Resenha: Sedutor - Selvagem Irresistível ( Christina Lauren) - Wild Seasons Livro #01

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015



Título: Sedutor - Selvagem Irresistível
Autor: Christina Lauren
Edição: 1
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788579307256
Ano: 2014
Páginas: 379
Tradutor: Pedro Monfort

Sinopse: Christina Hobbs e Lauren Billings, conhecidas pelo pseudônimo Christina Lauren, causaram grande impacto com seu Cretino irresistível. A série entrou nas listas de mais vendidos no Brasil e é best-seller do USA Today e do The New York Times. Agora, elas estão de volta com Sedutor, primeiro volume de uma série que não promete menos: Selvagem Irresistível. Mia Holland, depois de comemorar sua formatura em um louco final de semana em Las Vegas, fica aterrorizada com as escolhas que terá de fazer nessa nova etapa da vida. Ela toma, então, uma decisão selvagem: partir para a França seguindo os passos de Ansel Guillaume, um homem envolvente e extremamente sedutor. Por trás de todas as brincadeiras sensuais de Mia e Ansel, sentimentos começam a surgir. Nesse momento, ela precisa decidir se retorna para a vida que deixou ou se entra de cabeça nessa aventura ardente e arrebatadora que acabou de descobrir...


                        Sedutor - Selvagem Irresistível é o primeiro livro da série Wild Seasons das autoras Christina Lauren, publicado aqui no Brasil pela Universo dos Livros.


                              Mia está indo para a faculdade de Administração em Boston para agradar e ficar longe do pai. Antes de começar essa nova vida ela vai para Vegas com as amigas onde conhece três amigos e em uma noite de bebedeira ela se vê casada com o francês Ansel. Agora ela tem duas opções, anular o casamento como suas duas amigas fizeram ou aceitar o convite do novo marido e ir para a França com ele passar o verão e ver no que isso pode dar.

                         Primeiro de tudo a narrativa é em primeira pessoa e nossa narradora é a Mia, não ela não é chata, não ela não é cheia de mimimimi e sim ela é cheia de inseguranças e pensa demais.

                              Não é segredo que eu gosto muito da escrita de Chritina Lauren, gosto do modo com que elas resolvem o que outros autores poderiam fazer um enorme drama, gosto do modo com que as mocinhas delas se tornam mulheres independentes e altamente bem resolvidas, acho que esse tipo de personagem mantem um equilíbrio necessário dentro de uma narrativa erótica e coloca a mulher em uma posição mais real.

                           Em Sedutor, conhecemos Ansel que é um pouco mais imaturo que os mocinhos da série do Cretino, ele ainda parece ter muito a resolver, tem muitas inseguranças também e guarda um segredo que pode por tudo a perder, porém ele tem um fôlego inacreditável na cama e isso torna as cenas dos dois muito mais quentes, a gente adora fala sério! 

                            Algumas coisas me incomodaram na narrativa, apesar de eu ter adorado o livro, primeiro a resolução do drama deixou alguns furos que eu espero que sejam concertados nos próximos volumes, conhecendo as autoras veremos muitos contos entre os volumes para poder tapar esses furos e nos dar um melhor gostinho de Mia e Ansel, outra coisa que me incomodou bastante foi o fato que eu gostaria de ver um pouco mais do relacionamento de Mia com os pais, pois acho que isso era um ponto importante a se destacar para explicar um pouco mais da personagem.

                               Gosto dessa capa, apesar de odiar laranja. A diagramação está boa, porém há erros horrorosos de tradução como o nome da cidade San Diego, que sim está traduzido de forma literal para São Diego, isso me incomodou de uma maneira, outra coisa são as expressões em francês, eu falo francês fluente então não tive problema algum com as falas em francês, emboras as que foram traduzidas não estivessem erradas, ficou faltando o resto delas não é? Enfim, leiam acho que para os fãs do gênero esta é uma boa pedida.

| comente (:

aninha disse...

ainda não li nada das autoras, queria muuuuito ler Cretino Irresistível, por causa da fic, e quero conhecer a escrita delas. um francês, gato, em Vegas e bom de cama? EU QUERO TBM! gosto desse toque humano, real nas personagens principalmente quando é do gênero erótico. a capa é bacana, seguindo o padrão das outras. olha, passou da hora da Universo dos Livros rever seus tradutores, coisa mais irritante é ver o descaso da editora nas suas traduções, no capricho que cada livro merece. enfim, tá na minha lista de leitura desse ano =)

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D