COLUNA NOVA!! SEXTA NACIONAL: Azul da Cor do Mar (Marina Carvalho)

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015


Oi, galera!
O Feed your head tem o orgulho de apresentar a sua mais nova coluna, a Sexta Nacional! Vai funcionar assim: a cada 15 dias, na sexta-feira (dã), irá ao ar uma resenha de algum autor nacional. A princípio, eu, Brunna, irei ficar responsável por ela, o que não exclui a possibilidade de vocês verem uma resenha da Dana, da Priscila, ou dos demais resenhistas do blog aqui.
Para começar, eu escolhi um livro bem especial, o único que faltava para a minha coleção da autora ficar completa, espero que vocês gostem!



Título: Azul da Cor do Mar
Autor: Marina Carvalho
Editora: Novas Páginas (Novo Conceito)
ISBN: 9788581633732
Ano: 2014 
Páginas: 334

Sinopse: ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida.Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo.Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços –, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego.Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão.


Azul da cor do mar foi o segundo livro da autora Marina Carvalho publicado pelo selo Novas Páginas da Novo Conceito. 

O livro é narrado por Rafaela. No início, uma garotinha que adora passar os verões na casa de praia da avó com os irmãos, até que um dia, ela vê um garoto e se sente bastante atraída por ele e seus olhos azuis, mas ele some e, por mais que ela tente colocar na cabeça que essa atração era coisa de criança, o sentimento não vai embora, pelo contrário, só cresce. O tempo passa e, Rafaela, agora adulta, está prestes a se tornar jornalista. Quando consegue um estágio no renomado Folha de Minas e conhece o Bernardo, o principal jornalista investigativo, e dono dos mais intensos olhos azuis, ela percebe que nem tudo vai ser tão fácil assim. Em meio a entrevistas com traficantes e furos de reportagens, entre tapas e beijos (fora a parte dos beijos), os dois vão se aproximando e formando uma parceria que agrada tanto ao jornal como a ambos.

Azul da cor do mar é aquele tipo de livro que você precisa ler quando quer descontrair, aliviar a mente ou apenas se divertir. A narrativa é rápida e apesar da quantidade de páginas, eu o li em uma tarde. Rafaela é a típica personagem de chick-lit, meio maluquinha e atrapalhada, mas destemida a conquistar seus sonhos. Confesso que senti um pouco de inveja da determinação dela e, ao mesmo tempo, serviu de inspiração para correr atrás do que eu quero. Bernardo é misterioso e atraente, daqueles personagens que você ama odiar, sabem? 

Quanto ao exemplar em si, a capa é uma coisa linda que remente ao passado de Rafaela e como ela sempre irá lembrar daqueles verões. A diagramação da Novo Conceito é sempre impecável e, somada aos detalhes especiais para a história, como frases no começo dos capítulos e pequenos desenhos que lembram a trama, ficou ainda mais incrível. 

Tudo o que me resta dizer é: LEIAM! A escrita da Marina vem melhorando a cada livro e eu não poderia ter começado o ano de forma melhor. Já falei que vai ter continuação? Sim, vai ter continuação! Segundo a Marina, sai nesse ano e eu já estou ansiosa!

Para quem já leu, espero que vocês tenham gostado da resenha. Para quem não leu, espero ter despertado o seu desejo de ler. Comentem e façam uma garota feliz. Beijos!


2 Comentários:

aninha disse...

ganhei esse livro numa promo e ainda não tive oportunidade de ler. sempre vi comentários legais sobre ele, uma leitura leve, fácil e bem gostosa. GRAÇAS A DEUS a NC acertou na capa, quando vi nem acreditei que fosse da editora. legal vai ter continuação! vou tenatr ler o meu logo =)

Carolina Durães disse...

Oi Bruna, tudo bem?
Adorei a coluna, parabéns!
Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas está entre os meus desejados. Adorei a escrita da autora e pelo que pude ver na sua resenha, é uma leitura que vale muito a pena.
Parabéns pela resenha.
Bjkas

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D