Resenha: Dia 21 (Kass Morgan) - The 100 - Livro #02

quinta-feira, 5 de março de 2015



Título: Dia 21
Autor: Kass Morgan
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501052810
Ano: 2015
Páginas: 288



Sinopse: Dia 21 - Vinte e um dias após os cem terem chegado à Terra com a missão de recolonizar o planeta, um inimigo desconhecido é descoberto. Pensa-se que eles eram os únicos humanos a pisar na superfície terrestre em séculos, mas agora, nada mais é certo. Entre resgates, buscas e romances, segredos são revelados, crenças são quebradas e relacionamentos são testados.





                     Dia 21 é o segundo livro da série distópica The 100, escrito pela Kass Morgan e publicado no Brasil pela editora Galera Record. Me interessei pelos livros principalmente por causa  da série de TV, mas como sempre os livros acabaram me conquistando bem mais.


                            Clarke ainda sofre pela perda de sua única amiga, agora ela está na floresta com Bellamy que procura por Octavia que sumiu durante o incêndio no acampamento. Enquanto isso Wells tenta deixar o resto dos 100 em segurança, pois eles foram atacados por terráqueos hostis, que causaram a morte de um deles. Quando eles conseguem uma garota chamada Sasha e ficam sabendo que não são os primeiros arcadianos a pousarem na Terra, um mistério se desenvolve a partir daí e Clarke acabará por descobrir que talvez tudo que pensou sobre a morte dos pais pode estar errado. Enquanto isso na Arca, Glass tenta a todo custo manter ela e Luke vivos, com a falta de oxigênio os moradores da nave terão de se espremer em cápsulas e irem a Terra mesmo sem saber como estão as condições por lá, é a única maneira de sobreviver.


                             A narrativa ainda é em primeira pessoa com vários narradores, incluindo Clarke, Bellamy, Glass, Wells e isso como já havia dito é um ponto positivo, pois cobre todos os pontos de narração para o leitor, que tem acesso a vários pontos de vista e sentimentos de quase todos os personagens.

                               Como em toda distopia não dá muito para shippar nenhum personagem, mas nesse caso em específico Clarke, Bellamy e Wells ultrapassaram todos os limites hahahahhaha sério, no começo você  torce por um, depois por outro, depois de repente ninguém mais pega ninguém, todo mundo pega todo mundo e de repente tem dois casais nesse meio antes que qualquer um possa desconfiar. Eu adorei isso, pois você realmente fica distraído por vários acontecimentos na Terra e quando menos se dá conta tudo já se resolveu, sem muito drama, sem muitas lágrimas, simples assim. Quanto a cenas de ação que é o que temos e muito na série, aqui quase não temos, os livros parecem mesmo focar bem mais nos dramas humanos que perder tempo com grandes cenas de ação, guerras, ataques e todo o resto no qual a série de TV aposta. Confesso que depois que comecei a ler os livros estou muito decepcionada com a série de TV, os produtores e roteiristas parecem ter se atido aos aspectos errados da obra de Kass.

                             A capa meio sem graça continua, mesmo com os desenhos e nomes em autorelevo, continuo achando tudo meio sem graça. A diagramação está ok, sem muitos detalhes para serem comentatos. Enfim, uma distopia que vale a pena.

                

7 Comentários:

Rodrigo Batista disse...

Sério que tá decepcionada com a série por causa dos livros? Eu fiquei foi decepcionado com os livros kkkkk, porque pela o seriado, parece ser um livro todo cheio de ação e quando chega lá é tão raso e superficialzinho que ai... </3
Espero que Dia 21 mude minha opinião sobre a trilogia...

Vinicius Teodosio disse...

Olá, tenho muita vontade de ler e assistir essa série, as resenhas são sempre ótimas, e a série televisiva faz bastante sucesso, creio que iria gostar. Adorei sua resenha, ressalva bem todos os ponto.

Beijos,

http://www.marcasliterarias.blogspot.com.br/

aninha disse...

me pareceu que a continuação é mais rápida, tem uma pegada mais ágil. os personagens tão com tudo né! kkkkkk! mas é isso, pelas resenhas, acredito que os livros funcionem bem melhor para mim do que a série, é um jeito de conhecer melhor os personagens pelo olhar de quem os criou. tá anotado, vou procurar ler a série =)

Priscila Siqueira disse...

tô, pq eu acho que alguns aspectos ficariam mais legais na série, tipo a Glass e o Like e o triângulo da Clarke com o Wess e o Bellamy...além dos motivos dos pais da Clarke terem morrido no livro serem beeeeeeeeem melhores fala sério

RUDYNALVA SOARES disse...

Priscila!
Estou com !00 aqui aguardando a leitura e gostaria d ler a continuação e assistir a série, mas não tive oportunidade ainda.
cheirinhos
Rudy

Glabelle Maria disse...

Bom, nunca li os livros, nem vi a série, mas agora com toda esta conversa, me bateu uma curiosidade.

Nardonio Alves disse...

Bem, gosto de distopias com uma pegada bem mais de ação/aventureira, mas entendo completamente quando em alguns volumes, a trama comece a ficar um pouco mais "política". O que importa é que o autor não se perca na trama, e continue prendendo os leitores e, pelo que vi, a Kass Morgan consegue fazer isso.

@_Dom_Dom

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D