Resenha Premiada: Iluminadas (Lauren Beukes)

quarta-feira, 4 de junho de 2014



Título: Iluminadas
Autor: Lauren Beukes
Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580575033
Ano: 2014
Páginas: 320
Tradutor: Mauro Pinheiro

Sinopse:Harper Curtis é um assassino que vem do passado. Kirby Mazrachi é a garota que estava destinada a não ter um futuro. Chicago, 1931. Harper Curtis, um andarilho violento, invade uma casa abandonada que esconde um segredo tão chocante quanto improvável: quem entra ali é transportado no tempo. Instigado por um comando que parece vir da própria casa, Harper persegue as “meninas iluminadas” – garotas cuidadosamente escolhidas em diferentes décadas – com o objetivo de matá-las. Voltando no tempo após cada assassinato, seus crimes são perfeitos e impossíveis de serem rastreados. Ou pelo menos é o que ele pensa.Chicago, 1992. Kirby Mazrachi viu sua vida ser destroçada após um ataque brutal que por pouco não a levou à morte. Incapaz de esquecer tal acontecimento, Kirby investe seus esforços em encontrar o homem que tentou assassiná-la. Seu único aliado é Dan, um ex-repórter policial que cobriu seu caso e agora aparentemente está apaixonado por ela. À medida que a investigação de Kirby avança, ela descobre outros casos semelhantes ao seu – e garotas que não tiveram a mesma sorte que ela – ligados por evidências que parece impossíveis. Mas, para alguém que deveria estar morto, impossível não significa que não tenha acontecido.

            Iluminadas é um dos lançamentos da editora Intrínseca, escrito pela Lauren Beukes, foi um dos livros que me chamou atenção na Turnê Intrínseca, anotei no caderninho e esperei minha vez com esse Thriller de tirar o fôlego.


            Harper é um homem repugnante que entra em uma casa e a partir daí sente um desejo incontrolável de matar. Ele viaja através do tempo e mata as garotas que brilham, ele as mata com requinte de crueldade, espalhando suas vísceras e deixando pequenos objetos de outros tempos. Kirby é uma garota que brilha, a única sobrevivente dos ataques que Harper promove e o objetivo de sua vida é pegar o cara que acabou com sua vida. Para isso ela conta com a ajuda de Dan, um jornalista que investigou seu caso e que hoje escreve sobre esportes.

            Esse livro é realmente apavorante e muito interessante. O tempo é como um papel dobrado, a cada capítulo nos vemos oscilando entre o passado e o futuro, as coisas voltam a acontecer, elas acontecem fora de ordem, sendo que uma hora você entende como aconteceu algo que havia acontecido antes, mas que não tinha explicação. O fato de sabermos quem é o assassino não interfere na trama, muito pelo contrário, podemos acompanhar passagens de vários assassinatos e de várias vítimas, seu modus operandi, a história que ele conta para si mesmo e o impulso incontrolável que ele tem, violência e sexualidade andam de mãos dadas. Sim, Harper é meio depravado.

            Confesso que tive alguma dificuldade para pegar o ritmo de leitura por conta das datas e da viagem no tempo, mas quando você pega o ritmo, o livro é de tirar o fôlego, os acontecimentos violentos são estranhamente visuais e contados com detalhes. Os detalhes da casa são macabros e mexem com o psicológico.

            Kirby é obstinada, teimosa e extremamente deslocada, parece que toda sua vida ela viveu uma subvida e essa morreu quando foi atacada, hoje ela vive por vingança e para a vingança. Já Dan, conviveu por muito tempo com a violência fazendo parte de seu dia a dia, ele vê o quanto Kirby está perdida e quando vê começa a sentir coisas estranhas pela garota que mora em cima de uma padaria e compra Donuts dormidos para subornar os arquivistas do jornal para saber mais informações sobre casos tão violentos quanto os dela.

            Só tenho uma crítica e é por isso que esse livro não vai levar o coração, algumas coisas não ficaram explicadas, informações que eu considero essenciais para a trama, como o por que das meninas brilharem? Por exemplo, não se sabe o verdadeiro motivo da casa estar ali e isso permanece um mistério, alguns podem considerar charme eu ache um defeito para a trama.

            A capa desse livro é toda preta com as letras em amarelo, como se fosse um letreiro. A diagramação está perfeita, com fonte e folha impecáveis. Enfim, leiam e depois voltem para conversarmos sobre.

E como a Intrínseca é só amor, eles liberaram um exemplar para sorteio entre os leitores do blog! Vamos lá? É só seguir as etapas do Rafflecopter abaixo!

a Rafflecopter giveaway


  • O resultado será publicado no blog, facebook, twitter e Google+ no dia  25/06. 
  • O vencedor tem até 72h corridas para responder ao email de contato. 
  • O Premio será postado pela editora em no maximo 30 dias uteis após a divulgação do resultado.
  • Perfis fake e exclusivos de promoção serão automaticamente desclassificados.
  • Só vale em território nacional.
  • Se o ganhador descumprir as entradas que marcou será desclassificado e um novo sorteio realizados.
  • Caso o vencedor não responda ao contato no prazo estipulado, um novo sorteio será realizado. 
Boa sorte!