Resenha: 826 Notas de Amor para Emma (Garth Callaghan)

terça-feira, 16 de dezembro de 2014



Título: 826 Notas de Amor Para Emma
Autor: Garth Callaghan
Edição: 1
Editora: LeYa
ISBN: 9788544101247
Ano: 2014
Páginas: 320
Tradutor: Regina Cazzamatta 



Sinopse: Uma história de amor comovente de um pai por uma filha. Pouco depois de Emma completar 12 anos, seu pai, Garth Callaghan, descobriu que tinha câncer de rim. Determinado a fazer do tempo que lhe restava relevante, ele compilou diversos valores para auxiliar sua filha até a formatura do Ensino Médio.Garth começou a escrever seus recados em guardanapos quando Emma ainda estava nos primeiros anos de escola. À medida que a filha foi crescendo, suas notas tornaram-se mais significativas. 826 notas de amor para Emma é um relato familiar inspirador, repleto de amor e sabedoria. No início de cada capítulo, Garth apresenta um dos recados de guardanapo para, em seguida, compartilhar uma história ligada àquela mensagem e à sua própria vida. Com olhar sensível e sábio, Garth consegue confortar os corações e tocar as almas dos leitores.Partilho este livro porque nenhum de nós sabe quanto tempo ainda nos resta. Sim, nós caminhamos pelo planeta com a esperança de sermos invencíveis, mas todos nós sabemos que a vida pode ser tirada em qualquer instante. Eu tenho a dádiva de perceber que o fim está se aproximando. Posso reservar um tempo para fazer um balanço e dizer às pessoas que amo o quanto elas significam para mim. É a única coisa que importa. Sua casa, sua conta bancária, suas habilidades, sua profissão - nada disso importa. Tudo se resume aos relacionamentos duradouros que construímos. É isso. É tudo isso.


             826 Notas de Amor para Emma foi escrito pelo Garth Callaghan e publicado no Brasil pela Editora Leya, esse livro pela capa eu pensava ser uma comédia romântica ou algo do tipo. Ledo engano.


            Garth Callaghan é um homem que aos quarenta e dois anos foi diagnosticado com câncer. Casado e com uma filha de apenas doze anos chamada Emma, ele se vê no meio de uma luta que estava apenas por começar. Quando ele pensou que finalmente estava livre, foi diagnosticado com outro tipo de câncer. No meio disso tudo ele começou a valorizar ainda mais o tipo de conexão especial que tinha com sua família e criou uma página no facebook chamada “Napikin Notes” onde partilhava os recados que colocava no guardanapo que sua filha levava junto com o almoço pela manhã. 826 é o número de guardanapos que ele deveria escrever para ela até o fim de seu ensino médio caso não resistisse ao câncer. Ele se propôs e ele fez. O lema “Embrulhe. Escreva. Conecte.“ virou o lema de milhares de pais ao redor do mundo, essa poderia ser apenas mais uma história sobre câncer, mas é um grito de amor de um pai por sua filha. 

            Essa é uma história real contada por Garth ou seja o livro é predominantemente em primeira pessoa, contando com alguns ditados e citações de provérbios, etc. utilizados por ele para exemplificar algumas das lições que pretende ensinar a Emma.

            Tentei começar a ler esse livro exatas três vezes e das três vezes eu tive uma crise de choro antes de chegar a página vinte. Apenas na quarta vez e depois de gastar uma caixa inteira de lenços consegui embalar a leitura, quem me conhece sabe que eu não sou uma pessoa de chorar muito fácil, mas esse negócio de família e câncer sempre mechem um pouco comigo (quem já perdeu alguém por essa doença terrível sabe como é).

            É sempre estranho falar de personagens da vida real principalmente se eles tem uma vida comum como a nossa, nesse livro o que realmente chama atenção, porém não são as personalidades de Garth, Emma e nem de sua esposa, é o amor que essa família sente uns pelos outros. A iniciativa tomada por Garth de compartilhar com o mundo o que ele fazia para conectar-se com sua filha veio de um desejo de compartilhar esse amor com o mundo, para que mais pessoas soubesse, sentissem e compartilhassem o amor com sua família, amigos e cônjuges. O lema “Embrulhe. Escreva. Conecte.”  Virou uma espécie de mantra e um movimento do bem que vem ganhando o mundo e pode ter certeza de que se você ler esse livro ou se ouvir a história de Garth vai querer sair escrevendo bilhetinhos para seus entes queridos.

            Ao terminar essa leitura eu tive uma vontade enorme de escrever para Garth agradecendo por todos os sentimentos que ele evocou e principalmente por compartilhar sua história e seu lema com milhares de pessoas ao redor do mundo, ainda não tive tempo de fazer isso, mas com certeza farei sim, seja através do facebook ou por e-mail em algum momento em um futuro próximo.


            Essa capa eu acho um pouco coloridinha demais e realmente parece capa de comédia romântica, eu particularmente não gosto muito dela.  Eu li esse livro em e-book e gostei bastante da revisão e diagramação. Enfim, leiam esse livro o mais rápido possível.

                   Para quem ficou curioso esses dois aí embaixo são o Garth e a Emma. Vocês podem encontrar tudo sobre o Napkin Notes no site dele aqui.

                      

5 Comentários:

aninha disse...

o que mais me emociona é saber que ainda existe um amor incondicional como esse em dias tão egoístas como são agora. certo ele é pai, mas quantos também são pais, sadios e nem sequer dão um abraço em seus filhos. Garth tem uma coragem incrível de aceitar a doença e combatê-la enquanto puder e pensar na família. fica com certeza um lindo exemplo. como sou chorona convicta, é certeza eu desidratar lendo esse livro. vou procurar lê-lo o quanto antes. bj!

Fábrica dos Convites disse...

Eu achei linda e tocante a ideia do pai. Soube disso através da reportagem do Fant´stico, e desde então estou desejando ler o livro.
Bjs, Rose

Nathalia Simião disse...

Desde que vi uma reportagem sobre o caso dele fiquei emocionada, adoraria ler esse livro, com certeza é lindo.

mirian kelly disse...

É uma historia bastante triste e que comove muita gente.

drielymeira disse...

Vi vários blogueiros divulgando esse livro, e isso me deixou bastante curiosa para lê-lo, tanto que o coloquei na listinha de desejados sem nem mesmo saber do que se tratava...haha'

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D