Resenha: Se eu ficar (Gayle Forman) Se eu ficar #01

segunda-feira, 11 de agosto de 2014



Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581635415
Ano: 2014
Páginas: 224
Tradutor: Amanda Moura

Sinopse - Se Eu Ficar - Gayle Forman

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.




Se eu ficar conta a história de Mia, uma jovem violinista que tem uma família maravilhosa. Pai e mãe descolados, curtem rock n' roll e que são o sonho de qualquer adolescente. Mas Mia não gosta de rock, ela gosta de música clássica e seu sonho é entrar na melhor faculdade de música dos Estados Unidos, Juilliard. Mia namora Adam, um garoto legal, que a ama e torce muito por ela, mesmo sabendo que ficará arrasado se ela entrar em Juilliard, pois ele também toca numa banda que está em seu melhor momento, dessa maneira ficará difícil conciliar o namoro com Mia em NY, e as turnês da banda.

Em um dia de inverno, as escolas estão fechadas por causa da neve, então a família de Mia resolve dar um passeio de carro. No meio do caminho, um carro atinge o carro onde Mia está, causando um terrível acidente. Uma tragédia. Mia consegue ver seu corpo, sua família, mas não sente nada. Ela sabe que ainda está viva porque toda a equipe de resgate está lutando contra o tempo para salvá-la, mas ela não entende o que está acontecendo. A garota é então levada para o hospital onde passará por muitas reflexões e terá muitos flashbacks sobre sua vida e serão as 24 horas mais difíceis de toda a sua vida. Ela terá que fazer uma escolha.

Gente, todo mundo falando desse livro que irá virar um filme estrelando por Chloe Moretz. Eu quis ler porque: 1- eu amo dramas que me fazem chorar; 2- eu amo a Chloe Moretz; 3- eu amo livros que tem música na história. Então, chegou Se eu ficar, entre os lançamentos de agosto da Editora Novo Conceito e foi com muita expectativa que eu o peguei para ler. Não vou dizer que me decepcionei, não, mas sem dúvida esperava bem mais. No kit que a Editora mandou havia duas caixas de lenço, aí eu pensei: "nossa, vou chorar litros". Mas as páginas foram passando e eu já estava me desesperando porque o momento em que eu deveria chorar não chegava nunca!
A história é comovente, linda e impossível parar de ler antes que acabemos a leitura. A narrativa de Gayle Forman é uma delícia, mas achei que ela exagerou na criação do personagem Adam, ele é muito perfeitinho, do tipo que simplesmente só existe mesmo em livro. Nunca que um garoto desses existe na vida real, e se existir, com a minha sorte na vida amorosa, ele provavelmente nasceu no Alasca.
Curti muito os flashbacks da Mia e me emocionei bastante quando ela narra os minutos subsequentes ao acidente e também o nascimento de seu irmãozinho Teddy. Tem outra cena em particular que eu achei bem comovente mas não posso falar porque é dar muito spoiler. 
O final é bem do tipo WTF porque o cliffhanger é malvado. Simplesmente acaba na melhor parte! Eu odeio cliffhanger, já disse isso? Enfim, pelo menos a Novo Conceito já vai lançar a continuação agora em outubro, então não precisaremos esperar um ano para saber o que será de Mia. O próximo livro já tem título traduzido e se chama Para onde ela foi. E por favor, NÃO LEIA A SINOPSE porque já é um baita spoiler!!!
Tive oportunidade de ler a versão em inglês e a tradução da Novo Conceito e posso falar que a tradução está bem boa. Revisão impecável e diagramação INCRÍVEL! Amei mesmo, está a coisa mais linda gente! As páginas tem umas notas musicais, eu amo quando a Editora capricha na diagramação. O livro é curtinho, dá pra ler numa sentada só. Há quem diga que chorou a ponto de quase desidratar lendo Se eu ficar, não foi o meu caso, mas é muito comovente sim a história. Recomendo.

Abaixo seguem a capa da sequência e o trailer legendado do filme estrelando por Chloe Grace Moretz, que vai chegar aos cinemas dia 04 de setembro de 2014.



Trailer:

9 Comentários:

CintiaSimizo disse...

Segundo informações nesse kit, o lançamento do segundo livro vai ser em outubro. rs
Agora fiquei dividida entre ler imediatamente e não.
Tb adorei o capricho com o livro, diagramação está linda demais.
Adorei a sua resenha. ;)

Dana Silva disse...

oi Cintia, obg pela visitinha ^^ ainda bem que eu coloquei o "se não me engano" né? =p vou corrigir a informação, realmente não me atentei aos detalhes do kit. Mulher, lê logo porque o filme vai sair e depois que sair o filme tu não vai ler mais kkkkkkkk

CintiaSimizo disse...

Problema que to enrolada pra ler o da Marina Carvalho e tenho de começar os da Lucinda, pq né? rs
Sempre passo por aqui, pode reclamar que nem sempre comento. rs
Nem sei se vou ver o filme, moça. Setembro vai ser mês corrido.

Letícia disse...

Nossa, eu quase chorei vendo o trailler, imagina lendo o livro ou assistindo o filme ç-ç Fiquei com muita vontade de ler!


a-book-devourer.blogspot.com

Ju Zanotti disse...

Oi Jo, também não me debulhei em lágrimas mas amei este livro. Não sei explicar mas ele me tocou de forma significativa. Não vejo a hora de ler a sequência e estou doida pelo filme. Não achei o Adam tão príncipe assim kkkkkkk, gostei do personagem, alias gostei de todos eles mas não rolou uma identificação muito forte com nenhum, o bom deste livro mesmo é a história e as reflexões que nos trazem :) http://blogliterata.blogspot.com.br/

Tamiris Leitão disse...

Estava em um eterno impasse de ler ou não. Acho que terei de fazer, porque preciso ler antes de assistir o filme. Achei a história interessante, mas várias pessoas disseram que não é um livro pra morrer de tanto chorar, então provavelmente eu vou chorar bastante. kkkk


Adorei.

Nardonio Alves disse...

No começo não me interessei muito por esse livro, pois ele foge um pouco do estilo que gosto. Depois que vi o rebuliço que ele causou na blogosfera literária, somando-se o lançamento do filme, fiquei com uma pontinha de curiosidade. Acho interessante experiências extra-corpóreas, e esses flashbacks são bem legais também. Acabam nos deixando reflexões muito boas. Se tiver oportunidade, vou dar uma conferida no livro e no filme.

@_Dom_Dom

Amanda Moura disse...

Olá, Jordana. Que bom que gostou da tradução do "Se eu ficar". Esse retorno é muito gratificante para nós, tradutores. Um abraço!

Dana Silva disse...

OMG! *_* Sim, sempre que eu tenho oportunidade de ler o original eu comento sobre a tradução porque eu quero ser tradutoraaa ^^ e que honra ter seu comentário aqui no meu blog!!! Parabéns pelo ótimo trabalho!!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D