Resenha: Veneno (Sarah Pinborough) Série Encantadas #01

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Edição: 1
Editora: Única 
ISBN: 9788567028002
Ano: 2013
Páginas: 224
Tradutor: Edmundo Barreiros
Sinopse - Veneno - Saga Encantadas - Livro 01 - Sarah Pinborough
Sexy, sarcástico e de prender a respiração! Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos! Não existe “Felizes para sempre”! Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia! Palavra da editora: Veneno é um livro tenro como uma maçã envenenada. Belo como os vilões costumam ser. Sarcástico como príncipes mimados. E sem finais felizes porque já estamos bastante crescidinhos! (E, ainda assim, é um dos finais mais chocantes da ficção atual!) Para fãs de séries de TV e histórias picantes e divertidas, Veneno é puro entretenimento! – Mariana Rolier


Veneno é o primeiro volume da série Encantadas, de Sarah Pinborough. Esse livro é uma releitura do conto de fadas da Branca de Neve e os sete anões. Só que aqui as coisas são um pouco diferentes, enquanto a Branca de Neve da Disney era toda fofinha, boazinha e obediente, aqui ela é indisciplinada, impetuosa, mimada e ousada, mas assim como no conto da nossa infância, a mais bela e amada por todos. 

A madrasta de Branca de Neve é chamada de Lilith e é apenas quatro anos mais velha que a princesa. Como foi criada para se casar com um rei e tornar-se poderosa, a rainha não admite o comportamento digno de vergonha de Branca de Neve, onde já se viu uma princesa usar calças, montar a cavalo e beber igual a um homem? Em minha opinião a rainha não é de todo malvada, o que ela tem é inveja da liberdade de Branca e da devoção que todo o reino tem pela jovem princesa. 

Quando o rei sai para uma guerra e Lilith passa a ser autoridade máxima no reino, ela decide transformar Branca de Neve em uma verdadeira princesa e para isso dará um baile para conseguir um marido para a jovem. Preciso abrir um parêntese e comentar como achei sensacional o que Sarah fez nesse livro, que foi inserir vários outros contos de fadas na história, e o melhor, fazendo sentido! Eu amo crossovers! Aparecem Alladin, Cinderella, e até João e Maria. 

Não vou contar mais nada da história porque ela já é mais que conhecida por todo mundo, mas preciso dizer que para mim, o destaque do livro vai para o Príncipe, que woooww, sem comentários, roubou a cena completamente. 

Eu realmente curto releituras e não tenho o menor problema com versões alternativas dos contos de fadas. Sarah ousou em sua história e isso foi o bastante para obter o meu respeito. A lição que tirei desse livro é que toda a maldade está na cabeça dos personagens, como eles agem e reagem, e como cada um, à sua maneira é egoísta ao tomar decisões, manipulando as situações em benefício próprio.

O final vai te deixar de boca aberta, SIM, volte aqui depois que ler o livro para me contar o que achou, ok? Veneno não é um livro indicado para crianças e nem adolescentes por conter cenas bem fortes, apesar de poucas. A própria capa remete a conteúdo sensual, basta olhar para a cara de safada da Branca de Neve, risos. Acho essa capa lindíssima, a diagramação está belíssima também, nos começos e finais de capítulos tem decorações e a revisão está ótima, não encontrei nenhum erro. Parabéns à Editora Única pela belíssima edição. Ah, não poderia deixar de falar, a editora foi super criativa na parte de finalização da edição, pois tem um marcador destacável na orelha da parte de trás da capa, marcador este, do próximo livro da série: Feitiço. Recomendo!


3 Comentários:

Fernanda Moraes disse...

Desde que eu me tornei parceira da editora Única e vi esse livro, que na época eu não conhecia, fiquei doida pra conferir a história!
Achei o máximo os personagens serem bem diferentes das histórias que a gente leu desde pequeno, e agora pela resenha ainda descubro que tem crossover com personagens de outros contos... AMEI!

Com certeza em breve eu vou ler ele!

Beijos.
http://viciosemtres.blogspot.com/

Michelli Santos Prado disse...

Olá Jordana, tudo bem??

Gosto também das releituras dos contos (de fada ou não...) antigos.
O livro parece bem interessante e tenho certeza que vou gostar, afinal gosto da séries da teve baseados nos contos de fada.
E desde que foi lançada esta trilogia, minha curiosidade esta bem grande...
Espero poder conferir em breve =)

aninha disse...

olha!! é a primeira resenha dessa série que eu leio e não poderia ser melhor! nunca pensei que o livro fosse tão carismático e misturando outros personagens e melhor ainda, fazendo sentido kkkkkk! não dava muito nesse livro não, a capa é linda, mas agora quero ler! 2014 tá chegando, então quem sabe?!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D