Resenha: O Lado Mais Sombrio (A. G. Howard_ - Splintered- Livro #01

segunda-feira, 5 de maio de 2014



Título: O Lado Mais Sombrio
Autor: A. G. Howard
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633381
Ano: 2014
Páginas: 368
Tradutor: Camila José dos Santos



Sinopse:Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...



O Lado Mais Sombrio é o primeiro livro da série Splintered, escrito pela autora A. G. Howard e que já tem três livros publicados lá fora e o quarto está com previsão de lançamento para 2015. Aqui no Brasil só foi lançado esse e pela editora Novo Conceito.

            Alyssa Gardner é uma americana que vive assombrada pela história de Alice no País das Maravilhas escrita por Lewis Carrol, pois sua mãe é descendente de ninguém mais, ninguém menos que Alice Liddel, sim a menina da história. Desde criança ela teve que conviver com as histórias das mulheres da família da mãe que enlouqueceram: sua avó se atirou da janela do hospital depois do parto por achar que iria voar, sua mãe conversa com plantas e só come em xícaras de chá. Ao entrar na puberdade, porém ela descobre que também escuta plantas e insetos falarem e anos depois para salvar sua mãe ela terá de lidar com esse estranho dom e com a maldição que ronda a família desde que Alice voltou do País das Maravilhas. Para quebra-la Alyssa terá de voltar a esse estranho lugar, mas ela não irá sozinha, o irreverente, sedutor e superprotetor Jeb, que é seu vizinho, melhor amigo e por quem ela é apaixonada há seis anos embarcará nessa viagem que pode não ter volta.

            Primeiro quero dizer que só pedi esse livro de parceria por causa do marketing da editora que foi simplesmente sensacional. Na verdade quando li a sinopse achei que fosse um livro mais infantil, silly Priscila! O Lado Mais Sombrio é sombrio mesmo! O livro é meio macabro e traz a parte mais ameaçadora do conto original de Lewis Carrol. Narrado em primeira pessoa, temos as visões e impressões de Alyssa que para mim é uma mocinha muito bem construída, ela tem uma escuridão dentro dela que ameaça tomar tudo e todos e essa escuridão com o passar das páginas se mescla ao estranho Morfeu que assombra a moça desde que ela era uma criança. A relação dos dois é cheia de erotismo, sedução, mistério e principalmente conflitos, existem muitos segredos não revelados e eles são tão bem arquitetados pela trama que até o último segundo você não percebe o que está acontecendo, posso dizer que esse é um dos poucos livros cujo mistério realmente me surpreendeu.  A relação de Jeb com Lyssa é um pouco mais complicada, pois ele tem namorada e está para se mudar com ela para Londres. E essa é uma das engrenagens que leva Lyssa a arriscar tudo para ir ao País das Maravilhas e quando o rapaz a segue eles começam a desenvolver um pouco mais do que a amizade, o que pode ser um grande problema para os próximos livros, pois Jeb e Morfeu exercem a mesma quantidade de atração em Lyssa.

            A capa desse livro é maravilhosa, toda em tons de verde parece que a modelo está presa no meio de uma copa de árvore. A diagramação também está espetacular, todas as folhas trazem detalhes e desenhos que deixam o livro muito mais bonito. Enfim, recomendo, gostei muito por ter me surpreendido.

14 Comentários:

João Victor disse...

Priscila, na verdade, O Lado mais Sombrio é o primeiro volume de uma trilogia, sendo que o segundo, Unhinged, fora lançado no último mês de janeiro.
A tradução de Splintered foi um dos lançamentos que eu mais estava aguardando. As expectativas estão altas e, como consequência, preciso ser bem cauteloso. Como surgiram algumas resenhas não tão positivas, tenho medo de me decepcionar e tanto. Pretendo lê-lo muito em breve.
Também adoro essa capa, e a diagramação, claro, e o fato de o livro priorizar o lado mais sombrio da história de Alice me ganhou fácil. Estarei com os dedos cruzados, torcendo para que eu curta tanto quanto você curtiu :)

João Victor - Amigo do Livro
http://amigodolivro.blogspot.com.br/

Tamiris Leitão disse...

Eu já queria ler O Lado Mais Sombrio, porém depois dessa sua resenha, receio que... Terei que abrir mão da compra de alguma coisa para me deliciar com essa obra. Normalmente a gente sempre vê por aí tentativas de adaptações, porém esse livro foi além e se criou como um filho do livro original, não seguiu a mesma linha, porém usou as linhas para criar uma história. Quero muito ler.

Samantha M disse...

Olá,

Eu estava temerosa em relação a esse livro depois da decepção que tive com a adaptação da Branca de Neve em "Branca de Neve e o Caçador", mas pelo visto estava enganada e a adaptação se saiu bem. rs

Realmente o trabalho de marketing para esse lançamento foi considerável . :)

Beijos,

Samantha Monteiro

http://www.wordinmybag.com.br/

Jéssica Maria disse...

Não sei se fui a única, mas a primeira vez que lugar algo sobre o livro achei que fosse uma releitura do clássico Alice no País das maravilhas, mas mais parece uma continuação mais real , e simplesmente amei isso.

Priscila Siqueira disse...

Na verdade já tem três livros ´publicados lá fora então não é uma trilogia: O lado mais sombrio, Uninghed e The Moth in the Mirror e o quarto livro já tem data para lançamento sim, Esnared já tem previsão de lançamento para 2015, mas obrigada por corrigir que na verdade são 3 livos já publicados e um quarto com previsão de publicação ;)

João Victor disse...

Entendi o que você quis dizer. Como The Moth in the Mirror é um conto, um extra, nem considero, HAHA.

Fábrica dos Convites disse...

Oi Priscila, minhas expectativas com livo estão lá e cima, e é muito bom saber que o livro é tão bom quanto parece.
Bjs, Rose

Danielle Casquet disse...

Oi Pri tudo bem, quero muito ler esse livro e tudo que precisava era ver aquele coração ao lado para reforçar o meu desejo, a capa é linda e a história bem intrigante, merece ser lido!

bjkas

Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

aninha disse...

WOW. esse livro é pra mim uma boa surpresa! não esperava que ele fosse ter toda essa carga tensa, com magia e romance. é interessante a relação de Alyssa com sua ancestral (que palavra antiga rs) Alice, percebi que ela é valente e esperta como Alice, não tem medo de encarar o desconhecido. os personagens masculinos são uma dose extra de incentivo, acho que a autora soube dosar bem as situações sem deixar cair na mesmice e no enfadonho. outro bom incentico é que ela segura o mistério até o fim. a capa é ótima, a NC custa a acertar em suas capas, mas essa tá de parabéns! ta nos meus desejados, e espero lê-lo em breve.

Rodrigo disse...

Quando vi a capa fiquei com MUITA vontade de ler, mas agora depois dessa resenha minha vontade aumentou muito mais. Sabe dizer quando vai lançar o próximo volume?

Ana Carolina Ribeiro disse...

Veo muitas resenhas dele,umas boas e outras ruins
da até medo de ler sei que vou amar ou odiar
Já sabendo que é uma série , o melhor é esperar :/

Nardonio Alves disse...

A capa é realmente muito bonita. Em relação a trama, gostei bastante dessa forma que o autor usou para revisitar o País das Maravilhas. Sai a Alice, e entra sua neta em cena. Gosto também dessa atmosfera mais sombria. Enfim, quero ler essa série em breve. Uma pena que acho que vai demorar um pouco pra lançarem os outros volumes por aqui.

@_Dom_Dom

Douglas Fernandes disse...

Adorei a capa e foi sensacional a divulgação mesmo, quando lançou eu ja marquei como desejado, gostei de saber que o sombrio nao fica só no titulo que a historia tem o seu lado sombrio mesmo, adoro... *-*

karolyne kazakeviche disse...

SUper estou querendo ler esse =)
Se tratar de algo do universo de Lewis deve ser fantástico, mais ainda é ler coisas mega positivas sobre que a autora conseguir deixar o livro louquinho, como do jeitinho de Lewis né?

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D