Resenha: A Casa de Hades (Rick Riordan) Série Os Heróis do Olimpo #04

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013



Edição: 1

Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580574210
Ano: 2013
Páginas: 496
Tradutor: Alexandre Raposo, Edmundo Barreiros
Sinopse - A Casa de Hades - Os Heróis do Olimpo - Livro Quatro - Rick Riordan
A tripulação do Argo II enfrenta dias difíceis. Inimigos espreitam no caminho para a Casa de Hades e o moral da equipe está baixo após a perda de dois integrantes importantes em Roma. Para chegar às Portas da Morte e tentar impedir o despertar de Gaia, nossos heróis Hazel, Jason, Piper, Frank e Leo vão precisar fazer alianças perigosas, encarar deuses instáveis e combater os asseclas enviados pela sanguinária Mãe Terra para detê-los.A situação é ainda pior para Percy e Annabeth. Após caírem no Tártaro, os dois passam fome, sede e sofre com diversos ferimentos enquanto são caçados por vários inimigos que derrotaram ao longo dos anos e que agora surgem das sombras em busca de vingança. A única esperança da dupla de voltar para o plano mortal reside em encontrar as Portas da Morte e fechá-las de uma vez por todas. No entanto, uma legião de monstros fiéis a Gaia defende as Portas, e nem Percy nem Annabeth estão em condições de enfrentá-la.



A Casa de Hades é o 4º volume da série Os Heróis do Olimpo, de Rick Riordan. Se você não leu os volumes 1, 2 e 3 inevitavelmente lerá spoilers, então se não está preparado para isso é melhor fechar essa página antes que seja tarde demais. Para ler as resenhas anteriores da série clique nos links abaixo:





Quando a Intrínseca confirmou que iria lançar A Casa de Hades no mesmo mês em que fosse lançado nos Estados Unidos a comoção foi geral. Eu mesma quase fiquei louca porque a ansiedade era demais. A Marca de Atena teve um final de deixar os cabelos de pé quando, depois de uma batalha aterradora com Aracne, Annabeth e Percy caem no Tártaro e uma vez lá eles precisam encontrar as Portas da Morte para poderem assim retornar ao mundo dos vivos. No lado humano os semideuses também precisam encontrar as Portas da Morte para evitar que Gaia desperte e destrua a todos, e ao mesmo tempo impedir que o acampamento Júpiter encontre e destrua o acampamento Meio Sangue. Ufa!!! É tanta coisa acontecendo que eu cansei de narrar só o primeiro parágrafo da resenha. 

Não vou falar mais nada do enredo porque é maltratar demais quem ainda não leu, mas o que posso falar é que Rick Riordan é um gênio e está me surpreendendo a cada livro que escreve. Me surpreende não pelas aventuras em si, que são a cada história mais criativas, mas sim pelas situações em que ele coloca os personagens, pelos conflitos que inflige a cada um. Apesar dos personagens serem semideuses e muitos possuírem poderes, os problemas que cada um vive são os mesmos problemas que qualquer adolescente humano e normal possui e isso é o que torna a história tão agradável. Nós nos identificamos verdadeiramente com os personagens de Riordan.

Neste livro particularmente eu me surpreendi - e sofri - com um personagem: Nico. Ele guarda um segredo que eu jamais ousei imaginar, e duvido que qualquer outra pessoa fã da série tenha adivinhado que segredo era esse. É um segredo ruim? De maneira nenhuma, mas é no mínimo diferente para o público-alvo dos livros. Mas essa forma que Rick Riordan trabalha a cabecinha dos seus leitores é sensacional. Com personagens cativantes os jovens vão aprendendo a aceitar as diferenças e quem sabe até acabar com algum preconceito que por ventura tenham. 

A narrativa persiste como sempre, alternando os pontos de vista, eu gosto muito do PoV do Leo, ele é um personagem que me cativou desde sempre. Leo ganhou um destaque maior nesse livro e isso me deixou bem feliz. As partes contadas a partir do PoV de Percy, lá no Tártaro são demais e eu adorei reencontrar personagens (mesmo monstros) que o próprio Percy mandou pra lá, como Kelli, a empousai. 

Em minha opinião, A Marca de Atena é imbatível, melhor livro da série, mas A Casa de Hades também é muito bom. Rick Riordan está deixando a série mais séria, desculpem o trocadilho. A situação está cada vez mais complicada e ele meio que dá abertura para umas futuras perdas, quem sabe não é? Espero que não aconteça mas por via das dúvidas já comecei a me preparar psicologicamente. 

Sobre capa linda, revisão impecável e diagramação satisfatória, a Editora Intrínseca dispensa comentários pois sempre capricha nessa parte. E nem preciso dizer que recomendo loucamente qualquer coisa escrita pelo Riordan né? Leiam! Leiam! Leiam!

| comente (:

aninha disse...

briguem comigo, mas eu ainda não li um livro do Riordan. não por falta de interesse. eu acho que a série Os Heróis do Olimpo faz muito mais meu estilo do que Percy Jackson, apesar de ter alguns personagens na outra série. enfim, A Casa de Hades era mesmo um livro muito aguardado pelos fãs, e pelo visto não decepcionou! os personagens cada vez mais maduros, enfrentando as aventuras e aceitando os segredos de seus amigos. essa capa pra mim é de longe a melhor dessa série, é muito massa! vou fazer assim, agora em 2014 vou começar a ler essa série e comento contigo o que achei! rs bj!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D