Resenha: Por toda a eternidade (Kristin Hannah)

terça-feira, 18 de março de 2014



Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633206
Ano: 2014
Páginas: 400
Tradutor: Paulo Polzonoff Jr.
Sinopse - Por Toda A Eternidade - Firefly Lane - Livro 02 - Kristin Hannah
Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância... Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir... Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas. Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático. A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão...

Kristin Hannah, ex-advogada e autora de best-sellers do New York Times como "O Jardim do Inverno", tendo vendido  mais de 8 milhões de exemplares, vem se consolidando cada vez mais no mercado literário americano e mundial. 


Em "Por Toda Eternidade", a autora continua a saga "Firefly Lane", iniciada em "Amigas Para Sempre" (Editora Arqueiro) que gira em torno das conturbadas vidas das amigas Kate Ryan, uma jovem cheia de inteligência e beleza e da desenvolta e comunicativa Tully Hart. Enquanto Tully possui uma desajustada vida pessoal, sofrendo com muitos problemas familiares principalmente partindo de sua mãe, Dorothy Hart, ou Cloud como era conhecida, Kate já tinha uma vida mais organizada, pais e irmãos mais presentes. Mas o fato dela seguir uma vida mais regrada, sem o consumo de álcool ou entorpecentes a fazia ser excluída de uma sociedade tão efusiva como a adolescente. Essa relação entre essas duas personagens vindas de mundos tão distintos acaba gerando uma série de problemáticas que se interpõem entre a amizade de ambas, mas sem que uma deixe de lado o respeito pela outra. 

Enquanto o primeiro livro trata mais da fase inicial da vida dessas duas personagens, "Por toda a Eternidade" já passa muitos anos depois e se foca principalmente em Tully, a filha mais velha de Kate - Marah -  e na mãe de Tully, Dorothy. Nesse ponto da história, sabemos da morte de Kate, vítima de um câncer. Jhonny, viúvo de Kate se vê então tendo que cuidar de seus dois filhos pequenos, Luke e Wills, e da filha adolescente Marah.  Tully se torna uma alcoólatra, além de uma ex-estrela de tv fadada ao esquecimento. Marah é uma garota problemática que esteve afastada de sua mãe nos últimos momentos de sua vida e, por isso, se vê frequentemente remoendo as mágoas do passado, inclusive expressando isso nas mais dolorosas formas, como a autoflagelação.  

O livro se divide em dois pontos do tempo: em 2010 (época atual do livro) e em 2006, ano da morte de Kate. No presente, enquanto todos tentam se estabelecer alguns anos após a morte de Kate, todos são afetados por um grave acontecimento: Tully acaba se envolvendo em um grave acidente que a coloca entre a vida e a morte. Esse fato se torna um fator de reviravolta para todos os personagens: Jhonny se sente responsável por cuidar da melhor amiga de sua esposa; Marah, a maior agressora de Tully por julgá-la uma falsa amiga por ter se distanciado de Kate no período crítico de sua doença -  que fica claro que esse comportamento ocorre como se ela enxergasse no comportamento de Tully o seu próprio e, por isso, ter tanto ódio por ela, acaba tentando se redimir de todo o mal lançado injustamente sobre Tully; e Dorothy, a mãe nada presente na vida da filha, que vê a oportunidade de tentar recomeçar sua relação com a filha.

Na outra ponta da história, a história mostra a derrocada de Tully e seu desespero após a morte de sua grande amiga. Ainda, relata as tentativas de aproximação entre ela e Marah, todas sem sucesso algum. Marah, esta se vê sozinha após a morte da mãe e acaba se relacionando com Paxton, um rapaz que também mostra sofrer de problemas pessoais embora o desenrrolar da história nos mostre o contrário...

"Por toda a Eternidade" é um livro magnífico que fala de mágoas e perdão. Acredito que a maior mensagem passada pela autora com essa história é a de que a vida não é algo estática, mas sim algo que está em eternas mudanças. E como tal, haverá sempre a chance de se redimir de seus erros. Na minha opinião, "O Jardim do Inverno" - primeiro livro que li da autora - ainda segue sendo o meu favorito, embora "Por toda a Eternidade" passe longe de ser ruim. Um livro forte e que lhe arrancará lágrimas e sorrisos, além de inúmeras lições aproveitáveis para toda a vida. 

Resenha por Fabricio Machado

Gente, agora a melhor parte! Sorteioooo!!!

a Rafflecopter giveaway

O resultado será publicado nos blogs, facebook, twitter e Google+ no dia 19/04/14 às 12h. O vencedor tem até 3 dias para responder ao email de contato. O Premio será postado pelo blog Loucamente Louca Mente em no maximo 45 dias uteis após a divulgação do resultado.

Caso o vencedor não esteja cumprindo as entradas que se inscreveu será desclassificado e um novo sorteio realizado.

Perfis fake e exclusivos de promoção serão automaticamente desclassificados.

Promoção exclusiva para residentes em território Brasileiro.

Boa sorte!

32 Comentários:

Kelly Cortez disse...

Excelente resenha, deu uma vontade enorme de ler esse livro agora. Parabéns ao pessoal do blog.

Fabricio Machado disse...

Obrigado, Kelly! Esse livro é muito bom, super-indico! E os demais citados também!
Abração!!!

Tamiris Leitão disse...

Achei a história do livro muito linda, já venho lendo bastante comentários positivos sobre o mesmo. Acho que amizade sempre vai ser um bom tema para livros, porque independe de idade, sexo, opções. Então eu acho que esse livro agradaria a todo mundo, inclusive a mim. *-* rsrs


Parabéns pela resenha, querido.

Fabricio Machado disse...

Olá Tamiris, muito obrigado pelas palavras! Sua afirmação é verídica, tanto é que eu não faço o perfil de leitor da Kristin Hannah, mas já é o terceiro livro dela que leio. Uma boa história é sim cativante, e a amizade é e sempre será um ótimo tema ^^
Participe do nosso sorteio!!! Quem sabe você não ganha, hein?!

Larissa Santos disse...

Sempre acreditei que amizade verdadeira é forte e tem uma ligação que barreira nenhuma pode separar e essa resenha conseguiu me deixar balançada ^^ .
Beijocas ^^

Lais Lucena disse...

Desde que esse livro foi lançado, confesso que não fiquei muito afim de ler. Mas depois de ter lido essa resenha, mudou completamente meu ponto de vista em relação a ele. Um livro que trata de amizade, perdão, tem tudo para conquistar qualquer leitor.

Jéssica Maria disse...

Já li a resenha do primeiro livro, mas tanto esse livro quanto o outro não chamaram minha atenção...

Fabricio Machado disse...

Com certeza, Lais! Esse livro é muito bom, o único motivo de não ter ganho 5 estrelas foi só por que pra mim "O Jardim do Inverno" é um pouco melhor, mas como eu disse, passa longe de ser um livro ruim. Ele está muito acima da média, e foi um dos melhores que li esse ano!


Obrigado pelo comentário! Ah, e participe do sorteio!!!!

Fabricio Machado disse...

Oi Larissa, obrigado pelo comentário. Sim, a amizade move barreiras e vence até mesmo a morte. Esse livro fala exatamente disso!


Não se esqueça de participar do nosso sorteio, hein?


Beijocas!

Fabricio Machado disse...

Sério, Jéssica? Fiquei curioso pelos seus motivos... faz assim, participa do nosso sorteio, quem sabe você ganha, lê e muda de opinião, que tal?
Beijos e obrigado pelo comentário!

Pamela Liu disse...

Não sabia que Por toda eternidade era continuação de outro livro. Pensava que era um livro independente. É necessário ler Amigas para Sempre primeiro?
Gostei do fato da narrativa ser dividida em dois tempos, acho interessante ver o passado e suas repercussões no futuro/hoje.
Essa história parece passar mensagens bem importantes sobre perdão e amizade. Fiquei com vontade de lê-lo.

Larissa Santos disse...

Eu achei a sinopse linda e nesse momento que estou abalada, vou desidratar com essa leitura rsrs. Se ganhar no sorteio ficarei muito feliz.
Beijocas ^^

Fabricio Machado disse...

Oi Pamela, obrigado pelo comentário! Bom, eu o li depois por já ter lido o Amigas para Sempre, mas a minha mãe o leu isoladamente e achou maravilhoso. Logo, acho que lendo apenas ele você entende direitinho a história. E sim, essa história nos passa muitas mensagens que com certeza podem ser usadas em toda a vida. Questões como amizade, perdão e arrependimento são muito bem abordados e seguirão comigo por toda a eternidade. :)

Não deixe de se inscrever para o sorteio, ok?!

Fabricio Machado disse...

Ok!!! E que seu momento de abalo não seja tão duradouro! Boa sorte!!!

Larissa Santos disse...

É mais drama meu rsrs, mas muito obrigada ^^

Fabricio Machado disse...

É um livro ótimo, Aninha! Mais que indicado!!!
Ah, e não esqueça de participar de nossa promoção, hein?!

Fabricio Machado disse...

É uma ótima história, vale muito a pena ler! E vai que dessa vez você não tem sorte, hein?! Então, não deixe de participar! ;)

Fábrica dos Convites disse...

Uma linda história que me emocionou e me prendeu até a última página. Agora que ler Amigas para Sempre e descobrir qual foi o motivo da briga entre elas.
Bjs, Rose

Nardonio Alves disse...

Os livros da Hannah costumam rasgar os corações de seus leitores. Ela sempre trás histórias bem dramáticas e reflexivas. O que acho legal é quando os autores dividem a história em épocas diferentes. Como já é de praxe, já coloquei esse livro na minha listinha de futuras aquisições.

@_Dom_Dom

Julia Moraes disse...

Muita gente anda gostando desse livro, mas eu, não sei porque, não me interessei..
Não vou participar dessa vez, mas boa sorte aos participantes ;3
E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
Nome de seguidor: Julia Moraes

Desbravadores de Livros disse...

Já estou participando do sorteio e espero ganhar.
Adorei a premissa do livro e quero muito ler. Parece um drama de nos fazer chorar. Mágoas, perdão, é sempre muito bem vindo, nos livros, claro, rs.
Parabéns e obrigada pela oportunidade.

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe
do nosso Top Comentarista

Ro Angarten disse...

Eu amei a capa desse livro e a história parece muito interessante. Não estou acostumada a ler dramas (geralmente leio fantasia e sobrenatural), mas esse parece ser lindo. Não sabia que havia outro livro, vou procurá-lo também.

Parabéns pela resenha e pelo blog.

Bjs

http://www.cladassombras.blogspot.com.br

Mey disse...

Fico um pouco confusa com livro com muitos personagens, muitos dramas e tramas enredadas. Só lendo mesmo para eu conseguir absorver a historia. Mas parece ser bem interessante, bem cheia de conflitos, gosto disso. Se tiver a oportunidade gostaria muito de ler. Bjksss

Magiasbook disse...

Com certeza é uma história muito linda,ainda mais sobre amigas amizade gostaria de ter a possibilidade de ler todo livro.
Sua resenha está bem detalhada,muito boa.

Fabricio Machado disse...

Obrigado pelo elogio e pelo comentário! Grande abraço! \o

Fabricio Machado disse...

Sim, essa história é repleta disso, mas sem deixar o leitor cansado. Obrigado pelo comentário \o

Fabricio Machado disse...

Eu também acabo lendo muitos outros gêneros, mas um bom draminha vem sempre a calhar ^^ Obrigado pelo comentário, e parabéns pelo seu blog também, já o estou seguindo \o

Fabricio Machado disse...

Nossa que bacana haha É um livro excelente, vale muito a pena. Obrigado pelo comentário \o

Fabricio Machado disse...

hahaha com certeza!!! Obrigado pelo comentário! \o

Fabricio Machado disse...

hahahahaaha com certeza vale muito a pena =D


Beijo e obrigado pelo comentário! \o

sidnei luis fermino disse...

Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo
livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de
um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de
todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas
usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais
mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite
reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços.

Fabricio Machado disse...

Olá, Sidnei! Não, não conheço o livro que você citou, irei procurar! Obrigado pela dica e pelo comentário!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D