Resenha: A Ascensão das Trevas (Morgan Rhodes) - A Queda dos Reinos Livro #03

sábado, 7 de março de 2015



Título: A Ascensão das Trevas
Autor: Morgan Rhodes
Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765510
Ano: 2014
Páginas: 426




Sinopse:  A Ascensão das Trevas - Depois de conquistar Mítica inteira, o rei Gaius ainda não está satisfeito: sua nova missão é encontrar a Tétrade, quatro cristais mágicos perdidos, capazes de conferir poderes indescritíveis a quem os reunir. Para isso, ele conta com os conselhos de Melenia, uma imortal que o visita em seus sonhos e que o instruiu a criar uma estrada ligando todos os reinos. Gaius acredita que está no caminho certo e que Lucia, sua filha adotiva, será a chave para localizar e despertar os cristais. Para seu deleite, os poderes de Lucia estão cada vez mais fortes, e um vigilante exilado aparece para orientar a feiticeira. Mas o Rei Sanguinário não é o único que cobiça essa magia milenar: vindos de Kraeshia, um império vizinho muito influente, o príncipe Ashur e a princesa Amara conhecem as lendas de Mítica e desconfiam que a Tétrade não seja apenas um mito. Logo eles entram na disputa e buscam seus próprios aliados nessa corrida pelo poder. Um período de trevas se abate sobre Mítica, e nesses tempos sombrios Jonas, Cleo, Magnus e Lucia precisam descobrir o quanto antes em quem podem confiar.




                       A Ascensão das Trevas é o terceiro livro da série A Queda dos Reinos escrito pela Morgan Rhodes e publicado no Brasil pela Editora Seguinte. Esse livro atrasou horrores para chegar e eu pensei que os correios tivessem perdido ou engolido ele no caminho, mas chegou né?



                              Cleo, Lucia, Magnus e Jonas são quatro jovens em busca de poder, vingança, amor, perdão e redenção. Cleo agora é prisioneira no palácio onde cresceu e que considerava sua casa, ela foi forçada a se casar com o príncipe Magnus, filho do rei que matou sua família e tomou seu reino. Já Magnus vive um dilema, ele odeia o pai que mandou assassinar a mãe, tem que lidar com o que sente por Lucia, sua irmã e um sentimento estranho que sente por Cleo, a esposa que ele tinha tudo para odiar. Já Jonas tem que lidar com o fracasso de sua tentativa de rebelião, seus amigos foram mortos e os poucos que restaram foram presos e ele não sabe como prosseguir. Por último temos a poderosa Lucia, uma garota que tem uma grande responsabilidade, uma profecia diz que ela tem poder de despertar a tétrade, que é uma lenda mágica. Todos tem um objetivo que é achar e tomar conta do poder da tétrade.


                                A narrativa é toda em primeira pessoa e temos vários narradores ainda, os personagens principais Jonas, Cleo, Magnus, Lucia e além deles alguns personagens secundários que são importantes para a trama como Ioannes, Nic, etc. Acho legal pois nenhum ponto da narrativa estão cobertos e não há nenhuma falha.

                                  Esse foi meu livro preferido até o momento, até aqui não sabia quem shippar e agora tenho não um, mas DOIS shippers em andamento, só coisas boas. Além do mais temos um grande desenvolvimento dos personagens, eles estão mais maduros, mais centrados e todos aprenderam com seus erros, assim como a trama vai começando a assumir uma forma, novos personagens, novas ameaças vão tomando forma e isso é muito interessante para que consigamos ver que todos os erros cometidos pelos personagens foram importantes e os prepararam para o que estava por vir.

                              Mudei minha opinião sobre a Cleo, como falei ela aprendeu com os erros e está bem mais esperta, to amando o Magnus, ele está conquistando meu coração aos poucos. Voltei a amar o Jonas, apesar dele ser meio burro ainda, agora o coração dele está no lugar certo.

                             Eu adoro essas capas, meio desenhadas, parece coisa de desenho animado. A diagramação está linda, tem um mapa dos reinos agora que eles se uniram e em todos os livros temos um mapa que vai se modificando, além de um glossário que apresenta os personagens pelo que eles são. Enfim recomendado para fãs de fantasia.


3 Comentários:

Glabelle Maria disse...

Tenho uma grande paixão por livros de fantasia...Simplesmente adoro! Fiquei curiosa pra ler essa série, sem contar que a capa é mesmo linda, confesso que fiquei com um pouco de medo de não gostar dos personagens.

aninha disse...

tá aí uma série que eu tenho curiosidade em ler é essa, A Queda dos Reinos. acho o plot super legal. eu amo quando a gente começa a ler um livro e aquele personagem chato vai amadurecendo e não empaca no livro, os persoangens não ficam de mimimi, vão crescendo e aprendendo. livros de fantasia são o meu ponto fraco, e quando é bem escrito, fluído, aí é que funciona. as capas são um amor a parte, gosto demais, tem um que de mistério, de aventura mesmo. vou procurar lê-los com certeza ;)

Nardonio Alves disse...

Até que eu gosto bastante de livros que tenham narrativas divididas por mais de uma personagem. Só não podem ter narradores em excesso, pois, às vezes, demora muito para voltar ao ponto de vista de uma determinada personagem e, se o autor não tiver controle da situação, vai acabar se perdendo completamente. O bom é que esse terceiro volume foi o melhor até agora. Isso dá esperanças de que a série só tende a melhorar.

@_Dom_Dom

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D