorme para uma pessoa, um poder de te constranger demais se a pessoa quiser. Eu não faria.
Ok q foi o pai da menina q fez isso com as fotos, mas mesmo assim...
Vou passar longe desse livro. -_-

Fábrica dos Convites disse...

Ah Priscila, eu gostei do livro. Não achei novela mexicana não, e o mote do Romeu e Julieta para mim teve sentido. Mas concordo que A Amélia deveria ter chutado o balde.
Bjs, Rose.

aninha disse...

mas que resenha genial! kkkkkkkkk! amei o video e o gif! não por nada, mas eu sentia que esse livro não era lá tudo isso, e verdade seja dita, parece mesmo uma novela mexicana, é tão iverossímel que hoje em dia alguém seja tão submissa a um pai ou a uma mãe desse jeito, e principalmente nesse caso. a autora quis ressaltar a injustiça cometida no caso, mas ó, tô rindo igual a Paola do gif. obviamente, não vi está na minha lista de leitura. rsrs.

Nardonio Alves disse...

Pior que gosto de novelas mexicanas. Rsrsrsrs
Eu até que gostei desse enredo, pois se formos levar pra outro lado, essa questão de troca de fotos comprometedoras, pode causar uma confusão tremenda. O problema nesse livro é que as ações das personagens estão bem aquém das que realmente aconteceriam na "vida real". É realmente uma pena que não rolou um bom livro.

@_Dom_Dom

Andréia Renata disse...

O vídeo não abriu aqui :( kkkkk adorei a sua resenha, sinceramente, quando vi que escândalo seria um dos lançamentos da NC já o adicionei a minha lista de desejados, mas já estou mudando minha opinião sobre essa estória, até agora não li nenhuma resenha na qual o escritor dissesse que gostou, ou elas foram imparciais ou já afirmavam logo de cara que não gostou do livro. Vou tira-lo da minha lista de desejados, só vou lê-lo se o destino fizer esse livro parar nas minhas mãos, rs.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D