Resenha: Códex dos Caçadores das Sombras (Cassandra Clare e Joshua Lewis)

sexta-feira, 18 de abril de 2014



Título: Códex dos Caçadores de Sombras
Autor: Cassandra Clare e Joshua Lewis
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501403957
Ano: 2014
Páginas: 288
Tradutor: Rita Sussekind

Sinopse: A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Codex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar. Agora em sua vigésima sétima edição, o codex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o codex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos. E para ninguém dizer que a Clave está desatualizada, ou, como dizem os jovens Caçadores de Sombras, “careta”, essa nova versão do Codex estará disponível não só na versão com a ligação de pele de demônio fechada magicamente, mas, também, numa versão moderna, usando todas as mais novas e emocionante técnicas de impressão atuais, incluindo alguns novos recursos, como uma capa firme feita de tecido, um revestimento à prova de poeira e informações sobre título, autor, editora, e muito mais escritos na capa. Você vai gostar de saber que ela cabe perfeitamente na maioria das mochilas e, ao contrário das antigas edições, ela não desliga mais sistemas de segurança. As antigas gravuras também foram substituídas: em vez delas, você vai encontrar pródigas ilustrações feitas por alguns dos mais brilhantes artistas. Criaturas, armas, pessoas e lugares foram cuidadosa e precisamente descritos por Rebecca Guay, Charles Vess, Jim Nelson, Theo Black, Elisabeth Alba e Cassandra Jean. Os capítulos são graciosamente introduzidos pelos desenhos de Michael Kaluta, e durante o resumo do clássico de 2.450 páginas, A História dos Nephilims, você vai encontrar uma seleção das melhores e mais adoráveis ilustrações do volume por John Dollar. Essa edição do Codex estará disponível nas bibliotecas dos Institutos e onde os mundanos costumam chamar de “livrarias” em fevereiro/março de 2014.


O Códex dos Caçadores das Sombras é um livro para quem é realmente fã da série Os Instrumentos Mortais e um item de colecionador, esse livro foi escrito e organizado pela Cassandra Clare e pelo Joshua Lewis e foi publicado aqui no Brasil pela Galera Record.


                O códex traz um manual para os iniciantes na vida de caçadores das sombras, tem sessões desde demonologia (estudo sobre demônios) até capítulos sobre a história da Clave e dos caçadores, passando sobre integrantes do submundo, como lobisomens e fadas. O manual também traz várias marcas que os caçadores devem usar para proteger-se, curar e várias outras com funções como dar força e agilidade, além de regras e costumes como casamento, morte, quais as cores das cerimônias, etc. O códex é todo comentado pelos personagens Clary, Jace e Simon e traz vários desenhos feitos pela Clary.

            Fiquei apaixonada por esse códex, sério!  Livro é fantástico, cheio de frases engraçadas comentadas pelos personagens até os desenhos da Clary, o mais lindo é o do presidente miau (quem não sabe ou não lembra esse é o nome do gato do Magnus). As curiosidades sobre o mundo dos caçadores das sombras, por exemplo posso citar costumes como o casamento, cerimônias de velório e enterro, etc. também são muito legais. Agora, a sessão que eu achei mais interessante e que não haviam sido citadas nos livros foi a sessão de história sobre a Clave e sobre episódios do surgimento dos Caçadores das sombras.

            A capa do códex é linda, vem com a imagem do anjo Raziel empunhando sua espada e sim a primeira edição vem com brilhos *-*. A diagramação é um ponto que chama atenção, cheia de desenhos, mapas, em especial as contracapas que tem desenhos coloridos muito lindos. Acho que todo caçador de sombras deve ter seu códex.