Resenha: The 100 - Os Escolhidos( Kass Morgan) - The 100 - Livro #01

sábado, 28 de fevereiro de 2015


Título: The 100 - Os Escolhidos
Autor: Kass Morgan
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501400598
Ano: 2014
Páginas: 288




Sinopse: Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.



                   The 100 - Os Escolhidos foi escrito pela Kass Morgan e publicado no Brasil pela Galera Record. Eu fiquei curiosa para ler esse livro por conta da série The 100 e que foi baseada nesse livro e eu digo BASEADA por que eu fiquei um pouco decepcionada com a série que tirou alguns personagens, suprimiu outros e tal.



                     Clarck foi escolhida com mais cem jovens delinquentes para voltar a Terra numa missão de expedição. Centenas  de anos atrás a humanidade embarcou numa nave espacial para fugir de uma guerra nuclear e agora seus descendentes estão com problemas e tem que voltar para casa. Quando esses jovens embarcam há uma grande confusão, pois Bellamy embarca na nave a força e Glass foge. A partir daí conhecemos esses jovens que fizeram quase nada para merecer o destino que tiveram e que tem que se virar nesse novo mundo, enquanto Glass que ficou na nave tenta viver um amor proibido no meio da falta de oxigênio que pode matar as pessoas mais pobres.

                        O livro é narrado em primeira pessoa com vários narradores, Clarck, Wes, Bellamy, Glass, são vários pontos de vista alternados com flashbacks de como os personagens foram parar no ponto em que estavam. Bem, se vocês repararam não há o personagem de Finn nesse primeiro livro, que é tão importante desde o começo da série, no livro quem assume esse papel são Bellamy e Wes.

                     Vocês já devem ter percebido que rola sim um triângulo amoroso básico entre Clarck, Wes e Bellamy sim, Wes e Clarck no livro namoraram antes dela ser presa e no livro ambos os pais dela estão mortos, pois faziam experiências em crianças usando radiação (o que eu achei uma história bem mais legal do que a bobinha da série).

                       Eu gosto muito mais do núcleo de Glass, ela era a típica menina rica que se apaixona por um cara da classe trabalhadora e quando engravida termina com ele para protegê-lo sendo logo em seguida presa por ter engravidado sem permissão, pois na arca somente os casados podem ter filhos e somente um. E é exatamente por isso que a mãe de Octavia e Bellamy é presa e morta.  Esse primeiro livro tem muita pouca ação, ele é um livro mais introdutório mesmo, de apresentação dos personagens, de dramas humanos, então não esperem grandes cenas de luta ou grandes conflitos ok? Pode ser que mais pra frente tenham mais cenas de ação e guerra, mas nesse livro não há.

                          Acho essa capa meio sem graça, mas não necessariamente feia. A diagramação está ok. Enfim, boa pedida para quem gosta de ler distopias.
                        

4 Comentários:

aninha disse...

eu tenho um problema com distopias. poucos são livros distópicos que já li. vi sobre essa série e logo vi que era uma adaptação. achei a ideia bem legal, jovens num mundo destruído tendo que sobreviver as circunstâncias a que foram jogados. mas acredito que não funcionaria pra mim

Nardonio Alves disse...

Gosto bastante de distopias, mas o que mais me chamou a atenção em ler essa foi por ela ser adaptada. Acho até normal esse primeiro volume ser um pouco mais introdutória, só espero que a partir do próximo, a coisa comece a tomar rumos mais pesados e de ação.

@_Dom_Dom

Gabriela Az disse...

Não sabia que tinha o livro The 100, ia começar a assistir no Netflix, mas acho que vou ter que esperar para ler o livro primeiro. Mas sacanagem tirar alguns personagens né? Algumas séries chegam a superar os livros, mas esse pareceu bem o contrário. Gosto de distopias, e espero gostar da leitura.
Bjs Pri.

Ingrid Sodré disse...

Não tive muito contato com distopias, mas o pouco que li, eu adorei! Fiquei sabendo que esse livro tem uma série, mas nunca tive oportunidade de assistir. É muito difícil encontrar algum filme ou série fiel ao livro, né? Eu sempre frustro. Mas ultimamente, não estou indo com muita sede ao pote, sempre que leio algum livro e assisto a adaptação, vou sem nenhuma expectativa, para talvez me surpreender. Essa história parece ser muito boa, gosto de livros que não se limitam a um personagem narrando, assim é mais fácil compreender a história de vários ângulos.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D