Resenha: Seis anos depois (Harlan Coben)

quinta-feira, 31 de julho de 2014


Edição: 1

Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580412536
Ano: 2014
Páginas: 272
Tradutor: Ricardo Quintana
Sinopse - Seis Anos Depois - Harlan Coben
Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas. E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la. Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa... durante seis anos. Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa. Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada. Em Seis Anos Depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.

Bem, para começar eu preciso dizer que meu amor por Harlan Coben vai tornar esta resenha completamente parcial. Nunca serei imparcial quando se tratar de Harlan Coben. Eu estava numa ressaca literária nojenta, da qual não conseguia terminar livro algum que começasse a ler. E então a Arqueiro me vem com Seis anos depois, do meu divo supremo. O único escritor capaz de me resgatar do fundo do poço das ressacas literárias. Harlan Coben. 

Rasgação de seda à parte, vamos à resenha de fato.


Seis anos depois conta a história de Jake Fisher, um professor universitário que foi a um retiro para escritores para concluir uma tese que estava com dificuldade de escrever, e acaba conhecendo Natalie Avery, uma artista que estava num retiro próximo. Os dois se apaixonam perdidamente e ficam juntos por alguns meses, quando do nada Natalie rompe com Jake e decide, abruptamente, se casar com Todd, um ex-namorado. Jake não consegue acreditar e diz que só terá certeza se for ao casamento, e assim o faz. No dia do casamento Natalie pede a Jake que deixe-os em paz e nunca mais volte a procurá-la, fazendo com que Jake prometa isso a ela. E ele cumpre a promessa... 

Seis anos depois Jake vê no computador um obituário que o chama a atenção, ele descobre então que Todd, marido de Natalie falecera em circunstâncias bastante estranhas. Jake quebra a promessa e decide procurar Natalie, mas por onde começar? Já que não há registro nenhum sobre ela em seis anos! 

Ele então decide ir ao enterro de Todd e quando chega lá, esperando encontrar Natalie para prestar condolências, encontra uma outra viúva e dois filhos! Mas onde está Natalie? Ele vai interrogar as pessoas em busca do paradeiro de sua ex-namorada, mas ninguém parece se lembrar dele, muito menos de Natalie. 

Gente, há tempos não lia um livro de suspense tão bom! Harlan Coben tem o dom de manter o suspense e ao mesmo tempo manter o leitor interessado em saber o que vai acontecer. Muitos escritores não conseguem manter o interesse do leitor, que acaba se entediando e muitas vezes até largando o livro quando o suspense se estende por muito tempo. Não neste caso, não no caso de Coben. 

Esta trama é muito mais complexa do que parece e o leitor vai tendo poucos vislumbres do que pode ter acontecido, e quando começa a formular uma teoria, algo acontece e a derruba, Harlan mata algum personagem que poderia dar algumas respostas. Meu livro preferido dele continua sendo Refúgio, mas Seis anos depois certamente pode ser considerado um dos melhores em termos de enredo. É uma trama muito tensa e deixa o leitor impaciente e até insone. 

Algumas coisas ficaram sem resposta pra mim. Não é bem do feitio de Harlan Coben deixar pontas soltas. Mas é porque eu sou chata mesmo e penso em tudo, cada detalhe, até no porquê o personagem não escovou os dentes antes de dormir. É, sou dessas. Mas o desfecho é absolutamente surpreendente e convincente, e nem em um milhão de anos eu conseguiria imaginar algo do tipo. O motivo pelo qual tudo aconteceu é plausível mas o último capítulo, confesso que achei bem clichê e bobinho, esperava algo mirabolante, algo totalmente inesperado e que fosse deixar o leitor de cabelo em pé.

Recomendo totalmente para os fãs do autor ou apaixonados por suspense, assim como eu. Adoro esta capa e os trabalhos de revisão e diagramação da obra estão impecáveis. Folhas amarelas, fonte em um tamanho bom, tornam a leitura agradável e nada cansativa. Leiam Leiam Leiam! 

11 Comentários:

Nardonio Alves disse...

O Harlan Coben é fora de série mesmo, né?!?! Mais um de seus suspenses maravilhosos e que deixam todos os leitores pregados em suas páginas. Quando pego algum suspense pra ler, sempre espero que seja assim, sendo surpreendido a cada página virada e ficando ávido por respostas imediatas. E o que não pode faltar são cenas de tirar o fôlego. Afinal, respirar pra quê, né?!?! kkkkkkk


@_Dom_Dom

pamelapresb3 disse...

Eu amo a forma com que Harlan aborda esses temas no seu livro.A leitura de seis anos depois me pareceu bem misteriosa e convidativa.Espero ler o livro em breve.Parabéns pela resenha.

Beijos

http://www.vicioemlivros.com/

Tamiris Leitão disse...

Já li algumas obras do Harlan e concordo com tudo que você diz, porque é difícil não se empolgar com os livros desse homem. Ele consegue escrever livros excelentes, de forma a prender o leitor durante toda a leitura.
Amei.

Douglas Fernandes disse...

Estou triste comigo mesmo... até hoje nao li nada do Harlan Coben, :(
mas isso vai mudar, pq acho que 3 livros dele aqui e com certeza vou escolher um dos livros dele pra ler, primeiro adoro esse tipo de livro, suspense, segundo todo mundo fala bem dos livros e eu quero poder falar bem tbm né... hahahaa
Eu tbm gosto de tudo bem explicado como vc disse atém mesmo o porque o personagem nao escobou os dentes... hahahaahha

Michele Lopez disse...

Uma vergonha admitir, mas inda não li nenhum livro do autor. Sempre vejo o pessoal elogiando o trabalho dele, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer. Achei a trama do livro bem interessante e gosto bastante de suspense. Parece ser uma excelente leitura.

aninha disse...

HARLAN meu divo, meu rei! não li um livro desse homem em que eu achasse ou pensasse que ele não acertou em algo. tô bem ansiosa pra ler Seis Anos Depois, sei que vou amar! meu preferido dele é Não Conte a Ninguém e Quebra de Confiança. e O Preço da Vitória rs. eu amo demais os livros desse homem!

Rodrigo Batista disse...

Jordana, tu quer me falir né? hsussu Já tava com vontade de ler outros resenhados aqui no site, ai tu me vem com essa resenha de um livro do Coben e eu fico "Cadê o dinheiro???". hsushs

Gislaine Silva disse...

Adoro os livros do Harlan Coben. Sou suspeita em falar, pois sou fã do seu trabalho.
Ainda não li esse livro, mas está na lista e lerei em breve.

Fábrica dos Convites disse...

Não tem erro uma leitura do autor, é suspense dos bons.
Bjs, rose.

Mariana Teixeira disse...

Nunca li um livro dele, mas esse chamou minha atenção pela sinopse e pelas ótimas resenhas que leio dele, espero comprá-lo logo :)

Desbravadores de Livros disse...

Foi o primeiro livro do Harlan que li e confesso que me surpreendi demais com a escrita dele. Achei totalmente diferente e eu não conseguia largar.

Logo no início deu vontade de matar Natalie, mas depois achei lindo o que ela fez e o que o protagonista fez pelo amor deles também. Incrível!

M&N
| http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para
escolher e 2 ganhadores.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D