Resenha Premiada: O Canto das Sereias (Val McDermid) Tony Hill e Carol Jordan #01

quarta-feira, 7 de maio de 2014



Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528619010
Ano: 2014
Páginas: 490
Tradutor: Michel Marques

Sinopse - O Canto das Sereias - Tony Hill & Carol Jordan - Livro 01 - Val McDermid
Inspirado pelo acervo de um museu dedicado a aparelhos de tortura, o Assassino de Bonecas – como é conhecido por abandonar suas “obras de arte” em locais de público gay – parece ter descoberto a grande vocação de sua vida. E suas mortes são planejadas com tamanha frieza e impiedade que não deixam nenhum rastro para trás. Por causa da ausência de pistas, o psicólogo Tony Hill é convocado para ajudar na investigação. Com a ajuda da detetive Carol Jordan, sua missão é entrar na mente do criminoso e estabelecer um perfil que possibilite desvendar sua identidade. No entanto, mesmo para um profissional experiente como ele, a série de mutilações sexuais seguidas de assassinato é diferente de tudo que já viu antes. Um suspense psicológico tenso e muito bem escrito, O canto das sereias explora a mente atormentada de um assassino em série diferente de qualquer outro que o mundo da ficção já tenha visto. Os métodos de tortura utilizados, assim como o modo de abordagem das vítimas – narrados pelo criminoso em seus relatos sombrios – chocarão os leitores.
O sucesso do livro foi arrebatador, sendo adaptado para televisão. A produção conta, no elenco, com Robson Green (Dr. Hill) e Hermione Norris (detetive Jordan).

Não sei nem como começar esta resenha porque estou quase sem miolos depois da explosão que esse livro provocou em minha cabeça. O canto das sereias é um suspense psicológico sobre um serial killer diferente de todos que eu já conheci no mundo literário, é claro. O Assassino de Bonecas, como foi apelidado pela polícia, inspirou-se em um museu de tortura da Idade Média para maltratar e matar suas vítimas. Uma mente doentia, perversa e fria está matando homens em um famoso bairro gay da cidade de Bradsfield. E sem deixar nenhuma pista.



A polícia reluta em admitir que os assassinatos estão interligados, mas o chefe de polícia assistente John Brandon está convencido de essas mortes estão conectadas e são obra de um serial killer, decide então convocar o psicólogo Tony Hill para traçar um perfil do assassino e assim ajudar a pegá-lo. O assassino é muito cuidadoso e ainda não tinha cometido nenhum erro. Com a ajuda da inspetora Carol Jordan, Tony Hill tem que entrar na mente do assassino e desvendar o mais rápido possível a identidade do autor dos crimes, antes que mais corpos apareçam.

Carol Jordan é inspetora, mora sozinha com o irmão nerd da computação, solteira e sem filhos, bonita e atraente, porém vive para o trabalho. Quando o chefe de polícia assistente, John Brandon, a designa para trabalhar ao lado de Tony Hill no caso do Assassino de Bonecas, e dá a ela carta branca para agir como julgar necessário, Carol vê a chance de provar que é capaz de capturar esse monstro, ela quer reconhecimento e tratamento de igual para igual, já que sofre preconceito por ser mulher, na divisão em que trabalha.

Tony Hill é um homem inteligente mas um pouco antissocial. Hill não é uma pessoa fácil de lidar e tem lá sua carga de problemas pessoais. É um homem atormentado por um problema e todos os dias precisa enfrentar seus demônios. Tony é um homem experiente e sabe muito bem o que faz mas tudo agora é muito novo para ele, nunca antes tinha lidado com um assassino tão sádico e impiedoso. Tony precisa entrar na mente deste monstro e traçar um perfil que revele algo sobre sua identidade, mas ele mesmo precisa ter muito cuidado para não pôr em risco sua própria sensatez.

O canto das sereias foi escrito na década de 90 e é possível notar os indícios disso no decorrer do livro. Tanto pelo fato de "bips" ainda serem usados, quanto os equipamentos de edição de vídeos não serem tão avançados e também pelo fato de perfis criminais não serem lá tão bem vistos pela polícia. O mais legal é que no livro mostra o perfil que Tony Hill criou e ainda tem uma tabela mostrando as semelhanças e diferenças entre as vítimas, ficou bem legal mesmo, tornou tudo mais real. 

A narrativa é em terceira pessoa, onde podemos ver as perspectivas de diversos personagens e intercala com um diário virtual do assassino. A escrita de Val McDermid é extremamente fluída e fascinante. Ela escreve com uma naturalidade tão impressionante que o leitor se vê fisgado desde a primeira página e não consegue largar o livro até ter concluído a leitura. Eu precisava parar em alguns momentos para fazer outras atividades mas não conseguia me desligar do livro, pensava nele o tempo todo. E com certeza as partes do assassino são as melhores. É de uma crueldade tão grande que eu chorei na primeira descrição de morte. 

Recomendo a leitura para os fãs do estilo thriller policial/psicológico e para quem tem interesse em serial killers e perfis psicológicos. Se você tem boa imaginação e estômago fraco passe longe deste livro pois as descrições são minuciosas. McDermid com certeza estava em uma fase muito boa ao escrever este livro. Lembrando que este é o primeiro de uma série de 8 livros (até agora). O Canto das Sereias foi o primeiro desta série que a Bertrand Brasil publicou, #oremos para que lancem os outros logo logo porque já quero!!! Virou favoritinho gente! s2

Tony Hill & Carol Jordan Series:

The Mermaids Singing (1995)
The Wire in the Blood (1997)
The Last Temptation (2002)
The Torment of Others (2004)
Beneath the Bleeding (2007)[18]
Fever of the Bone (2009)
The Retribution (2011)
Cross and Burn (2013)

Fiquei sabendo também pelo blog da Hérida, Lendo nas Entrelinhas que a série foi adaptada para a TV e no Youtube tem alguns episódios. Quem se interessar em procurar, o nome da série é: Wire in the Blood e conta com 6 temporadas. Assisti apenas ao episódio piloto e posso dizer: é muito fiel ao livro! Adorei! Enfim, leiam assistam e venham me falar o que acharam!

Sorteio!!!

a Rafflecopter giveaway

O resultado será publicado no blog, facebook, twitter e Google+ no dia 30/05/14.
O vencedor tem até 72h para responder ao e-mail de contato.
O Premio será postado pela editora em no maximo 30 dias uteis após a divulgação do resultado.
Perfis fake e exclusivos de promoção serão automaticamente desclassificados, bem como pessoas que não cumprirem as etapas do formulario que se inscreveram.
Válido somente em territorio nacional.

Boa sorte!

17 Comentários:

aninha disse...

a segunda resenha que leio, e a segunda que vejo que o livro virou favorito! eu quero!! é um alívio pegar em um livro com esse tema, que tem tudo pra ser clichê e cair na mesmice, e ser completamente o contrário, ser inteligente e instigante. assim, eu obviamente torço para o lado bom da história claro rs, mas admito que fico ansiosa em ler o lado mal, de como o autor, nesse caso a autora, conduz uma mente tão perversa mais ao mesmo tempo tão esperta. gosto de livros assim, que deixem o leitor pensando, na expectativa de quem vai dá o próximo passo? em O Canto das Sereias é exatamente assim, todo enredo muito bem feito e mal vejo a hora de lê-lo!

Mey disse...

Alguem falou em thriller policial/psicológico? Amooo, principalmente enredos bem elaborados, daquele que te prende por horas, e vc não consegue largar. Ah! Com certeza vou conferir a serie de tv também. Amo esse tipo de leitura e a capa? ficou perfeita!!!


Bjkss


Meyre Christina


nangy@ig.com.br

Fábrica dos Convites disse...

Jordana, acabei de colocar o livro na lista de desejados, adoro estes thriller policiais e psicológicos. Mesmo que eu fique sem unha, são os meus preferidos. Não sei das descrições minuciosas, mas acho que não vou ter problemas com elas.
Bjs, Rose

Tamiris Leitão disse...

Amo livros thriller policial. Quando vi o nome da obra, pensei que seria chato. Mas graças a Deus eu tive que ler essa sinopse< para conhecer um livro maravilhoso. Esse é aquele livro igual a Silo: Se eu não levar no sorteio, irei comprar. kkkk Espero que eu ganhe, porque o dinheiro é só pra minha cachorrinha ultimamente. kkk


Adorei a história, isso de um serial killer totalmente diferente a ponto de "assustar" um psicologo, e fazê-lo pensar e repensar várias vezes? incrível!

Ana Carolina Ribeiro disse...

´Não costumo ler esse tipo de livro
como vc mesma disso pra quem teme estomôgo fraco passa longe
ainda por cima é séria ,só leio quando estão completas ,então deixo pra próxima

Amanda Péres disse...

Adoro thriller, seja ele policial ou psicológico. Essa mistura é maravilhosa!
Acho essa ideia de ter capítulos narrados pelo próprio assassino bem interessante. Nunca li nada da autora mas estou bem curiosa. :D
Espero que a Bertrand publique os livros na ordem e não tudo desorganizado como tem sido tão comum. =/

RUDYNALVA SOARES disse...

Jordana!
Thrillers psicológicos, cheios de mistério e suspense, onde acomapnhamos a leitura tentando desvendar quem é o verdadeiro assassino, é um dos meus favoritos e se bem escritos, ainda melhor, porque realmente podemos notar o quanto o autor se esmerou em sua pesquisa e em agradar o leitor.
Está no topo da lista, quero demais poder apreciar essa leitura.
Parabéns pela resenha.
cheirinhos
Rudy

ELIZABETH MACHADO DE SALLES disse...

Primeira vez que leio a resenha sobre este livro. E o que posso te dizer é que estou impressionada com a estória. Não esperava ser tão interessante e emocionante. Sou apaixonada por este tema e sempre procuro ler tudo sobre esses seres lindos e encantadores. Com certeza vou me aventurar nesta leitura. Beijos.

Érika Rufo disse...

Adorei a resenha! Sou apaixonada por livros policiais, principalmente os que apresentam serial killers que desafiam a polícia e a mente do leitor. Parece ser aquele tipo de leitura que vc não consegue mais parar até ler o final. Tenho boa imaginação, mas mesmo assim vou arriscar ler as descrições minuciosas. Já coloquei na minha lista de desejados!!


Abraços!!

Andréia Harter disse...

Essa é a primeira resenha que leio do livro, mas já me conquistou...Parabéns pela resenha!!!Muito boa

mirelle soares gomes disse...

Ja vi algumas resenhas do livro apaixonei desde a primeira *-*
Amo historias do tipo <3 mais ainda assim vou dar prioridades alguns outros livros que estão na minha grande pequena lista a um tempinho *-*
Mais essa historia é realmente muito boa não mi opinião pelo que li aqui no blog *-*
Espero amar esse livro... e não mi decepcionar com a leitura *-*

Luana Souza disse...

Fiquei muuuuuuuuuuuuito interessada nesse livro! Nunca li algo assim e você me deixou muito curiosa. Adorei :D

Maíra Souza disse...

Estou participando!!!
maiiira04@gmail.com
=*

Nardonio Alves disse...

Eu adoro thrillers policial/psicológico, sejam eles mais mornos, ou os desse tipo. Infelizmente li poucos que trazem essas cenas fortes dos assassinatos, e sempre sinto falta de ler algum desses. Que bom que esse apareceu depois de tanto tempo. Já quero ver o sangue escorrendo pelas páginas nas minhas mãos. kkkkkkkkkkkk


@_Dom_Dom

mgrezender disse...

O que, para mim, parece que atrapalha um pouco, é a falta de sequencia nas publicações das séries e se você começa a ler, fica no ar quanto aos personagens e quanto a história também. No entanto, esse é o primeiro livro e eu realmente espero que as publicações sejam sequenciais. Gostei muito da sua resenha.
Maristela G Rezende

Douglas Fernandes disse...

Adoro thriller policial/psicológico, esses livros me prendem e nao consigo parar de ler enquanto nao termino, essa é uma série que pretendo ler com certeza, e espero que o autor esteja muito inspirado em todos os livros *-*

karolyne kazakeviche disse...

Ahhhh esse gênero é tão bommmm.... muito bom. Um dos meus favoritos
Então imagina minha empolgação em ver resenhas tão positivas desse livro? preciso ler já!!!!!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D